Vigilância Sanitária desenvolve cronograma de vistoria nas praças da capital


A Vigilância Sanitária de Macapá executa ações de orientação para os donos de lanchonetes e ambulantes que ocupam as praças da capital. A primeira a receber a ação de fiscalização foi a Praça Chico Noé. No total, nove lanchonetes foram vistoriadas e notificadas para que deem entrada ao processo de licenciamento sanitário.

Os proprietários também receberam orientações quanto à higiene do local, a manipulação e a procedência dos produtos utilizados. “Solicitamos a licença do uso do solo, a substituição das bisnagas do ketchup e maionese pelo sachê. Junto às orientações, demos prazo para que procurem a Vigilância Sanitária para se regularizarem”, explicou a chefe da Divisão de Fiscalização e Controle de Alimentos, Martiana Barros.

O planejamento da divisão é que até 31 de janeiro mais oito praças recebam os fiscais para a continuação desse trabalho. Os proprietários têm prazo de 10 dias para procurar a Vigilância e dar entrada ao processo de licenciamento. Após esse período, se persistir as irregularidades, o estabelecimento é notificado, podendo receber o interdito sanitário.

A vigilância sanitária fica no prédio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na Avenida General Osório, nº 365, Laguinho, com funcionamento das 8h às 14h.

Jamile Moreira
Assessora de comunicação/Semsa
Contato: 99135-6508

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *