Hoje é o Dia Internacional da Liberdade de Imprensa – A verdade precisa ser livre!

liberdade-de-imprensa

Hoje é o Dia Internacional da Liberdade de Imprensa. Eu, como jornalista, primo pela divulgação da verdade, afinal, o cidadão precisa saber o que acontece, seja no mundo, país ou sua cidade. O direito de saber a verdade é uma das bases da Democracia.

O Dia Mundial da Liberdade de Imprensa foi criado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em 1993. A data visa alertar sobre as impunidades cometidas contra centenas de jornalistas que são torturados ou assassinados como consequência de perseguições por informações apuradas e publicadas por estes profissionais.

De acordo com o conceito, Liberdade de Imprensa é um dos princípios pelos quais um Estado democrático assegura a liberdade de expressão aos seus cidadãos e respectivas associações, principalmente no que diz respeito a quaisquer publicações que estes possam pôr a circular.

Perfeito, pois a Imprensa é a denominação do trabalho informativo pelos veículos de comunicação que desempenham o Jornalismo e outras funções de comunicação. Posso me gabar de nunca ter inventado nenhuma linha do que escrevi (a não ser em contos, claro). Nunca ganhei sequer um centavo no jornalismo que eu não tivesse trabalhado para tal e muito menos puxei o saco para conseguir algo. Também já fiz denúncias e peitei figurões neste site aqui. Nem todos podem dizer isso.imprensa

Sou fã de muitos bons jornalistas do Amapá e do resto do Brasil, que investigam, apuram e publicam informações de forma livre e sem censura.

Dizem que ofendo as pessoas. É um erro. Trato as pessoas como adultos. Critico-as. É tão incomum isso na nossa imprensa que as pessoas acham que é ofensa. Crítica não é raiva. É crítica, às vezes é estúpida. O leitor que julgue. Acho que quem ofende os outros é o jornalismo em cima do muro, que não quer contestar coisa alguma. Meu tom às vezes é sarcástico. Pode ser desagradável. Mas é, insisto, uma forma de respeito, ou, até, se quiserem, a irritação do amante rejeitado” – Paulo Francis.

O jornalismo não sabe que há o abatimento moral, o cansaço, a fadiga, o repouso. Se ele repousasse, quem velaria pelos que dormem?” – Eça de Queirós.

Enfim, vida longa a Liberdade de Imprensa. Que com ela nós continuemos a informar o povo, combater injustiçasfiscalizar, denunciar, contrariar interesses de grupos, instituições ou qualquer agente danoso para a sociedade, dar informações exclusivas, fazer análises sérias. E sem medo de processos, com o direito de ocultar a fonte.  É isso!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Walter Junior! – @WalterJrCarmo

Hoje (8) é aniversário do jornalista, publicitário, empresário, presidente do Instituto Memorial Amapá (grupo histórico/cultural que trabalha no resgate e valorização da memória amapaense) e diretor proprietário da Revolution Multicomunicação, além de um dos maiores fãs dos Beatles que conheço, Walter do Carmo Junior. Um profissional ultra inteligente, criativo e competente.

Walter é filho do pioneiro homônimo, o cara que abriu as estradas do Amapá e irmão da minha amiga querida e melhor fotógrafa com quem trabalhei, Márcia do Carmo.

WJ possui uma trajetória impressionante na área da comunicação. Foi gerente Geral da TV Amapá, entre 1981 e 1983 (quando foi inaugurada a então nova instalação da emissora afiliada a Rede Globo, na Av. Diógenes Silva); repórter, diretor de Jornalismo, chefe de Reportagem, editor chefe da TV Liberal em Belém (PA) e Coordenador de Comunicação Social da Prefeitura da capital paraense.

Walter chegou a trampar com oceanógrafo, mergulhador, cineasta e inventor francês, Jacques-Yves Cousteau, quando a equipe da Rede Globo que faria uma cobertura para o Fantástico, nos anos 80. Uma marca que não é pra qualquer jornalista.

Trabalhamos em conjunto há alguns anos e ele sempre tinha uma boa sugestão ou conselho sobre as matérias.

Hoje em dia, além de comunicação, ele trabalha para resgatar a história do Amapá à frente do Memorial, tarefa da qual já obteve sucesso, pois mobilizou pioneiros e familiares nessa missão hercúlea. Walter é um amigo que sempre me tratou com respeito e consideração, mesmo quando muitos que eu pensava que iriam se posicionar da mesma forma, falharam.

Portanto, meus parabéns, Walter. Que sigas com saúde, pois do resto tu dá conta, bicho. Feliz aniversário!

Elton Tavares

*Nas fotos, cedidas pela Márcia do Carmo, Walter Júnior está com seus filhos.

Feira Cultural no Colégio Amapaense é neste sábado (19) – (resgate da memória e os 70 anos do C.A)

cacol_gio-1
Colégio Amapaense – Foto: Elton Tavares

Acredito que nove entre dez pessoas que estudaram no Colégio Amapaense é apaixonado pela escola. É o meu caso. O velho “C.A.” completará 70 anos no dia 25 de janeiro de 2017. Para celebrar a data e resgatar a memória da tradicional instituição de ensino, um grupo de professores que trabalha lá organiza uma ação para a comemoração destas sete décadas grandiosas.

O evento do “Jubileu de Vinho” do C.A. contará com uma Feira Cultural e Científica que inicia neste sábado (19), a partir das 8h e encerra a noite do mesmo dia com uma programação com o cantor Zé Miguel.

“Estamos buscando toda a história do Colégio Amapaense, queremos resgatar a memória da instituição que faz parte da história do estado”, ressaltou o professor Marcos A. Távora de Mendonça”.

ca-jpgfotominha
Meu querido “CA” – Foto: Elton Tavares

Vocês ainda podem ajudar. Para depoimentos, falar com a professora Rivianne (991490665), que está coordenando o jornal dos alunos. Para doações em dinheiro, uniformes, etc, falar com os professores Marcos (981243517) e Socorro (99066004).

cavelho-1
Colégio Amapaense, ainda sem a outra metade, nos anos 50. Foto cedida pelo jornalista Edgar Rodrigues.

A iniciativa visa arrecadar fotos, depoimentos de ex-alunos e ex-professores, dinheiro (doações de qualquer quantia) para benfeitorias no C.A., e o que mais seja relevante para este resgate histórico da escola que já foi modelo no Amapá. A comissão organizadora está recebendo as doações no próprio Colégio, onde o doador assina seu nome e a quantia doada (eu já fiz a minha) para a programação de 70 anos da escola, uniformes antigos e tudo o mais que possa fazer o resgate. O mutirão prevê melhorias no velho e bom C.A.

14997093_1380654485320912_1561209016_n
Projeto do expositor para os troféus das conquistas do CA nestes 70 anos

O idealizador do projeto, professor Marcos, disse que os troféus conquistados pelo C.A ao longo dessas sete décadas de existência estão se perdendo. Que muitas dessas peças foram localizadas em diferentes ambientes do Colégio, mas que precisam de um lugar próprio dentro da instituição. A iniciativa prevê a construção de um expositor em madeira e vidro para tal.

14938336_1380749635311397_5204675138871999285_n
Eu e o professor Marcos, idealizador do projeto – 07-11-2016

Sinto saudade da velha turma, daqueles dias incríveis vividos nos anos 90 e da contribuição do Colégio Amapaense para a minha formação educacional, formação do caráter e amizades inesquecíveis. Aprendi muitos valores morais naquela época. A escola precisa ser homenageada, toda essa bagagem histórica precisa virar documentário e o resgate é fundamental para a memória do C.A. e do Amapá. Portanto, vamos ajudar.

Elton Tavares – Jornalista e aluno da turma de 1990 a 1996

Os melhores aplicativos contra os apagões em Macapá – Por @Cayburn

Por Ewerton Gomes, do Rotor Geek

mad-max-_2988473k

Existe uma quantidade imensa de aplicativos que para funcionar precisam de internet, o que nem sempre é possível em determinados momentos, ainda mais com esses desligamentos de energia cada vez mais comuns em Macapá, que nós mostra como é morar num Mad Max e perceber como somos tão dependentes de energia. Então vamos à lista de aplicativos que vão ajudar você nas suas horas escuras em Macapá.

Whistle Phone Finder

rotor-Whistle-Phone-Finder

Faltou luz e não sabe onde deixou o celular? E para piorar deixou ele no modo silencioso impossibilitando que chame? Não precisa entrar em pânico se você tiver instalado o Whistle Phone Finder. Com esse aplicativo instalado no seu aparelho basta assobiar para ele responder como se fosse um passarinho treinado ajudando-o localizá-lo rapidamente.

Lanterna Led

lanterna

Esse aplicativo transforma seu celular em uma poderosa lanterna utilizando o máximo do Led do dispositivo. Muitos dispositivos não possuem a opção “lanterna” ou às vezes é necessário entrar no modo vídeo e ligar o flash gerando o gasto de energia ainda maior. Com essa aplicação o gasto é reduzido e gerenciado.

Here

rotor-here

Para você não ficar perdido com aplicativos que dependam de internet, o Here tem diversos mapas interativos que você pode baixar, salvar e usar offline. Se não souber andar nas ruas de Macapá ele poderá socorrer você sendo um ótimo guia.

Pocket

rotor-Pocket

Que tal guardar seus sites favoritos para ler quando estiver sem internet? O pocket salva seus textos, páginas da internet, artigos completos e informações adicionais. O conteúdo salvo pode ser acessado pelo usuário mesmo sem internet.

Evernote

rotor-evernote2-android-2

É simplesmente um dos melhores aplicativos offline. Você pode inserir uma nota, criar um caderno ou uma agenda de compromissos mesmo sem qualquer conexão com a internet. O aplicativo mantém tudo sincronizado quando a conexão é ativada novamente, até mesmo em múltiplos dispositivos que estejam logados com a mesma conta. Faltou luz, que tal começar a escrever um livro usando o Evernote?

BSPlayer

rotor-bsplayer (1)

Quer ficar relaxando assistindo um filme ou uma série enquanto a companhia elétrica trabalha? Com o BSplayer você pode rodar diferentes mídias em diversos formatos no seu smartphone. Além de reproduzir os vídeos com uma aceleração de hardware, ele encontra as legendas automaticamente!

A falta de energia prejudica diversos serviços essenciais e infelizmente ainda é um problema de nossa atualidade e quem sofre é a população. Mas como você viu, há meios de esperar a luz voltar de forma mais prazerosa e até prática.

Muito obrigado, e até o próximo Rotor!

Fonte: Seles.Nafes.Com

Facebook considera ter botão de ‘não curtir’, diz Zuckerberg

nc

O Facebook está considerando adicionar um botão de “não curti” às atualizações da rede social, de acordo com seu fundador, Mark Zuckerberg.

Falando em uma sessão de perguntas e respostas na sede do Facebook, na Califórnia, ele disse que essa é uma das funções mais pedidas pelos usuários do site.

No entanto, Zuckerberg afirmou que a empresa está tentando encontrar uma maneira de fazer com que a ferramenta não se torne uma maneira de humilhar os autores dos posts.images (1)

De acordo com números do próprio Facebook, 4,5 bilhões de “curtidas” são feitas todos os dias.

“Uma das coisas nas quais viemos pensando há algum tempo é qual seria a maneira correta de fazer com que as pessoas possam expressar mais emoções facilmente”, afirmou Zuckerberg.

“Muitas vezes as pessoas compartilham momentos tristes de suas vidas no Facebook. Frequentemente elas nos dizem que não se sentem confortáveis apertando o botão “curtir” em posts tristes dos outros, porque esse não é o sentimento apropriado para aquela notícia.”

Segundo o CEO, usuários da rede social pedem o novo botão “porque querem dizer ‘isso não é bom, isso não é algo que achamos que é bom para o mundo”.

