Zeca Baleiro volta ao Amapá após 7 anos e promete show intimista no Réveillon 2024 do Governo do Estado

Zeca Baleiro, artista de ritmos e referências musicais diversas, é uma das atrações nacionais do Réveillon 2024 organizado pelo Governo do Amapá, que terá 60 atrações entre nacionais e regionais. Cantor, compositor, e mestre em canções líricas, o maranhense se apresenta para uma multidão de apaixonados neste sábado (30), no balneário da Fazendinha, na Zona Sul de Macapá.

O último show do artista no estado foi em 2016, e agora, mais de 7 anos depois, ele retorna para relembrar antigos sucessos e apresentar o novo trabalho como “Telegrama” e “Ai Que Saudade D’ocê”, além de releituras famosas como “Proibida Pra Mim”, da banda Charlie Brown Jr, e “Disritmia”, de Martinho da Vila.

Zeca marcou o cenário musical brasileiro com sua verve afiada de humor e ironia. Para os admiradores da Música Popular Brasileira (MPB), o artista, acompanhado de seu violão, continua a encantar multidões com a voz marcante e característica dele.

OUÇA O ARTISTA ZECA BALEIRO

No Réveillon 2024, o Governo do Amapá é responsável pela estrutura de palcos, som e iluminação. Os demais investimentos foram garantidos junto ao Ministério do Turismo, articulados pelo senador Davi Alcolumbre, e ao setor privado. A coordenação da programação é das secretarias de Estado da Cultura (Secult) e Turismo (Setur).

Trajetória musical

José Ribamar Coelho Santos, conhecido como Zeca Baleiro, nasceu em 11 de abril de 1966, em São Luís do Maranhão. Ao longo de mais de 25 anos de carreira, o artista lançou 15 discos de estúdio, cinco CDs ao vivo, nove DVDs e vários projetos especiais.

Em 1997, 1999 e 2000, Baleiro lançou “Por Onde Andará Stephen Fry?”, “Vô Imbolá” e “Líricas”, seus primeiros três discos, respectivamente, e que possuem certificação de ouro pela Pro-Música Brasil.

Além disso, o artista possui várias colaborações nacionais e internacionais, entre brasileiros, franceses, japoneses, portugueses, uruguaios, e também trabalhos voltados ao público infantil

Em 2019, “O Amor No Caos”, álbum de estúdio dividido em duas partes de Baleiro, recebeu duas indicações ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Popular Brasileira. Em 2022, o artista lançou “Naus”, seu mais recente trabalho em parceria com Vinícius Cantuária, incluindo “Retirada” e “Sol da Beleza”.

Com 26 anos de carreira em 2023, Zeca Baleiro acumulou inúmeros prêmios, indicações, e está lançando projetos inéditos.

Texto: Eduardo Belfort
Fotos: Divulgação/Internet
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *