VI Semana Estadual da Conciliação começa com grande movimentação popular


VI Semana Estadual da Conciliação começou nesta segunda-feira, dia 26, e segue até o dia 30 de maio. Nesta edição foram agendadas cerca de 650 audiências.

O grande número fica por conta de ações em tramitação nas varas cíveis, envolvendo cobranças oriundas de estabelecimentos bancários; lojistas; instituições escolares; sentenças condenatórias por indenização; reintegração de posse de veículos e de imóveis.

As ações envolvendo alimento com pedido de pensão alimentícia, revisão de pensão e ação de guarda judicial merecem destaque nas varas de família nesse período. Ações envolvendo divórcio, em razão de sua complexidade, raramente são agendadas para esta semana.

A juíza Joenilda Lobato Lenzi, titular da 3ª Vara de Família e coordenadora da Central de Conciliação, ressalta o comprometimento das Varas. Para evitar que a causa se arraste por tempo prolongado, por falta de comparecimento de uma das partes, as unidades expediram cartas aos interessados informando o dia/horário e local da audiência. O comparecimento é quase total.

São iniciativas, segundo ela, que tem garantido o bom êxito nos resultados. “O jurisdicionado sempre sai ganhando. Uma pendência judicial que poderia levar muito tempo para se resolver, em no máximo dois meses as partes conseguem acordo. Ganha a Justiça e ganha a sociedade”, garante a magistrada.

Texto: Edson Carvalho
Fotos: Adson Rodrigues
Assessoria de Comuicação do Tribunal de Justiça do Amapá
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*