O botão de “curtir” do Facebook é criticado por ser um método pelo qual o site coleta dados sobre os hábitos de navegação de seus usuários.

O sistema também gerou polêmica por causa do alto volume de “curtidas falsas” – quando a popularidade de uma marca ou conteúdo é inflada artificialmente.

A empresa tenta combater o mercado chamado de “cultivo de curtidas” – empresas que, por um certo valor, oferecem um grande número de curtidas rapidamente, por meio de robôs ou de uma rede de pessoas pagas por cliques.

Em julho de 201RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82sNhbGRdocYYnNNuQT-jv0t7pO61tvgBqY8ezWI-QcBnDxW6UB9nPsUlBkQ0t7eMk21fyoz47ylAbSyOgKRktiqAJtU9VCdBv1_jQI8PxuY38O2zpqYSzSFmQ2, a BBC criou uma empresa falsa, que prometia enviar bagels (pães em formato de rosca) pela internet, para mostrar que era possível ganhar milhares de curtidas – apesar de ser claramente falsa.

Muitas das curtidas pareciam ser de contas que não eram de pessoas reais. Quase nenhuma delas veio de lugares como os Estados Unidos ou a própria Grã-Bretanha, e, sim, de lugares como as Filipinas.

O Facebook já deu início a processos contra empresas que oferecem “curtidas falsas” e outros serviços fictícios na rede social.

Qualquer método mais aperfeiçoado de expressas sentimentos – especialmente negativos – deve deixar os anunciantes do site mais nervosos, segundo Paul Coggins, diretor executivo da agência publicitária Adludio.

“A maior preocupação do Facebook é o rendimento. Eles precisam agradar seus anunciantes. Acho muito difícil que eles criem apenas um botão que diz ‘não curti'”, disse à BBC.

“Acho que, ao invés de ter apenas um ‘curti/não curti’, que é um tanto preto e branco, eles devem fazer algo que envolva mais sentimento.”

De acordo com Coggins, novos botões poderiam dar diversas opções para que um usuário mostre como se sente a respeito da atualização de alguém em sua rede.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2014/12/facebook-considera-ter-botao-de-nao-curtir-diz-zuckerberg.html?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=g1

Feliz aniversário, Ana Girlene!(@anagirlene)

10423761_666072190112482_2412890700770369406_n

Hoje é aniversário da competente assessora de comunicação do Ministério Público Estadual (MP-AP), admirável jornalista/radialista (e acredito que ela também teria sucesso no telejornalismo) e apresentadora do programa de rádio Café com Notícias, Ana Girlene. Ah, ela é botafoguense (tadinha).

Lembro-me da Ana nos tempos de colégio, ela jogava vôlei e tals. Era desengonçada, quem diria que se tornaria esse mulherão. Mas eu só a sacava de vista mesmo. Hoje em dia, me orgulho do fato de não ser só um colega de profissão e que posso chamar essa figuraça de amiga. Admiro a Girlene. Aliás, eu e 99% da imprensa amapaense.

A moça é uma profissional fantástica e uma das mais inteligentes nesse meio tão concorrido. A menina não é só mais um comunicador que faz o feijão com o arroz ou assessor que manja do trabalho. Não, a Ana é fera!

Nem somos amigos há tanto tempo assim, mas gosto dela e todos esses elogios aí em cima não são à toa. E todo mundo sabe disso.

Bom, mas chega de rasgar seda. O que quero que fique registrado aqui é o carinho, respeito e amizade que nutro por você, Girlene. Que Deus continue a lhe iluminar e que você tenha ainda mais saúde e sucesso. Meus parabéns e feliz aniversário, broda!

Elton Tavares

Mídia NINJA e democratização da comunicação em debate no Festival Quebramar 2013


Durante as manifestações de junho no Brasil, quando milhares de cidadãos foram às ruas protestar contra a corrupção, falta de investimentos na saúde, educação, aumento da tarifa no transporte público, surge o Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação, mais conhecida como Mídia NINJA. A proposta era evidenciar os fatos aos quatro cantos do país e mundo, com cobertura ao vivo, sem edições, sem mega produções, apenas as ruas repletas de pessoas querendo ser ouvidas.

