PSB e PDT – Uma história de amor e desamor – Por @alcinea

Foto: Daniel de Andrade (encontrada no Blog da Alcinéa).

Por Alcinéa Cavalcante

A história de amor e desamor do PSB com o PDT começa em 1988 quando coligados disputaram a Prefeitura de Macapá e venceram, com a chapa encabeçada por João Capiberibe (PSB) tendo como vice o advogado Antonio Cabral de Castro, do PDT.

Seis anos mais tarde, em 1994, ainda em clima de lua-de-mel PSB e PDT – juntos com PT, PCdoB e PV – formaram a coligação “Tudo por Nossa Terra”, que elegeu Capiberibe governador do Amapá, derrotando Jonas Pinheiro Borges (PTB), que era o candidato do governador Anníbal Barcellos (PFL)

Waldez Góes, do PDT, foi eleito deputado estadual e assumiu a liderança do governo na Assembleia Legislativa. No entanto, poucos meses após a posse, ainda no primeiro semestre de 1995, os dois romperam. Góes renunciou ao cargo de líder do governo dizendo-se desrespeitado por Capiberibe, que exonerou seus companheiros pedetistas sem sequer avisá-lo.

Em 1996, Góes lançou-se candidato a prefeito. O PSB coligou com o Prona, tendo como candidata Telma Gameleira (Prona). Na reta final da campanha, o PSB abandonou Telma e resolveu apoiar Waldez Góes para impedir a eleição de Anníbal Barcellos. Tarde demais! Barcellos foi eleito prefeito.

Em 1998 Capiberibe e Waldez Góes se tornaram adversários ferrenhos. Os dois disputaram o governo. Capiberibe derrotou Góes no segundo turno.

Em 2002 Waldez Góes candidata-se mais uma vez ao governo. O PSB lançou Cláudio Pinho quando o esperado era que o partido apoiasse Dalva Figueiredo (PT), que era a vice-governadora e tornou-se governadora em abril daquele ano quando Capiberibe desincompatibilizou-se do cargo de governador para disputar uma vaga de senador. Pinho não passou para o segundo turno. Dalva passou. Mas o PSB sentia-se traído por Dalva e pelo PT e para derrotá-la subiu no palanque de Waldez Góes ajudando-o a eleger-se governador.

Em 2006 lá estavam de novo PSB e PDT em palanques diferentes. Capiberibe candidato a governador. Waldez disputando a reeleição venceu no primeiro turno.

Em 2010, Capiberibe foi eleito senador e seu filho, Camilo Capiberibe, governador. Waldez Góes foi derrotado para o Senado.

Em 2014, Waldez Góes elege-se governador derrotando no segundo turno Camilo Capiberibe, que buscava à reeleição.

Arte/Foto: Blog do Cleber Barbosa

Agora em 2018, mais uma vez os dois monstros (no bom sentido) da política amapaense voltam a se enfrentar. No primeiro turno Waldez Góes teve 33,55% dos votos e Capiberibe 30,10%.

Fonte: Blog da jornalista Alcinéa Cavalcante

MPF quer interromper ciclo de exploração de minério em áreas protegidas da Amazônia Legal, no Amapá

O Ministério Público Federal (MPF) quer o cancelamento de licenças de exploração mineral na faixa de fronteira dos municípios de Oiapoque e Calçoene. A medida deve ser adotada especificamente para requerimentos de atividades ou empreendimentos minerários em áreas da Floresta Estadual do Amapá (Flota), dos parques nacionais Montanhas do Tumucumaque e Cabo Orange e do Rio Oiapoque. A finalidade do MPF é interromper o ciclo de exploração de minério, especialmente ouro, em áreas protegidas pela legislação ambiental e por acordos bilaterais entre Brasil e França.

As recomendações, expedidas na última semana, são dirigidas à Agência Nacional de Mineração, Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Secretaria de Meio Ambiente do Amapá (Sema), Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial (Imap) e Instituto Estadual de Floresta (IEF). A atuação do MPF decorre de trabalho da Força-Tarefa Amazônia, criada, em agosto, para combater a macrocriminalidade na Amazônia Legal, nos casos envolvendo mineração ilegal, entre outros.

No Amapá, Calçoene e Oiapoque têm os territórios divididos entre empresas e pessoas físicas envolvidas na exploração mineral. Parte das áreas de interesse para o setor minerário se encontra em área de fronteira. Na região, somente no ano passado, foram feitos 51 requerimentos de lavra garimpeira dentro e no entorno da Flota.

Acordos bilaterais – O MPF chama atenção para a forma como Brasil e França tratam a mineração na fronteira. Os países mantém acordos, desde 2008, visando combater a exploração ilegal de ouro em zonas protegidas ou de interesse patrimonial. Enquadram-se nessa classificação, parques nacionais, territórios de fronteira entre a Guiana Francesa e o Amapá, situados na faixa de 150 quilômetros, de ambos os lados.

A instituição defende que o licenciamento ambiental de empreendimentos nos municípios de Oiapoque e Calçoene, áreas de fronteira, fique a cargo do Ibama. Isso porque a legislação confere à autarquia a atribuição de licenciar empreendimentos e atividades que causem impactos a bens ou interesses da União.

Em uma das recomendações, o MPF orienta à Sema, ao Imap e ao IEF que cancelem as licenças ambientais já expedidas para atividades e empreendimentos minerários inseridos em dois dos quatro módulos da Flota – onde não é permita exploração mineral. A atividade estava executada sem a autorização dos órgãos de controle.

Os órgãos de meio ambiente do Estado também devem remeter ao Ibama requerimentos de licenciamento ambiental de atividades e empreendimentos minerários na faixa de fronteira. Ao Ibama caberá a análise dos documentos, a exigência de estudo e de relatório de impacto ambiental, bem como o cancelamento de requerimentos para exploração mineral na área da Flota e dos parques nacionais.

À ANM, o MPF recomenda que sejam cancelados requerimentos de pesquisa, lavra garimpeira e títulos minerários relativos a poligonais inseridas na Flota, nas áreas dos parques e das terras indígenas. O órgão orienta, ainda, que seja mantida a prática da garimpagem de ouro por comunidades tradicionais do Distrito do Lourenço, que sobrevive da atividade. “Sua paralisação causaria um enorme problema social e afetaria os direitos dessa comunidade tradicional”, reforça o órgão.

As recomendações são assinadas pelos procuradores da República Antonio Diniz, titular da Procuradoria da República no Município de Oiapoque, e Ana Carolina Bragança, da Procuradoria da República no Amazonas, membros da Força-Tarefa Amazônia. Os documentos alertam que o não atendimento ao recomendado implicará na adoção de medidas administrativas e judiciais cabíveis.

Mineração na Flota – Criada em 2006, a Flota foi divida em quatro módulos. Dois deles – III e IV –, localizados nos municípios de Calçoene e Oiapoque, fazem limite com os parques nacionais Montanhas do Tumucumaque e Cabo Orange, terra indígena Uaçá e com o Rio Oiapoque – área onde não é permitida a exploração mineral. Sua extensão – mais de 20 mil quilômetros quadrados, equivalente ao Estado de Sergipe – abrange 10 dos 16 municípios do Amapá.

O plano de manejo da Flota dispõe que a atividade minerária pode ser desenvolvida em 0,93% do seu território, na chamada zona de mineração, inserida no módulo II. Nas zonas primitivas, de experimentação, de uso público especial, de manejo florestal comunitário, a atividade não é permitida. Essas áreas estão localizadas nos municípios de Calçoene e Oiapoque.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Amapá
(96) 3213 7895 | (96) 98409-8076

MP-AP lança Central de Apoio à Investigação do Ministério Público do Amapá (CAIMP)

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio do Departamento de Tecnologia da Informação (DTI), lançou nesta segunda-feira (15) sua Central de Apoio à Investigação do Ministério Público do Estado do Amapá (CAIMP). A medida consiste em um sistema de auxílio nas pesquisas investigativas e no suporte ao combate à corrupção no Estado. O lançamento foi realizado no Auditório da Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, no Araxá.

A CAIMP foi desenvolvido pelo Departamento de TI, em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e a Assessoria Especial de Investigação de Tecnologia da Informação (ASSEINTI).

De acordo com o promotor de Justiça e coordenador do GAECO e da ASSEINTI, Afonso Guimarães, a Central será utilizada para acesso de informações cadastrais existentes em diversos banco de dados, e será acessada apenas por procuradores e promotores de Justiça, com o intuito de facilitar os procedimentos de investigações.

Agradeço ao procurador-geral de Justiça do MP-AP, Márcio Augusto Alves, e à secretária-geral do órgão ministerial, Ivana Cei, em nos apoiarem para a aprimoramento do nosso trabalho. Com a CAIMP, membros e servidores que trabalham com investigação terão mais facilidade na execução dessa atividade, tanto no levantamento de dados criminais, quanto em outras áreas de atuação”, salientou Afonso Guimarães.

Unidades específicas de investigação

A Base de Dados auxiliará especialmente em investigações do GAECO; Núcleo de Inteligência do Ministério Público do Amapá (NIMP/MP-AP); Laboratório de Tecnologia e Combate à Lavagem de Dinheiro (LAB-LD); e Promotoria de Investigações Cíveis, Criminais e de Segurança Pública (PICC). Mas a plataforma possibilitará a efetividade do poder de investigação de todas as Promotorias em Macapá e demais municípios amapaenses.

