Zeladoria Urbana retira 500 toneladas de resíduos em ação de limpeza na orla do Santa Inês

A Prefeitura de Macapá conclui nesta sexta-feira (21) a ação de retirada de árvores e entulhos da orla do Santa Inês. Os serviços tiveram início no dia 19 de abril e foram divididos em duas etapas. A primeira ocorreu entre a Avenida 1º de Maio e Rua Rio Gorijubá, em seguida os serviços foram concentrados entre as Ruas São José e Rio Gorijubá.

A ação consistiu na retirada de troncos de árvores trazidos pela maré e estacionados nesses pontos de limpeza, desbaste (poda) da vegetação, recolhimento de materiais que se acumulam no período de cheia do Rio Amazonas, como sacolas plásticas, garrafas pet e até carcaças de eletrodomésticos. Tudo decorrente do descarte irregular de lixo.

Em 27 dias de trabalho, a Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana recolheu 500 toneladas de resíduos. Os troncos de árvores retirados do rio foram entregues para uma associação que desenvolve atividade esportiva (ciclismo) no Distrito de Fazendinha. Os talos de aninga e restos vegetais em decomposição foram destinados ao Horto Municipal e servirão para produção de adubo orgânico.

O secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick, explica que essa limpeza também irá proporcionar o retorno do tráfego marítimo próximo à rampa do Santa Inês. “A partir de hoje a navegação já pode ser feita com segurança nesta área. Outro ponto importante é que devolvemos a vista privilegiada do majestoso Rio Amazonas, que estava comprometida pela falta de manutenção da área”, disse o gestor.

A Prefeitura orienta ainda que, quando o assunto é limpeza, a responsabilidade é de todos. Manter uma cidade limpa é, ao mesmo tempo, um direito e um dever.

Para o engenheiro agrônomo e coordenador de Limpeza de Canais e Áreas de Ressaca, Bruno Baía, é importante destacar que o lixo, além de provocar problemas de saúde pública, causa transtornos de infraestrutura e alagamentos. “Além disso, ao chegar no rio ou igarapés provoca um desequilíbrio ambiental, visto que alguns materiais demoram centenas de anos para se decompor. Seja consciente! Faça o descarte dos resíduos sólidos corretamente”, concluiu.

Próximas ações

Na próxima segunda-feira (24), a Zeladoria Urbana dará início aos serviços de limpeza do deck da Rua Hildemar Maia. Uma equipe de 13 agentes, com o auxílio de uma retroescavadeira, três caçambas e um trator de extração devem fazer a manutenção deste local, considerado ponto turístico da capital.

Jogar lixo em via pública é considerado infração grave, de acordo com a Lei Complementar nº 054/2008 do município de Macapá, Artigo 44, onde prevê multas de até R$ 1.500,00, além de processos nas esferas penal (Delegacia de Meio Ambiente) e/ou judicial (Ministério Público).

Mônica Silva
Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *