Feliz aniversário, Rodinei Paixão! – @rodineipaixao

Charles, Rod (de camisa quadriculada), Gil, eu e Marcelo. Trampo em 2018. Foto: Sávio Leite.

Hoje aniversaria o marido e pai dedicado, flamenguista, colega de trampo, diretor do Departamento de Tecnologia do Ministério Público do Amapá (MP-AP) e brother deste editor, Rodinei Paixão.

Além de extremamente competente, inteligente, prestativo, discreto e responsável, o Rod é bem-humorado, educado e gente boa demais. É um cara que respeito e gosto muito.

Ele é uma daquelas pessoas inteligentonas e fodas no que faz. E, melhor, sem frescura. Sim, Rod é uma figura pai d’égua e desprovido de boçalidade. Realmente, um ótimo profissional, em todos os aspectos.

Com o Rod, em 2018. O cara é gente fina!

Apesar de vários convites ele nunca topou tomar uma cerva comigo. Como no dizer nortista, neste quesito o brother “é só foba”. Mesmo assim, é considerado!

Enfim, Rodinei, este registro é só pra ressaltar o meu respeito, admiração e amizade por ti. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto dos teus amores. Que tua vida seja longa e que tu sigas sempre nesse alto astral porreta de ver. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Meus parabéns, João Clesio!

Eu, João e Gilvana

Hoje aniversaria o jornalista, produtor da Rede Amazônica (TV Globo local), assessor de imprensa, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amapá (Sindjor/AP), membro da ONG Anjos Protetores, que cuida de animais de rua em Macapá e brother deste editor, João Clesio.

Trabalhamos por pouco tempo, em 2008 Foi um aprendizado. Em julho daquele ano, por falta de espaço físico dentro da Rede Amazônica, o Portal Amazônia funcionava na redação da TV Amapá. Eu era estagiário e absorvi o que pude naqueles meses. Depois trampamos na mesma equipe de comunicação do Governo do Amapá, em 2010.

João e um profissional competente e um homem do bem. Faço minhas as palavras da jornalista Mariléia Maciel: “Amigo querido, sempre disponível para ajudar, coração enorme, sensível aos problemas dos homens e dos bichos! Que Deus sempre te abençoe, e não falte força pra você continuar sua missão”. É isso!

Meus parabéns pelo seu dia, Clesio eu sigas com saúde e sucesso na jornada. Feliz aniversário!!

Elton Tavares

Os 75 anos de Chico Buarque: aniversário do gênio da música brasileira (meus parabéns ao poeta)

tumblr_migd5lcWpa1qf5a4ho1_500

Sou fã de muitos músicos e compositores, brasileiros e gringos. Mas o maior é Chico Buarque, principal ícone da Música Popular Brasileira (MPB). O cara é cantor, compositor, escritor e dramaturgo. Hoje o grande expoente da musicalidade nacional completa 75 anos de vida. E que vida!

Francisco Buachico_buarque_pg2rque de Hollanda nasceu no Rio de Janeiro em 19 de junho de 1944. Filho do historiador Sérgio Buarque de Holanda, iniciou sua carreira na década de 1960, destacando-se em 1966, quando venceu, com a canção A Banda, o Festival de Música Popular Brasileira.

Em 1969, no auge dos “anos de chumbo” da Ditadura Militar no Brasil, se ebb013d72e76477323bbfec5ab07ddde0xilou na Itália (ITA) e tornou-se, ao voltar para o Brasil, um dos artistas mais ativos na crítica política e na luta pela democratização do Brasil. Na carreira literária, foi ganhador do Prêmio Jabuti, pelo livro Budapeste, lançado em 2004, além de ser torcedor confesso do Fluminense Football Clube (ninguém é perfeito).

Apesar de somente 40 anos vividos, Chico Buarque faz parte da minha história. Graças ao bom gosto musical da minha família paterna, cresci ouvindo a obra do gênio da MPB, para mim, ele é o verdadeiro Rei da Música Brasileira, muuuuito maior que o Roberto. Para mim, claro.

Adoro Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Caetano, Gilberto Gil, Raul Seixas, Renato Russo e Cazuza. Também sou apaixonado pela obra de Bowie, Jagger, Curtis, Vox, Morrissey, entre outros gringos sensacionais, mas quem me conhece sabe: meu poeta soberano é Chico Buarque.

Quando o escuto, quase todos os dias, sinto saudade do tempo que ia todo sábado para casa da minha avó, tomar cervejas com meu falecido pai e meus tios. Nostálgico!

Chico Buarque musicou tudo que sentia, até pediu ao inventor da tristeza para ter a fineza de desinventar. Ele cantou a política, o carnaval, o amor e a boemia como poucos. E com a maestria do grande sambista. Ironizou os dramas e dramatizou o cotidiano. Pena que “aquela tal malandragem não existe mais”.

Completos idiotas o julgaram e o condenaram por sua opção política atual. Mesmo que fosse um cidadão comum, seria babaquice. Em relação ao velho Chico, é blasfêmia. Ele é bom de escutar até nos dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu.tumblr_mfjg4rlavj1rcpa3go1_500

Muitos livros foram escritos sobre Chico Buarque. Li alguns deles. Sua obra é tão importante para a música brasileira que é difícil contabilizar o quanto ele foi e é fundamental para a nossa história. Vem aí um filme sobre o compositor, que certamente assistirei. Enfim, toda homenagem ao cara é pouco diante da sua magnitude.

Que o mais nobre dos Buarques viva mais 75 anos com essa magia que aquece nossos corações, aflora sentimentos bons, acorda o boêmio dentro de cada um de nós e alegra nossas vidas com a fantástica arte sonora.download (1)

Chico Buarque já me emocionou muitas vezes em mesas de bar, reuniões familiares e até em momentos de total solidão reflexiva. Ele é realmente PHoda! Ainda bem mesmo com mais de sete décadas, ele ainda nos brinda com sua genialidade. Ao velho Chico, minha total admiração, agradecimento e homenagens.

Saúde e longevidade ao malandro poeta, escritor, filósofo, palhaço, pirata, corisco, errante judeu, compositor, político, moleque, molambo, gênio e louco varrido.

Meus parabéns ao grande Chico Buarque!

Elton Tavares

*Ídolo da nova geração da MPB, Criolo fez uma versão de Cálice, do velho Chico Buarque, que me representa como fã do grnde artista. Assista:

O poeta e professor Carlos Nilson Costa – Antologia e Iconografia

Carlos Nilson em Veneza_ 2014
Professor Carlos Nilson em Veneza (ITA) – 2014

Por Paulo Tarso Barros

O professor Carlos Nilson Costa nasceu em Monte Alegre (PA), no dia 17 de novembro de 1941, mas chegou ao Amapá ainda muito jovem e aqui estudou, constituiu a família e realizou seus projetos profissionais e pessoais. Artista plástico, poeta, professor e um admirável ser humano, Carlos Nilson é formado em Matemática e tem especialização em Planejamento. Foi Secretário Municipal de Educação de Macapá, Secretário de Estado da Educação e integrante do Conselho Estadual de Educação, dentre outras atividades que exerceu no serviço público com grande destaque, pela sua competência e dedicação, o que o coloca entre os mais notáveis educadores do nosso Estado.

Carlos Nilson_Fotos JD 1996-97-98 (254)

Na imprensa publicou trabalhos nos jornais “Amapá”, “A Voz católica”, “A Fronteira”, “O Liberal” e “Jornal do Dia” e apresentou programas de música erudita nas rádios Difusora e Educadora.

Participou da antologia “Coletânea Amapaense”, de 1989.

Neste especial, vamos publicar uma seleção de poemas do autor – inclusive fac-símiles de publicações dos anos 60 do jornal Amapá.

 Poema de Carlos Nilson (1)Carlos Nilson_poema Descolorido_Jornal A Voz Católica_

maxresdefault

O SOM DO SILÊNCIO

Por que buscas
na tortura de teu silêncio,
o sopro da ventura favorável?
Amargo e torturante é o teu calar!

Infiltra-te na imensidão de tua voz
E traz à tona a alegria contagiante
E companheira
De nunca estar só!

download-11

CÍRCULO

Daquela festa passada
Deixaste apenas o cavalo
Da carruagem que viajamos

Da tua fuga galopante,
No exílio angustiante que fiquei,
Restou o cavalo, que era a égua de nossa glória.

A distância do tempo que partiste
Voltou, em circunferência,
A encontrar, no ponto de partida,
A égua para a tua condução.

Fiquei a esperar a carruagem
Que viria buscar a montaria
Na fuga causada do amor perdido
Na espera fogosa do amor encontrado

Cantico delle Anime, di Roberto Ferri

TERNURA

Sinto a ternura
Feita de carne
– o teu corpo
O tempero de tua alma
leva-me saudade
de tua ausência presente

A imaginação do amor
constante
que desejo
é o mesmo amor
que sinto em ti
Mulher amada

download

RAZÃO DO AMOR

Muitos cantam a vitória
em hinos que sublimam as conquistas
( em verdade, gostamos de cantar nossas glórias
nem tanto gloriosas assim )!

Eu canto o teu amor
que lampeja
na vez que recordo
teu ar triste
que, cinematograficamente,
reflete ternura
de uma lembrança viva.

Não sou grato ao teu amor!
Nem busco a razão,
já que não amo
porque quero,
mas se quisesse
te amaria mesmo assim.

Uecsa

LEMBRANÇA DE MINHA RUA

Lembro como se fosse presente
do primeiro dia em que cheguei
-tinha sete anos!
Fazia escuro
O mato crescia em terra estéril
e o cemitério era panorama mudo e
suas paredes cinzentas tinham o ar melancólico
daquele lugar.
Macapá terminava ali!

A rua era pequena
-Nem pensei que fosse beco!
Terminava no campo santo
As casas, em perfeito alinhamento
-uma longe da outra
Davam uma visão de que havia ordem
também por lá.

A casa onde fui morar
Era toda de barro. Estava caindo aos pedaços.
Cada um era uma parte do coração de minha mãe que ruia.
O mato crescia (como ele viceja em terra imprópria! ),
E brotavam algumas flores silvestres
Que faziam o jardim dali.

Rua, saudade de minha infância.
Das brincadeiras infantis
-de cowboys,
Apedrejador de passarinhos…
Hoje é avenida sem deixar a forma de beco

Rua da minha felicidade
E da minha tristeza,
Que no sorrir de minha existência,
Quando brotava para a vida
Na pós-adolescência,
Viste morto meu pai .

Rua triste, de onde não tive namorada.
– ela só veio depois que mudou o nome.
Rua querida, és saudade perene,
Vida em minha existência
Tão triste e só,
Oferecendo lembranças e saudades
Que parece não saem de lá.

ilhado1_thumb

PENSAR BAIXINHO

Hoje volto:
Triste e pensativo…..
-a noite cai
E o silêncio vive a solidão.
Hoje é noite de ficar sozinho,
de pensar baixinho,
de pedir aos céus
o que não podemos na terra.
De fechar os olhos,
De chorar calado
E esperar a volta,
Que sabemos não vem:
Noite de ficar sozinho.

AnjodaGuarda

ANJO DA GUARDA

Simplesmente dormi!
Meu anjo cansou-se de velar por mim
-teve sono e entregou-se a Morfeu.

Nos lampejos da vida,
com sede de afeto,
me precipitei a realizar.

Pobre de meu anjo,
Teve que dormir um pouco!
Fiquei só!
Perdi-me no caminho.
Andei errante: fugi demais.

Agora,
Tudo é frio.
O peito gela
O coração treme solitário
E irrealizável.
Por que dormi,
se tinha tanto a completar?
-e meu anjo, pobre coitado,
Não sei onde o encontrar.

Sem título

MINUTO ETERNO

Houve um minuto!
Os sinos deixaram de anunciar,
Mas o tempo chegou.
O tempo não passa, ele chega.

Os homens não param, esperando o fim.
…..Paira uma enorme expectativa
De no momento findo,
Haver o começo de novo.

10946105_740297039399514_191555298_o

MÃE PRETA

A sombra do mundo
E o brilho do bem,
Escondem na sombra
O belo do amor.

Mãe Preta querida
Teu canto é passado
Na dor do passado
Que teu avo não contou.

Teu filho que dorme
O sono do nobre,
Não sabe de angústias vividas
Não sabe que lágrimas
Que o tempo esqueceu,
Rolaram baixinho
Nos prantos noturnos
Dos fundos dos barcos

Teu canto adormece
É diferente
Traz na tua voz
Mensagem antiga
Da dor já passada.
Não fala de bola,
Nem de brinquedos.
Só canta ternura
Do bem de tua alma

Mãe Preta querida,
Canta prá mim.
Tuas mãos calejadas,
Teu rosto queimado,
Teu corpo sofrido,
Mãe Preta
Só falam de amor.

pie_desmaterializado_by_chemistikin

DESMATERIALIZADO

Deixo cair a carcaça e caminho…
Vou seguindo na terra
Como se fosse um espectro,
Sem resistência do ar

Deixo cair as vestes dos ossos,
E nu, o meu esqueleto vai procurar abrigo
Em uma tumba de glória,
Onde a árvore nasce em forma de espada
Ferindo as dores na solidão.

Assim, descaço de carnes,
Sem cabelos,
Sem rumo determinado,
Mas com chegada certa em uma luz,
Estendo minhas mãos de falanges
E imploro a felicidade
-ao menos uma vez.
AmazonasCheio-1024x515
O RIO

Corre,
Margeando o leito calmo,
A folha caída.

Segue,
No caminhar constante
Levando lembranças
E saudades.

Vai,
Misturando às águas,
O barro santo
De vidas passadas.

E, com a terra sagrada,
Diluída na garapa gigante,
Desliza a tradição ferida
De um povo bravo e forte.

wrong-way

A ROTA DO HOMEM

Acho simples voar
-até as aves voam!
Num voo curto e material
Sem a magnitude
Dos homens,
Que sobem tanto
E se perdem na grandeza
De um sorriso tácito
Bebido em taça
Com o gosto de cru.

semttulo

MORTE DOS NAMORADOS

Como é triste a morte dos namorados
Mas dos que se amam
Não dos que se falam
Mas dos que se sentem

Noites claras que brilham,
Passeios,
Encontros.
Tudo transformado em noite fria
-eternamente fria.

O calor dos beijos
Foi trocado pelo frio dos mármores
Na visão branca
Como o fantasma da saudade.
E a mão
O beijo
O calor:
Como estão gelados!

Todo o calor da imensidão da noite
Agora é eterna noite das coisa geladas
E de muita solidão.

passado-presente-futuro

ONTEM, HOJE E ……….AMANHÃ

Enquanto as rosas perfumarem o sereno,
O sorriso da criança entreabrir,
E nos campos se amarem as borboletas,
Acredita, sou feliz.

Após, no pomar, as árvores derem frutos,
E os galos entoarem na madrugada,
E o seresteiro amar sua namorada.
Acredita, eu vivo.

E se ainda as folhas formam copas,
E poucas flores ainda existirem,
Mesmo assim, vacilante,
Acredita, eu existo.

Mas, se as árvores não brotam ramos,
E as pétalas caem no chão
E somente o arbusto cresce em saudade,
Acredita, sou ontem.

Renato-Souza-Pinto-Boca-Acre_ACRIMA20120605_0019_15

EROSÃO

Na areia fina da praia
Está o pássaro ferido
-caído.

Na pedra lisa do riacho,
Está o velho pescador
-pescando.

Na brisa lenta do Amazonas
Estão as ondas tristes
Chegando.

E o pássaro caído,
Morto na praia
Mudo, deixou de cantar.

E a pedra gasta,
Continente ontem,
Desfez-se: erosão

E a brisa lenta
…muito lenta
Parou.

download

O HORIZONTE

Que busca o homem ao olhar o horizonte
Que busca ele, achar em sua melancolia silenciosa, na imensidão das águas e na grandeza do céu?

Ele diante da distância é pequeno!
Busca no perder de vista,
Seu pensamento disperso.
Tenta o encontro da água com o céu
E chega ao êxtase
Arrancado das entranhas deste horizonte perdido
E vem
Docemente
De coração saciado,
Rezar a oração do amor.

eu-amo-meu-pai-5272CpmfNg6A5j

AO MEU PAI

Lampeja vibrante
A chama indormida
Do cintilante clarão da vida

Segue…
Ilumina o caminhar
De conquistas passadas
E das que ainda vão ocorrer

…e é tão grande a sua luz,
Que não precisa de séquito.
Este é o seu rastro de brilho
A clarear o caminho
Na ida segura.
E a chama revolta
Ilumina a saudade
-grande e profunda
Que ainda arde
Com a separação.

anjo-da-guarda

ANJO DA GUARDA

Dormi muito!
Meu anjo cansou-se de velar por mim
-teve insônia

No balburdio da vida,
Com sede de afeto,
Me precipitei a realizar.

Pobre do meu anjo,
Teve que dormir um pouco!
Fiquei só.
Perdi-me no caminho.
Andei errante: -fugi demais.

Agora,
Tudo é frio
O peito gela
O coração treme solitário
E omisso.