Gestão e investimento

A secretária-geral do MP-AP fez um balanço dos investimentos da gestão no aparelhamento e capacitação para o combate à corrupção. Ela apresentou dados sobre a aquisição de softwares, qualificação de pessoal e investimentos maciços oriundos de convênios com o Governo Federal para chegar ao momento dessa Central de Investigação. Também com a capacitação de membros e servidores, bem como a reestruturação organizacional que resultou no LAB-LD, GAECO, NIMP e ASSEINTI.

“Tudo que a administração fez até agora foi com o objetivo de fortalecer a investigação do MP-AP. Todas as organizações criminosas no Brasil possuem tecnologia, por isso os MPs estão reforçando suas bases tecnológicas. Tudo para um levantamento de dados mais plausível e célere. Ao todo, foram 1.373.000,00 (um milhão e trezentos e setenta e três mil reais) investidos em elementos físicos e em pessoal, montante proveniente de recursos federais, no reforço do combate à corrupção, somente em 2018. Para o ano que vem estamos trabalhando no aporte de R$ 2 milhões para a mesma finalidade”, salientou Ivana Cei.

Funcionalidade

Durante o lançamento, o diretor do DTI, Rodinei Paixão, fez uma breve apresentação das funcionalidades do sistema, demonstrando o uso dos serviços ofertados na CAIMP, além de explanar sobre a importância do uso da tecnologia no cruzamento de dados para se obter informação relevante que possa subsidiar os processos de investigação do MP-AP.

De acordo com Rodinei Paixão, o acesso à CAIMP será exclusivo aos membros do MP-AP e as informações contidas na ferramenta são oriundas de diversas bases de dados de órgãos conveniados, de coletas de dados abertos e ainda de fontes fechadas, disponibilizadas através de contratos ou convênios.

O diretor do Departamento de TI explicou ainda que o usuário da Central de Apoio à Investigação poderá acessar o serviço denominado “Pente Fino”, para obter um histórico de endereços, telefones registrados, lista de bens patrimoniais, relação de familiares, verificar a propriedade ou participação em empresas dos investigados.

Outro serviço ofertado dentro da CAIMP é uma lista de modelos de peças técnicas que servem de base para ações junto ao Judiciário, como o bloqueio de bens, quebra de sigilo telemático, busca e apreensão, Memorandos de Instrução.

“É um serviço de inteligência artificial que é utilizado nas operações do Ministério Público. Uma série de documentos, áudios e vídeos são disponibilizados. A plataforma faz uma análise de conteúdo e criação de vínculo de todas as fontes de investigação”, disse Rodinei Paixão.

O serviço de “Solicitação de Apoio” serve para que os usuários do sistema tenham acesso às bases de informações fechadas, onde os acessos são concedidos apenas a unidades específicas do órgão, como LAB-LD, GAECO, NATA e outros. Para isso, deverá ser feito o preenchimento de um formulário de pedido de apoio à investigação, onde serão listados os serviços como: interceptação telefônica, Recuperação de dados, Análise de redes sociais, etc. Cada pedido será transformado em uma Ordem de Serviço que poderá ser acompanhada pelo usuário, além da geração de documentos e estatísticas de produtividade por unidade de atendimento.

“Os membros do MP-AP devem conquistar legitimidade, não a formal, e sim a do povo. Pois a sociedade estando do nosso lado, ela vai sempre nos dar apoio para investigar os crimes relacionados à corrupção”, pontuou o promotor de Justiça Afonso Guimarães.

Conforme o procurador-geral de Justiça do MP-AP, Márcio Alves, o propósito da CAIMP é tornar mais eficaz as ferramentas, para que os membros e servidores conduzam as investigações na capital e no interior do Amapá.

“A CAIMP reforça a atuação do órgão ministerial no apoio aos Membros nos processos de investigação e no combate ao crime organizado. Essa estruturação da instituição com equipamentos e pessoal para este enfrentamento da criminalidade foi e é uma prioridade de nossa gestão”, pontuou o PGJ.

O lançamento contou com a presença de dezenas de membros e servidores do MP-AP.

Serviço:

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação do MP-AP
E-mail: [email protected]

Exposição de projetos no Dia “C” da Ciência

Nesta quarta-feira, 17, acontece o Dia “C” da Ciência: Exposição dos Projetos “Leva Ciência”. Os trabalhos desenvolvidos por acadêmicos de instituições de ensino público e particular vão estar expostos no hall da Universidade do Estado do Amapá (Ueap) das 8h às 12h, em Macapá.

Os visitantes poderão conhecer, entre outros trabalhos, O Biovaso: reaproveitamento de resíduos de biomassa para a produção de vasos ecológicos; Compósito fabricado com resíduo de papel com aplicação designer de produtos; Diálogos sobre a depressão na adolescência: falar é preciso e A bucha vegetal como alternativa sustentável na produção de mudas de plantas.

A programação faz parte da 15ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) que traz como tema em 2018, “Ciência para a Redução das Desigualdades”. O evento é realizado pelo Estado do Amapá em parceria com instituições de ensino e pesquisa de 16 a 21 de outubro. A abertura ocorreu na segunda-feira, 15, no Teatro das Bacabeiras.

A SNCT é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia Inovações e Comunicações (MCTIC) que busca dar destaque à produção científica no Brasil, envolvendo instituições públicas e particulares de ensino e pesquisa de todo o país, com temáticas diferentes a cada edição.

Serviço:

Diego Diniz
Telefone: (96) 9 8400-2106
Assessoria de comunicação

Macapá recebe 15ª edição do Dia Internacional da Animação

O Dia Internacional da Animação (DIA) é uma Mostra de curtas-metragens de desenhos animados nacionais e internacionais com entrada franca que acontece no dia 28 de outubro em centenas de cidades do Brasil.

COMO SURGIU O EVENTO NO MUNDO

Em 28 de outubro de 1892, Emile Reynaud realizou a primeira projeção pública de imagens animadas do mundo do seu teatro óptico no Museu Grevin, em Paris, exibindo o filme Pauvre Pierrot. Para celebrar a data, em 2002, a ASIFA (Associação Internacional do Filme de Animação) lançou o “Dia Internacional da Animação” contando com diferentes grupos internacionais filiados em mais de 30 países.

NO BRASIL

No Brasil o evento é realizado pela Associação Brasileira de Cinema de Animação – ABCA. Em 2018 o DIA vai para a sua 15ª edição, conquistando, a cada ano, maior visibilidade e parceiros em diversos municípios brasileiros. A Mostra Oficial acontece no dia 28 de outubro às 19h00 simultaneamente em todas os locais participantes, contando com a adesão de centenas de cidades em todos os 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, sendo o maior evento simultâneo de animação realizado no Brasil.

Nesse ano o DIA é viabilizado pelo Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual via Fundo Nacional da Cultura.

COMO É:

A Mostra Oficial é composta por uma hora de curtas metragens brasileiros (Mostra Nacional) selecionados por um júri especializado de diretores escolhidos pela ABCA e uma hora de filmes estrangeiros (Mostra Internacional). Ambas possuem classificação indicativa de 12 anos.

Em Macapá, o Festival Imagem-Movimento (FIM) integra a rede de exibição do DIA como realizador local voluntário desde 2007, e ao longo desses doze anos de parceria o evento passou por diversos municípios, praças, aparelhos culturais e escolas. Este ano a Biblioteca Pública Elcy Lacerda recebe o evento, com entrada franca. Após a sessão acontece um bate-papo com o convidado Marcus Oliveira sobre Animação na Amazônia e perspectivas para o Amapá.

Marcus é graduado em Comunicação Audiovisual pela UNB. Pós-graduando em Gestão Cultural – cultura, desenvolvimento e mercado, pelo Senac. Editor e assistente de direção da série de animação “Icamiabas na Cidade Amazônia”, em exibição pela TV Cultura do Pará. Roteirista e editor da série “Brinquedonautas”, que estreia em 2019, na TV Brasil. Ambas do estúdio Iluminuras, de Belém/PA.

Confira a programação:

MOSTRA NACIONAL – Classificação indicativa 12 anos

Piconzé
Dir. Ype Nakashima
01’ (trecho do longa metragem) – 2D – 1972
Desde 2013, exibimos no início da Mostra Nacional um filme que faz parte da história da animação brasileira.
Nos 15 anos do DIA, a curadoria escolheu um trecho de Piconzé – primeiro longa-metragem colorido de animação produzido no Brasil, lançado em 1972.
SINOPSE: No pequeno vilarejo conhecido como Vila do Vale Verde vivem três grandes amigos: o jovem Piconzé, o papagaio Papo e o porco Chicão. Os três levam uma vida pacata e sossegada na pequena comunidade onde moram, mas, certo dia, tudo muda: Bigodão, um famoso bandido da região, ataca a cidadezinha e sequestra Maria, namorada de Piconzé, forçando os três amigos a partir em uma aventura cheia de perigos e emoções para resgatar a moça e derrotar Bigodão.

O Homem na Caixa
Dir. Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr
19’ – Animação 2D no Computador
SINOPSE: Preso há décadas em uma prisão de segurança máxima, um velho mágico-escapista tenta reviver os seus dias de glória, colocando em prática um plano de fuga perfeito, mas também muito arriscado.

Millie
Dir. Israel Dilean
05’ 11” – 2D Digital e 3D Digital
SINOPSE: Um monstro nascido da briga de um casal entra no quarto da filha deles para atacá-la mas seu urso de pelúcia faz o que pode para protegê-la.

Insone
Dir. Débora Pinto e Breno Guerreiro
2’19” – Animação 2D digital full
SINOPSE: Dois irmãos estão brincando em seu quarto usando diferentes roupas e itens imaginários numa luta interminável que transcende tempo e passa de mundo em mundo.

Trip
Dir. Péricles Ianuch
2’44” – 2D
SINOPSE: Um rapaz entediado tem uma viagem que vai mudar sua vida.

La Loba
Dir. Julia de Macedo Nicolescu
03’09” – 2D Tradicional (digital) e cut-out
SINOPSE: Em meio a um deserto escaldante, uma velha xamã se prepara para um misterioso ritual recolhendo ossadas. Baseado no conto de Clarissa Pinkola Estés.

8 Patas
Dir. Fabrício Eduardo Rabachim, Gabriel Barbosa, Pietro Leonardo Nichelatti Nicolodi
02’ 25” – Computação Gráfica
SINOPSE: Ao receber uma visita inesperada, Beatriz se vê dentro de seu pior pesadelo. A aparição de uma pequena aranha transforma o conforto de seu lar em uma sucessão de desventuras, que provará que o maior perigo a enfrentar é o seu próprio medo.

Um Conselho Animador
Dir. Thiago Calçado
37”– 2D
SINOPSE: Um conselho para meu filhos.

Torre
Dir. Nádia Mangolini
18’ – 2D, Lápis sobre papel, Tinta sobre papel
SINOPSE: Quatro irmãos, filhos de Virgílio Gomes da Silva, o primeiro desaparecido político da ditadura militar brasileira, relatam suas infâncias durante o regime.

MOSTRA INTERNACIONAL – Classificação indicativa 12 anos

Los Aeronautas
Dir. León Fernández
11’ – Stop Motion – México
SINOPSE: Em meio ao deserto, uma tribo sobrevive com o pouco que dá na terra. Soo’goh, o mais débil do clã, tentará vencer os obstáculos para chegar aos pomares do paraíso que todos desejam.

Luminaris
Dir. Juan Pablo Zaramella
06’ – Stop Motion / Pixilation – 2011 – Argentina
SINOPSE: Num mundo onde a luz reina e marca o ritmo da vida, um homem comum tem um plano que pode mudar o rumo das coisas.

High Wool
Dir. Nikolai Maderthoner e Moritz Mugler
03’ – Stop Motion – 2013 – Alemanha
SINOPSE: Um duelo em uma cidade feita de cordas.

El Empleo
Dir. Santiago ‘Bou’ Grasso
06’ – 2D – 2008– Argentina
SINOPSE: Um homem faz seu trajeto habitual até trabalho, imerso em um mundo onde o uso de personas é algo cotidiado.

Serio
Dir. Ana Gusson
03’22” – 2D – 2016 – Canadá/Brasil
SINOPSE: Em uma pequena cidade, Felicio cria sua família e trabalha como um sapateiro tradicional, sempre muito sério. Um dia, Guri, seu filho mais novo, quebra sua rotina de trabalho e juntos descobrem uma paixão em comum e um jeito mais leve de ver a vida.

60 Segundos de Oscuridad
Dir. Pablo Conde
04’ – 2D– 2018 – Argentina
SINOPSE: Uma nevada misteriosa, uma cidade visitada pela Morte. A loucura e os limites do suportável trazem suas consequências de mãos dadas com o desespero.
60 Segundos de Oscuridad é uma homenagem à história em quadrinhos argentino “El Eternauta”, de Héctor Germán Oesterheld e Francisco Solano López. É uma adaptação de um fragmento do trabalho, interpretado a partir da linguagem da animação.

The short story of a fox and a mouse
Dir. Camille Chaix, Hugo Jean, Juliette Jourdan, Marie Pillier, Kevin Roger
06’14”– 3D– 2015 – França
SINOPSE: Uma raposa solitária caça um rato e o seu relacionamento muda quando duas corujas interferem na caçada.

Inercia
Dir. Becho Lo Bianco e Mariano Bergara
04” – Stop Motion – 2012 – Argentina
SINOPSE: A inércia é a força que faz com que todas as coisas se mantenham no estado em que se encontram. É a resistência a mudança. A inércia afeta todas as coisas, incluindo as pessoas.

Last Call
Dir. Sara Barbas
12”– 2D – Inglaterra/Portugal
SINOPSE: Catarina (uma gata) encontra sua velha paixão, Diogo (um cão) na fila para a inspeção das bagagens no aeroporto. A conversa entre os dois acaba se tornando constrangedora. Eles são interrompidos por pequenos acidentes resultantes das medidas de segurança do embarque, enquanto percebem um enorme erro do passado.

SERVIÇO:

15º Dia Internacional da Animação
Data: 28 de outubro
Hora: 19h
Local: Biblioteca Pública Elcy Lacerda
Classificação indicativa: 12 anos
Entrada franca

Fonte: FIM.

Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 15 de outubro

Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado n Rua General Rondon, nº 2350, na praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá e Santana. Outras informações e oferta de vagas são pelo número (96) 4009-9702.

Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado).

Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas:

Auxiliar de limpeza (caseiro) – 5 vagas
Batedor de açaí – 1 vaga
Cuidador de idoso – 1 vaga
Esteticista – 2 vagas
Funileiro de automóveis – 1 vaga
Jardineiro – 1 vaga
Massoterapeuta – 1 vaga
Mecânico eletricista – 1 vaga
Mecânico de automóveis – 1 vaga
Promotor de vendas – 1 vaga
Serralheiro – 1 vaga
Tapeceiro – 1 vaga
Vendedor pracista – 3 vagas
Vidraceiro – 1 vaga
Embalador a mão – 1 vaga (pessoa portadora de deficiência)

Fonte: G1 Amapá

Neste sábado (13) rola Sarau Literário na Biblioteca Pública Elcy Lacerda

O Projeto Social Literar – AP desenvolve ações de incentivo a leitura e a caridade em instituições beneficentes, hospitais, praças e escolas desde 2015.

O evento sarau literário do Literar é uma parceria do Ressaca Literária e a Biblioteca Pública de Macapá Elcy Lacerda e tem como foco da notoriedade aos artistas locais, além de ocupar o espaço da biblioteca, através de feiras, debates, músicas e outras ações durante o evento.

Por isso convidamos vocês para prestigiar o evento, conhecer nossa biblioteca e os talentos de nossos artistas e ainda ter uma tarde prazerosa de cultura e lazer.

Serviço:

Ressaca Literária
Data: 13/10/2018 (sábado)
Hora: 15h
Local: Biblioteca Pública Elcy Lacerda, localizada na Rua São José, Nº 1.800, centro de Macapá.
Entrada franca

Mulheres colocam exames em dia durante ação do Cram

Muitas mulheres da zona norte de Macapá colocaram os exames de rotina em dia nesta quinta-feira, 11, durante a ação de saúde do Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram). Os atendimentos fazem parte da campanha mundial alusiva ao Outubro Rosa para prevenção de câncer de mama e de útero.

Os atendimentos ocorreram graças a uma parceria do Cram da zona norte, Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (CMPPM) e UBS Álvaro Correa. “A ação busca mostrar a importância da mulher e de manter sua saúde em dia. Estamos fazendo exames e dando amparo médico, psiquiátrico e também judicial”, explicou a pedagoga do Cram, Isaura costa.

A dona de casa Danielle Lacerda soube da ação por meio do Programa Saúde da Família. Ela não perdeu tempo e chegou cedo para fazer o exame do PCCU. “Aqui no nosso bairro sempre tem ação. Mas estava atrasada com o exame e vim aproveitar. Foi bem rápido e seguro”, disse.

Foram ofertados testes rápidos (Sífilis/HIV), consulta médica, exame de PCCU, aferição de pressão arterial, testes de glicemia, massoterapia, atendimento multidisciplinar, assistente jurídico e assistente social.

Cássia Lima
Assessora de comunicação/CMPPM
Contatos: 98104 9355/ 99200 8675
Fotos: Max Renê

Poema de agora: Calendário – (@cantigadeninar)

Calendário

Imagem de breakfast, food, and morning
os dias são feitos de papel
contados na folhinha
páginas da agenda
e a noite é troféu

os números são tinta
que pinta liquidações
50% off
no shopping das ilusões

os meses são o próprio tempo
astuto e traiçoeiro
setembro, novembro, dezembro
a gosto de fevereiro

as feiras são sempre as mesmas:
aguardam sábados domingos
em que não há protocolo e memorando
só pão quentinho sobre a mesa.

Lara Utzig

CURSO PARA FOTÓGRAFOS INICIANTES

Olha que notícia boa, gente: as inscrições para nossa nova turma do curso básico de fotografia estão abertas. Tá super tranquilo de fazer pois as aulas são apenas aos sábados! Se você ainda tem dificuldade de entender como fotografar no modo manual e configurar DIAFRAGMA, OBTURADOR e ISO, além de diversos outros recursos que sua câmera tem, esse curso é super indicado pra você, vêm com a gente!

– Aulas em estúdio fotográfico;
– Exercícios práticos;
– Material didático exclusivo;
– Certificado de 12h/a

Inscrições: Foto Nunes – Av. Diógenes Silva, 1098, Trem

Aulas: 13, 20 e 27 de outubro e 3 de novembro
Horário: das 15 às 18h
Pré-requisito: Possuir câmera fotográfica
Investimento: R$ 150,00 reais parceláveis em até 2x no cartão

Semana da Criança: molecada diverte-se com programação diversificada nas escolas do Município

Muita diversão, passeios, brincadeiras e aprendizado marcam a Semana da Criança nas escolas municipais. Alunos dos ensinos infantis e fundamental mudaram um pouco a rotina em comemoração alusiva ao Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro. As escolas preparam atividades diferenciadas voltadas para os pequeninos.

Na Escola Eficaz, por exemplo, a molecada se divertiu com a Gincana da Alegria, onde brincaram e competiram entre si. Já na escola Eunice Picanço, os alunos mostraram todo o talento em um show protagonizado por eles. A Escola Lúcia Neves Deniur levou a pintura de rosto para os baixinhos, entre muitas outras atividades envolvendo contação de histórias, visitas à parques, tudo pensado especialmente para a alegria da criançada.

Além da diversão, os alunos não deixaram de aprender. Na Escola Pai Nosso, os pequeninos conheceram um pouco sobre culinária brasileira e as merendeiras da escola Sementinha passarão por formação especial oferecida pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Amapá (Abrasel/AP). Outras visitaram pontos turísticos da capital e histórias regionais, fomentando práticas pedagógicas lúdicas dentro e fora dos espaços educacionais. Na Emef Amapá, os alunos tiveram contato com profissionais do Corpo de Bombeiros, tirando dúvidas e brincando com o auxílio dos profissionais.

A programação especial segue até quinta-feira, véspera do Dia das Crianças, que também é feriado de Nossa Senhora Aparecida.

Assessoria de Comunicação/Semed

Poema de agora: Imerso – (@cantigadeninar)

Imerso

Dizia Heráclito
que nenhum homem se banha
duas vezes
no mesmo rio.

Água corrente
água limpa
sempre água nova
a cada dia
[cristalina

Até um igarapé
ou um arroio estreito
se expandem com o fluxo
[totalmente alheio
em vital transformação.

Mais do que o pulsar dos líquidos
também é restaurado o homem
renascido ao mergulhar.

Eis que a torrente segue adiante
e o homem, ser cambiante,
muda junto com o flúmen
[do Tempo

Ao me dar conta disso
[fugidio
sorrio:
sou rio.

Lara Utzig

Trilha do Futuro auxilia estudantes a descobrirem vocação profissional

Sabe-se que o aluno do Ensino Médio vive uma etapa de muitas escolhas, e decidir o que quer ser no futuro muitas vezes é difícil. Visando contribuir com este momento, a Faculdade Estácio de Macapá, organizou o evento “Na Trilha do Futuro”, que aconteceu nesta quarta-feira, 04, o evento tem como objetivo mostrar para os alunos do Ensino Médio as diversas possibilidades de escolha profissional, os ajudando na tomada de decisão. Na ocasião, professores e acadêmicos de dez cursos da Instituição mostraram, através de oficinas, como é a vida universitária, além de oportunizar a vivência do que é cada profissão e seu mercado de trabalho.

A Diretora Geral da Estácio Macapá, Aline Búrigo, fala sobre a difícil escolha da profissão. “Sabemos que na fase final do Ensino Médio, os jovens vivem um turbilhão de questionamentos e dúvidas, entre elas, a escolha da profissão a seguir é mais um elemento de ansiedade em suas vidas. Percebemos que muitos jovens procuram nossa faculdade sem saber bem que carreira seguir e em qual curso superior ingressar. Na dúvida, escolhem sem muita reflexão e, por vezes, abandonam o curso pelo caminho. Nós estamos aqui para ajudar esses jovens na escolha certa”, declara Aline.

Matheus Cauã de 15 anos, cursa o 1º ano, na Escola Visconde de Mauá, diz que já decidiu o que quer para o futuro. “Gostei muito da oficina de fotografia e é isso que quero para meu futuro. Pretendo trabalhar na área de Jornalismo ou Publicidade e Propaganda”, afirma o estudante.

Cerca de 150 alunos, de 15 escolas de Ensino Médio estiveram presente na Trilha do Futuro, em que foram ofertados 15 oficinas de várias áreas do conhecimento como: Vivenciando um dia de advogado; O enfermeiro na assistência a pacientes com lesões na pele; O Psicólogo na orientação profissional; Atenção dietética e avaliação nutricional no atendimento ambulatorial; Fisioterapia em ortopedia e traumatologia; Descubra o segredo da criação publicitaria; A magia da TV; Um olhar microscópico; Mestres da segurança – proteja a rede sem fio da sua casa; entre outras.

Diani Corrêa
Comunicação Estácio Macapá – Assessoria de Imprensa
Presidente da CIPA – Estácio Macapá
(96) 2101-5262 |98802-0396 /99129-0844

Justiça Eleitoral alerta para as mudanças dos locais de votação em Macapá, Santana, Amapá, Calçoene e Pracuúba

A Justiça Eleitoral reforça a informação aos eleitores sobre as mudanças em locais de votação nos municípios de Amapá, Calçoene, Macapá, Santana e Pracuúba.

