Adeus Copa 2010…

                                                           Por Elton Tavares
A Copa 2010 acabou de forma melancólica para nós. Não adianta agora enumerar os problemas, que eram muitos, de nossa seleção. Ao término do primeiro tempo, quando vencíamos da Holanda, vivemos um verdadeiro furor, pensávamos:” Cacete! Nosso time é uma máquina!“, ledo engano. Na segunda etapa, uma letargia tomou conta da equipe canarinho.

Como eu disse, não vou falar de muitos problemas, somente de um, o principal. Se não bastasse a apatia do time, “ele” fez o que eu disse no texto “Eu tenho medo do Felipe Melo”, enfim, cagada. Melo é um tipo peculiar de jogador, uma espécie de Dunga piorado. A Glogo cuidará da crucificação do Dunga, mas quem fará isso com o Felipe Melo? Eu queria muito poder dar uma surra. Ah se eu pudesse dar ao menos um murro naquele idiota.

O que dói mais é saber que a Holanda não jogou bola, jogou no erro brasileiro, perdemos para o “bom” desempenho de três jogadores a favor da Holanda, Roben, Sneijder e Felipe Melo, claro. Essa Copa foi foda, cheio de resultados inusitados, placares pífios e zebras africanas. Isso sem falar na bola, culpada pelos frangos jabulânicos e deu muito que falar.

E o Mick Jagger? Égua-moleque-tu-é-doido! O cara é uma zica ambulante. A uruca persegue todo time que ele torce. É incrível, o cara é uma verdadeira “rasga mortalha” (aquela coruja branca, que segundo a crendice nortista, trás má sorte quando emana uma espécie de grito, assim como o agorento roqueiro). O velhote torceu para os Estados Unidos e os americanos foram embora, torceu para a Inglaterra e os ingleses pegaram uma taca da Alemanha. Não satisfeito, o doido torceu para nós e a gente sifu!

E o comercial da Brama? A cervejaria é mesmo ótima em “plano B”, eles já tinham um comercial gravado para a eliminação brasileira. Também né? O garoto propaganda deles é o técnico retardado com nome de anão, o Dunga (risos).

Agora vou torcer para que o título seja conquistado pelo Paraguai ou Uruguai, afinal, a única seleção sulamericana que não gosto é a Argentinha. Ta bom, se os espanhóis vencerem a Copa também está beleza, afinal, eles nunca ganharam uma.

Pelo menos os “hermanos” caíram de quatro hoje, literalmente de quatro. Falando neles, li, no blog Kibe Loco, a seguinte frase: “É melhor chupar laranja do que salsichão!” (risos). É, nem nós e nem eles. Bom, daqui a quatro anos tem de novo e dessa vez, no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *