Comissão da FAF orienta clubes sobre mudanças nas regras do futebol para o sub-15

A Comissão de Arbitragem da Federação Amapaense de Futebol (FAF), através da Escola Estadual de Arbitragem, tem percorrido os Centros de Treinamento (CT) dos clubes que estão na disputa do campeonato sub-15 desse ano. O objetivo da equipe é diminuir as advertências em campo que podem, a depender da falha, prejudicar o rendimento do time.

Marilene Matta, diretora da Comissão da Arbitragem da FAF, diz que o contato com os times foi uma solicitação de seus próprios dirigentes, que acreditam que orientar o atleta pode prevenir erros irreversíveis em campo.

“As regras da arbitragem estão em constante evolução e colocamos nossa equipe à disposição dos clubes para esclarecer quanto às alterações válidas para 2019/2020 a todos os participantes desse campeonato, como por exemplo, o tempo com a bola que agora pode ser maior. Saber isso vai ajudá-los a render mais durante os jogos”, explicou a diretora.

Das 17 regras que regem os movimentos em campo, 15 foram alteradas pela CBF esse ano, e passaram a valer para todas as competições desde 1º de junho.

Dos cinco times que disputam o sub-15, quatro já receberam as orientações da FAF em seus CTs. São Paulo, Trem, Ypiranga e Santos colocaram os jovens jogadores para aprender sobre as mudanças e garantem que o aprendizado será cobrado a cada partida.

Campeonato

No próximo sábado, 13, acontece a 3ª Rodada do sub- 15, com partida entre Ypiranga e Santana, no campo do Trem Desportivo Clube. Ao todo, serão 16 jogos, com final de campeonato prevista para o dia 26 de agosto.

Serviço:

Marcelle Nunes
Jornalista – Macapá/AP
(96)98106-4232

Jogador de futebol amapaense se apresenta ao Corinthians e jogará Campeonato Brasileiro Sub-20

O jogador de futebol amapaense, Ângelo Josaphat, apresentou-se nesta quinta-feira (4) ao Sport Club Corinthians Paulista. O meio-campista de passe rebuscado e uma excelente visão de jogo tem 19 anos, completados no último dia 24 de junho. O atleta assinou contrato com o time e já é nome certo no elenco nas disputas do Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2019, Campeonato Paulista de Sub-20 de 2020, Copa do Brasil Sub-20 e Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano que vem.

Anteriormente, o futebolista tucuju disputou o campeonato Baiano pelo Jacobina Esporte Clube, de pouca expressão, e ajudou sua equipe a ir para a grande a final, mas foi derrotada pelo favorito ao título, o Esporte Clube Bahia. O meio-campo se destacou também na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

História

Ângelo Moisés Gomes Josaphat nasceu em Macapá, em 24 de junho de 2000. De acordo com o pai do jogador, Moisés Josaphat, o jovem sempre teve o sonho de se tornar jogador. Aos 7 anos de idade começou a jogar Futebol de Salão por um projeto de uma faculdade local, levado por seu tio, Aleisson Alax. Na época, o meia com pouca idade demonstrava muita habilidade e intimidade com a bola.

Aliás, no Amapá, Ângelo atuou somente no Futsal. Ele disputou o campeonato Sub 9 da Federação Amapaense de Futsal pela pelo Ceap Futsal Clube. Ângelo se destacou e foi contratado pela Sociedade Esportiva e Recreativa São José, onde foi campeão, artilheiro e melhor jogador do campeonato Sub 9.

O jogador foi contratado pelo Meta/Oratório Sporte Clube, onde foi campeão e eleito melhor jogador por vários anos nas categorias de base Sub 11, Sub13 e sub15. Em 2014, foi Campeão dos Jogos Escolares por com este grupo e viajou para competições nacionais por essa equipe até 2016. A cada competição, ele nunca ficou de fora do time titular dos times que que integrou no futsal.

Quando o futebolista tinha 15 anos, em um desses campeonatos, um olheiro o convidou para jogar futebol de campo pelo Matonense, de Matão (SP). Em seguida, o meia foi para o Desportiva Aliança, na cidade de Pilar, no estado de Alagoas. Sem ajuda financeira do time, Ângelo se manteve por lá custeado pelos Moisés e Alessandra, e pelos seus avós, Bernardo e Joaquina, que foram incansáveis no apoio ao jogador.

Ângelo passou também pelos times do Canaã Esporte Clube, de Irecê (BA); Jacobina Esporte Clube, de Jacobina (BA) e finalmente o Sport Club Corinthians Paulista.

“Estamos muito felizes com essa oportunidade. Demos todo o suporte para que Ângelo concretizasse seu sonho de ser jogador de futebol. O apoio foi meu, de sua mãe, tios e principalmente avós, mas meu filho trabalhou muito por isso. Nada foi fácil e mesmo com todos os obstáculos ele nunca desistiu de lutar por seu sonho. Além de talentoso, ele é focado e atingiu seu objetivo, que é jogar em um grande clube do futebol nacional”, comentou o orgulhoso pai do meio-campo amapaense.

A contratação do jovem meio-campo amapaense nos orgulha. Ângelo chega como uma grande promessa da base corintiana. Todos nós, que gostamos do bom futebol e amamos o Amapá, torcemos para o sucesso de Ângelo. Arrebenta, garoto!

Elton Tavares

*Fotos: Arquivo familiar. 

FAF vai sortear motocicleta para torcedor do Amapazão 2019

A paixão pelo futebol que leva torcedores ao estádio Zerão será recompensada esse ano. A Federação Amapaense de Futebol (FAF) sorteará uma motocicleta zero km entre os espectadores que comprarem ingressos para as partidas.

O sorteio acontecerá no fim do campeonato, após a partida final marcada para o dia 26 de agosto. Concorrem à moto todos os canhotos de ingresso desde o primeiro jogo.

A FAF quer que as chances da torcida aumentem a cada jogo do Amapazão assistido no estádio. O torcedor precisa guardar seu ingresso e apresentar caso seja contemplado no sorteio.

A motocicleta é fruto de uma parceria entre a FAF e o grupo Mônaco que representa a Honda no Amapá. O veículo já foi entregue na sede da federação e está à espera do ganhador.

O presidente Netto Góes explica que esse é mais um incentivo dado para garantir público durante os jogos. “É o nosso campeonato de futebol profissional, o melhor que temos nesse esporte, por isso é importante garantir a presença das torcidas. Isso incentiva os jogadores e faz nosso Amapazão ganhar força. Sabemos que os clubes têm torcidas fiéis e pensando nisso, fechamos essa parceria para retribuir essa fidelidade”, concluiu.

Amapazão

A abertura oficial do campeonato acontece nesta quinta-feira, 04, com jogo entre Ypiranga e Santana, às 20:00 no estádio Zerão. Os ingressos serão vendidos na bilheteria do estádio no valor de R$ 10 inteira e R$ 5 meia.

Marcelle Nunes
Comunicação FAF

Festa de 74 anos da FAF homenageia ex-presidentes

O aniversário de criação da Federação Amapaense de Futebol aconteceu nesta quarta-feira, 26, data em que foram comemorados os 74 anos da casa do futebol do Amapá. A oportunidade reuniu diretoria atual, representantes de times do Amapá e ex-presidentes da entidade.

A festa aconteceu no primeiro dia da Semana do Amapazão, realizada pela primeira vez como um espaço para o desenvolvimento do futebol do Amapá.

Homenagens

Durante a solenidade, a FAF homenageou os ex-presidentes João Gouvêa e Bernardino Senna, que receberam a Comenda do Mérito Esportivo, em reconhecimento pelo trabalho desenvolvido por eles à frente da instituição.

Bernardino Senna compõe as fileiras da federação desde a década de 70, chegando a ser presidente de 1980 a 1985. Em sua gestão, a FAF comprou sua sede própria, nosso endereço atual, na avenida Fab.

“Toda a minha vida eu vivi futebol, tudo que fizemos enquanto presidente foi por amor ao esporte, mas acredito que a compra da nossa sede é o nosso maior legado. Eu fico feliz em entrar hoje nesse prédio e ver todos os avanços estruturais que temos, sinais de gestões comprometidas e apaixonadas, disse Senna.

João Gouvêa foi o presidente que sucedeu a Bernardino, na gestão de 1986 a 1988, retornando ao cargo de 1991 a 1993. Foi sob sua direção que a federação promoveu o primeiro campeonato de futebol profissional no Amapá, que aconteceu em 1991 e teve o Esporte Clube Macapá como campeão.

“Tenho muito orgulho de ser o presidente que profissionalizou o futebol no Amapá, que até então só contava com times amadores. Assistimos muitos talentos surgirem e até hoje eu me sinto parte dessa história, contada hoje por uma presidência jovem e cheia de boas ideias”, concluiu.

Da casa

Entre os pronunciamentos, Reginaldo Nobre ganhou destaque. Membro da Federação desde 1978, o diretor ainda na ativa fala sobre o amor pela casa.

“Eu comemoro o aniversário da FAF mais do que eu comemoro o meu, pois estou aqui há tantos anos que meus passos se confundem com os passos da federação. No início, eu trabalhava sem remuneração, por amor, e é muito bom comemorar essa festa hoje vendo o nosso crescimento também administrativo e estrutural”.

Novidades

A federação comemorou seus 74 anos com o anúncio da implantação de um canal online de notícias sobre a entidade e os seus associados.

“A TV FAF vai abrir nossas portas para o mundo, vamos produzir material sobre o nosso futebol para o Amapá e permitir que todos tenham acesso ao nosso esporte”, concluiu Netto Góes, presidente da FAF.

A festa encerrou com o corte do bolo e interação entre os colaboradores e os membros da imprensa presentes.

Marcelle Nunes
Assessoria de Comunicação da FAF
Contato: 96 -98106-4232

FAF comemora 74 anos com abertura da I Semana do Amapazão

A Federação Amapaense de Futebol (FAF) completa 74 anos de fundação nesta quarta-feira, 26, pois apesar da criação ser em 1945, a entidade promoveu o primeiro campeonato no ano anterior, motivo de comemoração até os dias atuais.

Ao longo dos anos, a entidade foi ganhando força e a história do futebol amapaense se entrelaçou com a evolução da FAF. Em janeiro de 1950 foi inaugurado o Estádio Municipal de Macapá, nome modificado depois para homenagear o primeiro presidente da Federação de Desportos do Amapá (primeiro nome dado à FAF), Glicério Marques.

Atualmente, entre os muitos campeonatos promovidos pela Federação, se destaca o Campeonato de Futebol Profissional do Amapá – o Amapazão, que é o ponto alto das disputas amapaenses.

Devido a importância do campeonato, esse ano acontece uma semana de preparação antes da abertura dos primeiros jogos. A Semana do Amapazão tem a proposta de integrar clubes, desportistas e imprensa local em torno de discussões sobre o campeonato, mudança de regras, sistema de arbitragem adotado e novidades de mídia. O tema central da programação é “O NOSSO FUTEBOL EM DESTAQUE”.

A semana será aberta oficialmente nesta quarta-feira, 26, no dia do aniversário da FAF, com direito a corte de bolo e reunião de ex- presidentes da Federação que, na oportunidade, serão homenageados pelo trabalho prestado ao esporte amapaense.

A programação da semana segue até o dia 29 de junho, dia do lançamento oficial do Amapazão 2019.

I Semana do Amapazão

“O nosso futebol em destaque”

Quarta-feira, 26

· Abertura com Congresso Técnico (Tribunal de Justiça Desportiva, registros, súmulas online, tabelas e regulamento da competição); início às 16:00

· Solenidade de aniversário da FAF; início às 17:30

Quinta-feira, 27

Arbitragem – das 15 às 17:00

· Alterações as regras de 2019/2020.

· Cerimônia de entrega de placas SENAF – 2019

· Coffee Break

Sexta-feira, 28

Apresentação do aplicativo que fará transmissão dos jogos – 18:00 as 19:00

Público alvo (Imprensa/clubes)

· Palestra e treinamento com representantes do aplicativo MyCujoo que transmitirá os jogos do campeonato.

· Coffee Break

Sábado, 29

Lançamento oficial do Amapazão e da TV FAF – 16:00 às 18:00

· Entrevistas

· Coffee Break

Marcelle Nunes
Assessoria de Comunicação da FAF
Contato: 96 -98106-4232

FAF realiza I Semana do Amapazão como preparação para o campeonato desse ano

O Campeonato de Futebol Profissional do Amapá é o ponto alto das disputas promovidas pela Federação Amapaense de Futebol (FAF), e esse ano conta com uma semana de preparação antes da abertura dos primeiros jogos. A Semana do Amapazão tem a proposta de integrar clubes, desportistas e imprensa local em torno de discussões sobre o campeonato, mudança de regras, sistema de arbitragem adotado e novidades de mídia. O tema central da programação é “O NOSSO FUTEBOL EM DESTAQUE”.