O eleitor deve ficar atento para saber se sua seção eleitoral sofreu mudança de local.

Macapá – 2ª. Zona Eleitoral

As seções 645, 667, 691, 709 e 744 que funcionavam na Escola Maria Bernadete – foram transferidas para o anexo da Escola Wilson Malcher, localizado atrás da Igreja São Paulo.

As seções 434, 468, 487, 575 e 608 que funcionavam na Escola Maria Bernadete – foram transferidas para a E.M.E.F. Prof. Ana Maria da Silva Ramos, na avenida Inspetor Aimoré, N° 480, bairro do Zerão.

As seções 666, 674, 681, 693 e 701 que funcionavam na Escola Estadual Irineu da Gama Paes – foram transferidas para a Escola Estadual Nelita Rocha Brito Dias, na avenida Nilo Almeida, N° 01, bairro Congós.

As seções 682, 694, 704, 707 e 720 que funcionavam na Escola Estadual Prof. Nilton Balieiro Macahado – foram transferidas para o Centro Educacional Irmã Carmela Bonassi, na avenida 18, N° 1792, bairro Marabaixo III.

As seções 134, 135, 241, 328, 413, 456, 537 e 573 que funcionavam no Colégio Amapaense – foram transferidas para o Centro de Educação Profissional Graziela Reis, na avenida Duque de Caxias, N° 60, Centro.

Macapá – 10ª. Zona Eleitoral

As seções 291, 321, 329, 346 e 363 da Escola Estadual Padre Angelo Biraghi, localizada na rua Acésio Guedes, no bairro Perpétuo Socorro, passam a funcionar na Creche Jardim de Infância Nosso Cantinho do Amor, localizada na rua Rio Xingu, N° 1274, que também fica localizada no bairro Perpétuo Socorro.

As 11 seções da Escola Estadual de Ensino Fundamental Vera Lúcia Pinon, serão divididas em dois locais: 07 seções (152, 173, 188, 218, 266, 287 e 306) continuarão na sede da escola, na avenida Carlos Lins Cortes, N° 1405, no bairro Infraero II.

As outras 4 seções (316, 323, 337 e 356) funcionarão em um prédio anexo, na Rua Petrolina, esquina com a rua Maria Cavalcante Picanço, a uma quadra da sede da escola.

Santana – 6ª. Zona Eleitoral
As seções da Escola Estadual Antônio Januário Pereira foram transferidas para a Escola Estadual Fonte Nova;
As Seções que funcionavam na Escola Municipal Padre Fúlvio Giulliano foram remanejadas também para a Escola Estadual Fonte Nova;
As seções do Centro Social Vitória Régia vão funcionar agora na Escola Estadual Augusto Antunes;
As seções da Escola Estadual Ana Dias da Costa foram transferidas para Escola Estadual Igarapé da Fortaleza;
As seções da creche Adrielle Ferreira da Silva vão funcionar na Escola Estadual Everaldo Vasconcelos;
As seções do Centro da Juventude serão transferidas para a Creche Mauro Cézar.

Amapá – 1ª. Zona Eleitoral
Transporte: Mantido o percurso Cruzeiro-Base Aérea-Amapá (sede)
Seções agregadas: Escola Antônio Guerra (Sucuriju) seção 25 + seção 8; Escola Shirley Márcia: Seção 11 + seção 3 + seção 24 (Escola Cruzeiro) e Escola Francisco Alves: seção 49 + seção 47.

Calçoene – 1ª. Zona Eleitoral
Transporte: O número de rotas foi reduzido para adequação à lei de transporte de eleitores, ficando apenas com os percursos Carnor-Cassiporé (ponte) e Calafate-Juncal
Não há seções agregadas
Considerando o rezoneamento, no dia da votação as seções indicarão seus números antigos e novos, na mesma placa.

Pracuúba – 1ª. Zona Eleitoral
Seções agregadas: Escola Ernesto Colares seção 48 + seção 46
Transporte: Mantidos os percursos Agrovila-Cujubim-Pracuúba (sede) e Pernambuco-Flexal-Pracuúba (sede).

As mudanças ocorrem na votação do dia 7 de outubro, e em um eventual segundo turno, em 28 de outubro.

Votação

O Tribunal Eleitoral Regional (TRE) informa que a votação neste domingo – 7 de outubro – começas às 8h e encerra às 17h (horário local).

O eleitor deve levar o título eleitoral e documento oficial com foto, ou baixar no celular o aplicativo e-Título.

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
2101 – 1504
Cley de Jesus Sarraf de Abreu