Por que dormi
Se tinha tanto a completar?
E meu anjo, pobre coitado,
Não sei onde o encontrar.

3853-MLB4864274549_082013-O

HOJE OU NUNCA

Não perca tempo,
Pois estou a esperar.
Vem enquanto és flor
Com orvalho
Na manhã radiosa.

Vem,
Enquanto não murchas,
Pois como a flor,
O tempo fadiga
E mata
Não esquece
Que estas deixarão
De ter perfumes
E de ser belas.

E tu,
Hoje linda,
Perfumada e viva
E amanhã
Feia e morta.

Longo tempo
Te espero
Para que não sintas
Como a flor
A queda para a volta
À terra
Com renúncia
E humilhação.

a-estao-do-inverno-5-638

NOITE SEM ESTRELAS

Despreocupado
em dia de meditação a vagar,
achei uma noite
tosca e sem estrelas
com malícia e ríspida.

Num dia sem sol,
Quando parava a natureza,
Descobri uma noite.
Dessas escuras,
E propícias para o medo
onde nossa oração é ouvida
Como eco.

Em um dia comum,
Achei uma noite.
-a minha,
Estranhamente bela
E misteriosa,
Onde a brisa vinha em forma de afago.

Em infinitos dias
Achei uma noite,
E nessa noite infinita
Achei um amor.

8827ae661436351398_fb_xl

DECLARAÇÃO

De todas as criaturas viventes
As fêmeas são mais astutas
E a mulher a mais buscada,
Procurada e fugidia.
Este sublime ser
Converge as luzes
e mantém o segredo da vida.
De tal forma é soberana
Que agasalha por nove meses
Um ser que quando livre
Chora a separação.

Assim, é a mulher a perfeição
Buscada no inatingível
Sopro do amor.

love-actually

SIMPLESMENTE

Gosto de teu sorriso
Pelas coisas simples
Que ele tem

Igualmente aprecio o voo cósmico,
Porque acho que é simples;
Pois sobe, e leve,
Não deixa que a poeira
Venha a corrompe-lo
E tirar a sua pureza

A beleza e a simplicidade são irmãs
-no riso
-na carne,
-no espírito
-e na visão.

Assim,
gosto do teu sorriso
pelas coisas simples
que ele tem.

Carlos Nilson falando
Professor e poeta Carlos Nilson.

*Carlos Nilson foi amigo de meu falecido pai e também do meu saudoso tio Ita. Ele é pai dos amigos Carlos, Cláudio, Verê e Tayná, além de marido da querida Regina. Nas minhas mais antigas lembranças, recordo do professor, poeta e educador sempre coerente, muitíssimo inteligente e gentil. A ele, meus parabéns pelo conjunto da obra.

Elton Tavares

Fonte: Escritores do Amapá

Hoje a Sharlot Sandin gira a roda da vida. Feliz aniversário, japa! – @SharlotSandim!

Hoje a Sharlot Sandin gira a roda da vida. A “japa” completa 34 anos e isso é motivo de alegria para nós, seus amigos. A mãe do Mateus, jornalista e assessora de comunicação é uma mulher e tanto. Ela tem evoluído profissionalmente, o que nos enche de orgulho e segue prestativa e com bom coração.

Posso me gabar que ela é minha amiga para todas as horas, sejam as de diversão, quanto as de perrengue. Sharlot possui um gênio forte, mas é justa. Sharlot é inteligente, honesta, safa, malandra, batalhadora, presepeira, bonita, tem atitude e caráter. Além de farrista exemplar, claro.

A verdade é que a maluca é queridona por nós, pois é uma palhaça que nos faz rir em todo encontro ou pelas redes sociais.

Eu e japa nos conhecemos desde a época da faculdade de comunicação. Depois fomos colegas de trabalho na comunicação do Governo do Amapá e na Prefeitura de Macapá.

A gente trampa muito, mas se diverte na mesma proporção, pois eu e Sharlot somos chegados em tomar umas e rir com os amigos. Vira e mexe, fazemos isso, às vezes só nós dois.

Uma descrição porreta da aniversariante foi feita pela jornalista Mariléia Maciel: “Sharlô é uma japonesa (devido aos seus traços orientais), criada no Oiapoque e com nome francês”. A jornalista Gilvana Santos resumiu, mais cedo, o sentimento do grupo “Fuleiragem com Cerveja” em relação à Japa: “Deus te conserve sempre doida, pois é desse jeito que a gente te ama”.