“É uma semana de desenvolvimento para o futebol amapaense, uma oportunidade de preparar os envolvidos em nosso maior campeonato para os meses de disputa”, explica Netto Góes, presidente da FAF.

A programação acontece entre os dias 26 e 29 de junho, e o encerramento acontece com o lançamento oficial do Amapazão 2019.

FAF TV

O campeonato desse ano tem a novidade das transmissões de todos os jogos pelo aplicativo MyCujoo, parceiro de diversas federações de futebol pelo Brasil. O app é uma das ferramentas que fazem parte da FAF TV, que será lançada junto com o Amapazão.

“A nossa TV online faz permitir que o mundo saiba o que acontece dentro da Federação Amapaense de Futebol. É mais do que exibição, é uma forma de interação com os amantes do esporte do Amapá”, conta Netto.

A apresentação dos pilares da FAF TV e o uso do app MyCujoo são parte da programação da I Semana do Amapazão e contará com a presença de um dos representantes do aplicativo no Amapá para treinamento aberto e gratuito para membros da FAF, imprensa e dirigentes de clube que tiverem interesse. Toda a semana acontecerá na sede da federação, na Avenida Fab, 2371 – Santa Rita.

Programação I Semana do Amapazão:

“O nosso futebol em destaque”

Quarta-feira, 26

CONGRESSO TÉCNICO – Das 16 às 18:00

· Tabela/Regulamento (Departamento Técnico)
· Tribunal de Justiça Desportiva
· Registros/Sumulas Online
· Coffee Break

Quinta-feira, 27

ARBITRAGEM – das 15 às 17:00

· Alterações as regras de 2019/2020.
· Cerimônia de Entrega de placas SENAF – 2019
· Coffee Break

Sexta-feira, 28

APRESENTAÇÃO DO APLICATIVO – 18:00 as 19:00

Público alvo (Imprensa/clubes)

· Palestra e treinamento com representantes do aplicativo MyCujoo que transmitirá os jogos do campeonato.
· Coffee Break

Sábado, 29

LANÇAMENTO OFICIAL DO AMAPAZÃO – 16:00 às 18:00

· Entrevistas
· Coffee Break

Marcelle Nunes
Assessoria de Comunicação da FAF
Contato: 96 -98106-4232

FAF reúne times profissionais em preparação para o Amapazão 2019

Com o campeonato amapaense de futebol profissional às portas, os preparativos estão a todo vapor na Federação Amapaense de Futebol (FAF). Na manhã desta nesta quarta-feira, 12, foi a vez de reunir com os representantes de times profissionais que participarão da disputa.

O objetivo da FAF é dar suporte jurídico e contábil para a regularização dos clubes até o campeonato. Esse processo pode garantir o aporte de recursos oriundos de parcerias com o setor privado e público, além de organizar o cadastro dos filiados junto à CBF.

Santos, Ypiranga, São Paulo-AP, Santana e Trem são os cinco times que compõem a categoria de time profissionais no Amapá, e disputarão o Amapazão a partir de 05 de julho, data da abertura do campeonato.

Novidades

São muitas as novidades desse ano. A primeira é a transmissão de todas as partidas pela internet, o que garante que o mundo veja a elite do futebol do Amapá em campo. A segunda novidade anunciada pelo presidente Netto Góes é a realização da I Semana do Amapazão, que consiste em uma programação de cinco dias voltada para o campeonato, com palestras sobre novas regras, arbitragem e plano de mídia.

“Pela primeira vez o Amapá poderá respirar futebol em sua essência por uma semana, com uma programação preparada pela FAF para atletas, dirigentes de times e imprensa esportiva. Nos próximos dias daremos mais detalhes”, adiantou o presidente.

Resgate

O Amapazão faz parte da história do esporte amapaense e a FAF, junto com os presidentes dos clubes, também definiu estratégias de resgaste desse bem público que o campeonato profissional.

“Queremos que o torcedor vá aos jogos, se identifique com a bandeira do seu time e torça não só pela vitória, mas pelo desenvolvimento do nosso futebol”, concluiu Netto.

Ao fim da reunião foram entregues as bolas oficiais do campeonato, que serão utilizadas nos treinos dos clubes.

Marcelle Nunes
Comunicação FAF

FAF lança pacote de regularização para clubes de futebol não profissionais do Amapá

A Federação Amapaense de Futebol fará assessoria jurídica e contábil dos times que precisam de regularização para acessar o sistema da CBF durante o campeonato desse ano.

O Amapá possui 16 clubes não profissionais ligados à Federação Amapaense de Futebol (FAF). Destes, apenas 5 estão com situação jurídica regular. A situação dos demais filiados é uma barreira para competições junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e é para que essa barreira seja eliminada que a presidência da FAF lançou um pacote de ajuda para esses times.

O lançamento aconteceu nesta terça-feira, 11, na sede da FAF e contou com a presença da diretoria da Federação, que agora está voltada em ajudar esses times a regularizarem suas pendências jurídicas, bancárias ou cartorárias.

Assessorias contábil e jurídica vão ser disponibilizadas para os filiados, que contarão com o apoio da FAF também quanto à flexibilidade do calendário do campeonato.

“Só vamos iniciar o campeonato desse ano quando todos os times estiverem regularizados e puderem acessar o sistema da CBF sem problema. Vamos trabalhar juntos para isso. É preciso que cresçamos juntos fora de campo também”, explicou o presidente da Federação, Netto Góes.

Os filiados terão acesso à uma Central de Consulta dentro da FAF, que consiste em uma ilha de trabalho exclusivo para uso dos presidentes, equipada com computador, rede de internet e impressora, para que eles possam ter acesso ao sistema da CBF sem entraves logísticos.

Parceria

O secretário adjunto da Secretaria de Desporto e Lazer do Amapá. Fábio Marinho, também esteve presente para anunciar a parceria com a FAF nessa iniciativa. A Sedel vai fornecer o material esportivo dos clubes já para a competição de 2019.

O gestor estadual também destacou a importância da regularização do CNPJ dos times para futuros convênios. “Hoje temos muita responsabilidade quanto às parcerias firmadas com o governo. Não há possibilidade de celebração de convênio para acesso a recursos que não seja com pessoas jurídicas regulares. A coisa pública exige essa organização”, disse.

Novidades

Netto Góes também anunciou que este ano, pela primeira vez, os jogos do campeonato não profissional serão todos transmitidos pela FAF TV, através de um aplicativo parceiro que será lançado nos próximos dias. O recurso já é usado pelas federações do restante do país.

“Tanto a regularização dos times como as transmissões são parte de uma nova política dentro da FAF, a política da aproximação. Queremos reduzir a distância entre o nosso futebol profissional e o não profissional. Esses são os primeiros passos para o crescimento do esporte no Amapá”, disse o presidente.

Os clubes não profissionais são de diversos municípios do Amapá, e trazem desportistas da categoria amadora, mas que vivem o esporte com a mesma paixão que os filiados da categoria profissional.

Ângela Nunes, presidente da Associação Desportiva Calçoenense (ADEC), veio do seu município para a reunião e agradeceu o envolvimento da presidência com a categoria. “Meu time já está regularizado, mas estamos todos juntos no mesmo barco, então somos solidários aos demais times que estão em busca desse processo. Sei que o campeonato desse ano será lindo”.

Campeonato

Os times receberão bolas e uniformes para o campeonato, marcado para começar dia 20 de agosto, data estipulada pelos próprios dirigentes dos clubes que pediram tempo para regularizar suas equipes.

Marcelle Nunes
Assessoria de Comunicação da FAF
Contato: 96 -98106-4232

Inscrições para curso de arbitragem da FAF encerram nesta quarta-feira, 05

Continuam abertas as últimas vagas para o curso de formação de novos árbitros da Escola Estadual de Arbitragem do Amapá (EEAA). Esta é a segunda turma da EEAA, que é ligada à Federação Amapaense de Futebol, e encerra suas inscrições neste dia 05 de junho.

Os interessados devem procurar a sala da Comissão de Arbitragem, de segunda à sexta-feira, de 13:00 às 19:00, na sede da Federação, na Av Fab, nº 2371, no bairro Santa Rita. O valor do investimento é de R$ 600 (R$100 de inscrição + R$ 500 das aulas), que podem ser parcelados em até cinco vezes no decorrer do curso.

A grade de formação tem duração de seis meses, com carga horária de 260 horas e aulas somente aos fins de semana. A turma contará com oito professores que se dividirão entre aulas teóricas, treinamento físico e estágio supervisionado. As aulas teóricas ocorrerão na sede da FAF e o treinamento físico no Estádio Zerão. Os árbitros formados poderão atuar em jogos locais e nacionais.

Marilene Matta, presidente da Comissão de Arbitragem da FAF e diretora-adjunta da escola, ressalta que o investimento no curso trará retorno aos alunos que se dedicarem à prática esportiva, uma vez que um árbitro de grande campeonato chega a ganhar até R$ 500 por partida no Amapá.

“O preço do curso nunca deve ser um obstáculo, pois além de pagar de forma parcelada ao longo das aulas, os alunos que conquistam seu espaço profissional dentro da FAF podem logo ver o retorno desse investimento. Para quem sonha em seguir essa carreira, é uma oportunidade”, disse.

Representatividade

A Federação do Amapá conta com 120 árbitros capacitados, destes, 20 são mulheres, uma conquista que enche de orgulho a diretora Matta, que é a única mulher do Brasil a dirigir uma escola de arbitragem.

“Fico muito feliz em ver mulheres ganhando espaço no futebol do Amapá. No curso, por exemplo, já temos mais mulheres que homens inscritos até agora. Isso significa que nossas desportistas também podem brilhar para todo Brasil um dia”.

Vagas na CBF

Além de compor o quadro de árbitros da FAF, os formandos podem concorrer às vagas da CBF no Amapá. A divisão das vagas por estado permite que a Federação Amapaense escolha 14 profissionais dentro dos critérios de Seleção Nacional de Árbitros de Futebol (Senaf). O valor pago e a possibilidade de apitar para além das terras tucujus são os principais atrativos dessas vagas.

“Os recém-formados saem do curso com altas chances de serem selecionados pela Senaf, pois tanto a teoria como a preparação física estão atualizadas”, explica Marilene.

O curso para novos árbitros inicia no dia 09 de junho, com avaliação teórica e física não eliminatória. “Não vamos eliminar nenhum inscrito, as primeiras avaliações servem para ajudar a escola a conhecer o perfil de cada novo aluno e começar o acompanhamento pessoal que não acaba ao fim dos seis meses de aulas, mas segue até que este profissional sinta segurança para apitar. É o começo de um longo caminho dentro da nossa escola”, concluiu a diretora.

Marcelle Nunes
Comunicação FAF
96- 98106-4232

FAF define tabela de jogos para o Campeonato Intermunicipal 2019

O campeonato conta com a participação de 16 times representantes dos municípios amapaenses. As ligas disputarão entre si em quatro chaves que foram sorteadas pela Federação Amapaense de Futebol (FAF), responsável pela definição da tabela de jogos feita através de sorteio público. As duas melhores seleções de cada chave avançam para a segunda fase

Mangueirão Esporte Clube, Liga Desportiva de Laranjal Do Jari, Liga Desportiva De Santana e Liga Desportiva de Vitória do Jari são os times da Chave A.

As ligas de Amapá, Itaubal, Ferreira Gomes e Calçoene compõem a Chave B do campeonato.

Na Chave C estão as ligas desportivas de Mazagão, Pedra Branca, Serra do Navio e Porto Grande.

Cutias, Tartarugalzinho, Oiapoque e Pracuúba são as ligas da Chave D.

O primeiro jogo do campeonato acontece no dia 20 de agosto, às 16:00, e será entre as ligas desportivas de Santana e Laranjal do Jari. No mesmo dia, Mangueirão Esporte Clube e Vitória do Jari se enfrentam no jogo previsto para às 18:00. Todas as partidas da Chave A acontecem no Estádio Zerão.

Paulo Rodrigues, coordenador geral do campeonato, destaca a importância do envolvimento dos municípios nesse campeonato. “O Intermunicipal é uma oportunidade de interação saudável entre todas as cidades do Amapá, além de mostrar à sociedade os melhores do futebol amador de cada município, é uma vitrine de desportistas”.

A final do Intermunicipal acontece no sábado, 09 de novembro, no Estádio Zerão.

Comunicação FAF

Prefeitura e parceiros promoverão “peneira” gratuita do Fluminense em Macapá

A Prefeitura de Macapá, por meio do projeto Despertando Atletas, juntamente com o Ypiranga Clube e Tribunal de Justiça do Amapá, por intermédio do Projeto Pirralho, promoverá neste sábado, 25, e domingo, 26, uma Avaliação Técnica, “Peneira” do clube carioca Fluminense, no Estádio Glicério Marques. A programação ocorrerá das 8h às 15h.

No primeiro dia, serão avaliados os adolescentes com idades entre 13 e 15 anos. Já no domingo, será a vez dos jovens com faixa etária entre 16 e 17 anos. O avaliador técnico do Fluminense, Diogo Nunes, será o responsável. A programação foi definida na manhã desta quarta-feira, 22, no gabinete da Coordenadoria Municipal de Esporte e Lazer (Comel), com a participação dos representantes do Ypiranga Clube, Jasson Rodrigues e Aldo Espírito Santo; e técnicos da Prefeitura de Macapá.

Foto: Reprodução/ Site oficial do Fluminense

A coordenadora de Esporte e Lazer, Naldima Flexa, destacou a relevância do evento para os adolescentes com poucos recursos financeiros. “A prefeitura apoia, possibilitando que jovens carentes possam participar dos eventos de forma gratuita, uma oportunidade de apresentarem seu futebol, uma vez que geralmente se cobra em média de 50 a 100 reais para participação em episódios dessa natureza. Com o apoio do Município, os pais poderão inscrever seus filhos sem ter que pagar inscrição”.

Cliver Campos
Assessor de comunicação/Comel
Contatos: 98126 0880 / 99175 8550

Aluno de projeto social executado pela prefeitura irá compor base do Goiás Esporte Clube

Filho carinhoso, aluno dedicado e com uma paixão imensa pelo futebol. Aos 14 anos, Deison Mariano, morador do Residencial São José, localizado na zona sul de Macapá, foi aprovado pelo Goiás Esporte Clube, em peneira realizada no último fim de semana na capital amapaense. Com esperança e um brilho nos olhos, o jovem atacante revela a ansiedade de embarcar para compor a base juvenil do time, com embarque previsto para o fim de junho.

O aluno do Projeto Escolinha de Futebol do Residencial São José, executado pela Prefeitura de Macapá no próprio habitacional, conta ainda que sempre sonhou em ser jogador e que viu, por meio do projeto, a primeira oportunidade se abrir. “O meu sonho sempre foi ser jogador. Jogo futebol desde os 5 anos de idade. O meu objetivo é aprender cada vez mais e, quem sabe, chegar aos grandes clubes”, revela.

Com o coração apertado, mas cheia de orgulho, a mãe do futuro atleta profissional, Vanusa Mariano, falou sobre o orgulho que sente em ver o sonho do filho se realizando. “É uma alegria e um orgulho imenso ver o sonho do meu filho se tornando realidade. A gente agradece a prefeitura e a todos que ajudaram a tornar possível essa conquista”, ressalta.

O projeto funciona há dois anos no Residencial São José e faz parte do Plano Conviver Bem, que consiste em integrar as famílias que residem no local em um ambiente harmônico. A escolinha atende ainda crianças e jovens dos habitacionais Jardim Açucena e Mucajá.

Segundo o professor Adriano Correa, dos 52 alunos inscritos pelo Residencial São José, o jovem Deison, apesar de introvertido, destaca-se pelas qualidades que demonstra em quadra. “Ele é um garoto muito inteligente, obediente, sabe ouvir, é amistoso, e tem talento. Destaca-se, inclusive, entre as faixas etárias maiores, nas posições de meia e de atacante”, destaca.

Sobre os processos das peneiras, o professor Adriano explica que sempre fica atento às oportunidades e que, quando surgem, não perde a chance e conversa com os pais sobre a necessidade de inscrever os alunos. “Nossa dedicação é intensa nos treinos. Todos merecem essa oportunidade. Espero que mais alunos consigam a aprovação. No fim de maio, temos mais uma seleção. Será para o time do Fluminense. Por isso, estamos treinando firme”, informa.

Para participar do projeto, que ocorre todas as terças e quintas-feiras, das 15h30 às 18h30, a criança ou adolescente deve morar no residencial ou em bairros próximos, ter o Número de Identificação Social (NIS), estar frequentando e ter bom desempenho escolar, e ter entre 8 e 14 anos de idade.

As inscrições devem ser efetuadas no próprio habitacional, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 15h às 18h.

Amelline de Queiroz
Assessora de comunicação/Semast
Fotos: Nayana Magalhães

Quatro vitórias marcam rodada do Campeonato Super Master de Futebol

Quatro vitórias marcaram a rodada do fim de semana da 5ª edição do Campeonato Super Master de Futebol, no Estádio Glicério Marques. Nos jogos de sexta-feira, o Juventus venceu por 3 a 2 o CEA Clube; e o Santana venceu o Independente pelo placar de 1 a 0. No sábado, o Londrina venceu por 2 a 0 a equipe do MV13; e o Cristal venceu por 2 a 1 a representação do São Paulo.

O atleta do Clube Atlético Cristal, vereador Gian do NAE, atribuiu o bom desempenho da equipe às boas condições climáticas. “Hoje não choveu, o campo ficou muito bom para a prática do futebol e conseguimos sair vitoriosos”.

“O tempo ajudou, a torcida compareceu e a competição está seguindo dentro da normalidade, tudo dentro do que nós, da Associação e a equipe da prefeitura, programamos”, relatou o presidente da Excrete, Zezinho Macapá.

A competição é organizada pela Associação dos Ex-jogadores de Futebol do Amapá (Excrete) e tem o apoio da Prefeitura de Macapá. O torneio terá continuidade no próximo fim de semana.

Cliver Campos
Assessor de comunicação/Comel
Contatos: 98126 0880 / 99175 8550

66 anos de Zico, o melhor jogador de futebol da história do Flamengo

220px-Zico_2012

Hoje é aniversário de Arthur Antunes Coimbra, o popular “Zico”, o melhor jogador de futebol da história do Flamengo e um dos maiores do Mundo. Atualmente, Zico trabalha como treinador (no Japão) e é ex-dirigente do Mengão. O nosso eterno craque completa 66 anos de vida. E que vida!!

Zico liderou a vitoriosa trajetória do Flamengo nas décadas de 1970 e 1980. Ele ganhou campeonatos brasileiros, a Taça Libertadores da América e o Campeonato Mundial de Clubes e vários títulos cariocas. Jogou pela Seleção Brasileira nas Copas Argentina 1978, Espanha 1982 e México 1986, com boas atuações mas sem títulos com a camisa canarinho.59742_529648887080237_1194555587_n

Também passou pelo pelo Udinese (ITA) (aliás, chorei copiosamente quando Zico partiu pra Udinese) e foi para o Japão, atuar pelo Sumitomo Metals, que depois se tornou Kashima Antlers, onde o jogador foi atleta e iniciou sua carreira como treinador. Ele foi o melhor jogador da história dos dois clubes.

Quem resumiu brilhantemente a passagem de Zico pela Udinese foi o jornalista do “Il Gazzettino de Veneza”, profissional encarregado de segui-lo, Luigi Maffei: “Para nós, friulanos, Zico tem o mesmo significado de usocrates-zico-selecao-brasileira-1982-size-598m motor da Ferrari colocado dentro de um fusca. Sentimo-nos os únicos no mundo a possuir um carro tão maravilhoso e absurdo”.

Além do Kashima Antlers (Japão), onde jogou, Zico fez sucesso como técnico no CSK Moscou (RUSS) e Fernebace (TUR).
ZICO_C-1
“O cobrador corresponde a um atirador de elite, aquele que fica no telhado com a mira do rifle esperando a mínima movimentação do goleiro para surpreender as redes” – Fabrício Carpinejar. Zico era o nosso atirador de elite. O melhor que tivemos. Além disso, sempre foi sinônimo de decência sem ser um chato arrogante ou preconceituoso.

Apesar de comandar aquela Seleção Brasileira (para muito “A seleção”) em 1982 e ter participado de três Copas do Mundo, Zico nunca se sagrou campeão mundial.

O cara atuava como meio-campo, mas sempre foi artilheiro. Bater falta para ele então, era pênalti. Zico foi rotulado no exterior de “Pelé Branco”. Foram 970 jogos e 703 gols, destes, 509 pelo Flamengo. “Zico foi o líder do melhor time que vi jogar. Ele é um mito e não haverá outro como ele” – Romário.

535612_620035064680540_1079036989_nMeu saudoso pai, Zé Penha, sempre dizia que Zico foi o maior depois de Pelé. Discordo, a história do futebol teve Maradona, Romário e Ronaldo. Mas é verdade que Zico é ídolo de muitos ídolos, como o também ex jogador italiano Roberto Baggio (aquele mesmo que perdeu o penal em 1994, quando nos tornamos penta).

Acredito que existem e existiram muitos craques no futebol mundial, mas poucos gênios. Zico foi um destes gênios. Além de felicitações, minha gratidão, respeito e admiração, pois o vi jogar e fazer a alegria da nação rubra negra. Enfim, palmas para o cara, que ele foi e é PHoda. Parabéns Zico!

Elton Tavares