Zé Miguel e João Amorim lançam música que marca fusão de gerações da MPA

Por Cleber Barbosa

Os artistas amapaenses Zé Migue e João Amorim anunciaram em entrevista no rádio um novo momento da música popular amapaense, a chamada MPA. O projeto “Festa Temporã”, assinado por ambos, já ganha as plataformas e sites de streaming do país numa fusão entre duas gerações e nem o tempo de estrada poderia separar, quando em comum os dois tem o talento e a arte para cantar as coisas da região.

Eles concederam entrevista ao programa Café com Notícia, na Diário FM (90,9) quando falaram sobre o início da parceria.

“Eu tinha uma música e pedi ao Zé uma letra, ele me mandou no dia seguinte, então meio receoso perguntei se ele poderia canta-la comigo, quando de imediato ele topou, simples assim”, recorda Amorim.

A música teve inspiração nesses tempos de distanciamento social provocado pela pandemia, quando João disse que vinha buscando inspiração para continuar produzindo, isso em meio a uma decepção imposta pelas regras da quarentena, pois acabara de ver cancelada uma turnê por nove estados a convite do SESC, o projeto “Amazônia das Artes”.

Zé Miguel disse que a obra “Festa Temporã” trabalha uma inquietação com outra dura realidade evidenciada durante a pandemia: o racismo e o preconceito, seja contra indígenas, contra os negros, mulheres, tudo.

“A música vem dizer que somos todos iguais, que a gente tem que se respeitar e que estamos todos juntos”, disse o artista.

Além de lançamento da nova música na forma digital, os dois estão planejando novas ações em parceria em apresentações em dupla pelos palcos da vida, assim que as regras do distanciamento social assim permitir.

Escute aqui a música Festa Temporã: 

Fonte: Diário do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *