Vida perfeita?!

fitterhappier

“Em forma, mais feliz, mais produtivo, confortável, sem beber demais, exercícios regulares na academia 3 vezes por semana, se relacionando melhor com seus sócios e empregados, à vontade, comendo bem, nada de comidas de microondas e gorduras saturadas, um motorista mais paciente e melhor, um carro mais seguro, um bebê sorrindo no banco de trás, dormindo melhor sem pesadelos, sem paranoia, cuidadoso com todos os animais, nunca lavando aranhas nos buracos das tomadas, mantendo contato com velhos amigos, desfrutar de uma bebida de vez em quando, Frequentemente checar o crédito no banco, favores por favores, apaixonado, mas não amando, ordens permanentes de caridade, aos domingos super-mercados, não matar, ou colocar água fervente em formigas, lavar o carro também aos domingos, já sem medo do escuro ou das sombras do meio-dia, nada tão ridiculamente adolescente e desesperado, nada tão infantil, em um ritmo melhor, mais devagar e calculado, sem chance de escapar, agora empregado de si mesmo, um membro da sociedade informado e habilitado, idealismo, não pragmatismo, não vai chorar em público, menos chances de doenças, pneus que aderem no molhado, foto do bebê com cinto de segurança no banco traseiro, uma boa memória, ainda chora em um filme bom, ainda beija com saliva, não mais vazio e frenético como um gato amarrado a um pedaço de pau, que é levado à merda do inverno congelado, a capacidade de rir de fraqueza, calmo, em forma, saudável e mais produtivo. Um porco em uma gaiola de antibióticos” – Fitter Happier – Radiohead.

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*