Junto com os NINJAS, a democratização da mídia tradicional e as inúmeras alternativas de se veicular as informações veem a tona, com debates em todo o mundo. E o Festival Quebramar, traz a discussão ao Amapá, com a participação do cineasta Luiz Arnaldo (PA), o jornalista formado pela Escola de Comunicações e Artes da USP Pedro Alexandre Sanches (SP), o repórter NINJA Filipe Peçanha (RJ) e mediação da jornalista e apresentadora do programa Café com Notícias Ana Girlene (AP).
Antes do debate será exibido o filme O Vento das Palavras com direção de Luiz Arnaldo, que mostra a realidade do povo tojobal, da aldeia La Realidad em Chiapas, no sul do México. La Realidad é uma comunidade zapatista, onde homens e mulheres rejeitam aquilo que parece imutável e constroem um universo onde cabem todos os mundos.

Às 21h, no Centro de Convenções Azevedo Picanço, será a vez do guitarrista Tiago Della Vega, considerado pelo Guinness Book como o mais rápido do mundo, dar um workshow aos amapaenses. Tiago possuí mais de 30 milhões de acessos no canal youtube (14 milhões em seu canal oficial), tornando-o o músico brasileiro instrumentista com maior número de acessos no site e o sétimo em número de acessos no mundo inteiro.

Na quinta-feira, 28, acontece uma reunião aberta na Praça da Bandeira com o repórter NINJA Filipe Peçanha e exibição do documentário produzido pela Mídia NINJA intitulado “Enquanto o trem não passa”, que trata dos impactos e devastação da mineração em terras brasileiras. A reunião inicia às 16h.

A programação do Festival vai até o dia 1º de dezembro e integra literatura, teatro, meio ambiente, esportes radicais, audiovisual e música com apresentação de alguns dos nomes mais respeitados da música brasileira, são eles: Arnaldo Antunes, Krisiun, Emicida, Curumin, Leptospirose, Madame Saatan, Ação Direta, Jaloo, Bruno B.O, Camarones Orquestra Guitarrística, Strobo e Molho Negro.
Além das atrações nacionais, a programação do Quebramar conta também com a participação de 16 bandas locais, em quatro dias consecutivos dedicados a música, reunindo os mais diversificados estilos musicais.
A programação completa do Festival Quebramar está disponível por meio do link www.festivalquebramar.com. 

Patrocinadores

O Quebramar 2013 é apresentado pelo Governo do Estado do Amapá e Petrobras, após ser contemplado pelo Programa Petrobras Cultural na seleção de festivais de música. Apoio Locoreggae Promoções e Eventos. Apoio Cultural Prefeitura Municipal de Macapá. Integra o Circuito Amazônico de Festivais Independentes e Rede Brasil de Festivais Independentes. Realização Casa Fora do Eixo Amapá, Casa Fora do Eixo Amazônia e Fora do Eixo.
Serviço:

Terça-feira (26/11)

Abertura
Debate DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA (Encontro MídiaNINJA/PósTV)
Local: CDC Azevedo Picanço
Horário: 19:00

Convidados:
Luiz Arnaldo (PA)
Pedro Alexandre Sanches (SP)
Filipe Peçanha (RJ)
Mediadora: Ana Girlene (AP)

Workshow Tiago Della Vega (RS)
Local: CDC Azevedo Picanço
Horário: 21:00

Exposição Temática: Cirío de Belém – NINJA
Local: CDC Azevedo Picanço

Quinta-feira – (28/11)

Reunião Mídia NINJA
Local: Praça da Bandeira
Horário: 16h

Exibição do documentário “Enquanto o trem não passa”
Local: Praça da Bandeira
Horário: 19h
— 
Assessoria de Comunicação
(96) 8127-8495/ 3225-1281
@karenpimenta_
skype: karenpalafita
msn: karensantospimenta@hotmail.com
Casa Fora do Eixo Amazônia/ Casa Fora do Eixo Amapá