É isso.

Japa , que teu novo ciclo seja ainda mais porreta. Que tu continues esse mulher paid’égua e que sigas pisando forte em busca da felicidade. Saúde e sucesso sempre. Te amo! Meus parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Chico Terra! – @chicoterra

Hoje é aniversário do jornalista, cantor, violonista, fotógrafo, ativista, humanista, pai da Lívia e avô dedicado, agente cultural e apoiador da cultura amazônica, radialista, e blogueiro, Chico Terra. Trata-se de um amigo querido, que respeito e admiro. Hoje ele completa 63 voltas em torno do sol.

Com 18 anos de atividade no webjornalismo amapaense, com sua Amazônia Brasil Rádio Web e ChicoTerra. Com, Chico é um cara trabalhador, competente, honesto e que se norteia por ideais éticos.

Chico é querido e respeitado pela maioria. Já ganhou prêmios por sua atuação como jornalista e fotógrafo. Já fez a alegria boêmia de muitos amantes da noite, como eu, com sua viola enluarada.

Com o Chico, já trabalhei, viajei para o interior, dividi quarto de hotel de quinta categoria, bebi, reparti comida, discuti e ri muitas vezes.

Em alguns momentos, o amigo é cri-cri, chato ou somente ranzinza, mas Terra é sobretudo, é um homem de bem. Nem sempre fomos amigos. Na verdade, tivemos alguns embates, mas gosto muito dele e sei que o Chicão gosta de mim.

Chico, meu velho, você chega aos 61 verões nesta sexta-feira. Que vivas feliz por pelo menos mais uns 50 anos, no mínimo. Que ainda cante e toque o velho Chico Buarque por muitas luas que tudo que couber no seu conceito de felicidade, se realize.

Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Osmar Júnior!

Hoje é aniversário músico, poeta, boemista, compositor e produtor, Osmar Júnior. O “Poetinha”, como é carinhosamente chamado pelos amigos, é um dos ícones da música amapaense e gênio da poesia. Ainda lembro bem do primeiro show dele que vi na vida, foi emocionante e faz mais de 20 anos.

Em sua carreira, o Poetinha compôs canções extremamente lindas como “Igarapé das Mulheres”, “Pra Nunca Mais” e “Pedra do Rio”, “Tarumã”, entre tantas outras canções que fazem sucesso dentro e fora do Amapá.

Junto com Val Milhomem, Naldo Maranhão, Fernando Canto e Zé Miguel, Osmar é um dos maiores compositores do nosso Estado.

Osmar Júnior era amigo do meu saudoso pai. Também o considero um amigo. Um cara talentosíssimo e gente fina de quem sou um dos milhares de fãs.

Pelo artista e figura porreta que o Poetinha é, a ele rendo homenagens. Mano velho, que tu tenhas sempre saúde e sucesso por pelos menos mais 56 junhos. Meus Parabéns e feliz aniversário, Osmar!

Elton Tavares

Meus Parabéns, Sofi!

Hoje aniversaria a pintora, fotógrafa, desenhista, estudante, amante de rock, linda de cabelos coloridos, filha do Tássio e Rebecca, além de minha afilhada, Sofia Braga Callins. Um menina linda e também uma excelente pessoa, que completa 17 anos nesta segunda-feira.

A aniversariante é linda e descolada. Tenho muito orgulho de apadrinha-la. Seus posicionamentos éticos, comportamento, gosto pelas artes e fotografia avisam que ela terá um futuro brilhante. Sofi, o mundo tem tudo para ser teu. E quando ele bater (pois cedo ou tarde isso acontecerá), podes contar comigo.

Meus parabéns pelo teu dia. Que tua vida seja muito longa (pelo menos até uns 117 junhos) e que tenhas muita saúde, sabedoria e sucesso nessa caminhada pela estrada de tijolos amarelos. Mesmo de longe, te amo. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Meus parabéns, Kise! – @KiseMachado!

Hoje aniversaria a acadêmica de Direito, torcedora fervorosa do Papão (o maior time de futebol do Norte do Brasil), ex-colega de trampo, degustadora de cervejas importadas, fã de aviação, mãe e filha dedicada, profissional responsável e broda das antigas deste editor, Kise Machado.

Essa brodagem é antiga, pois a gente se conhece desde os anos 90. Passamos um tempo sem contato e nos reencontramos na Prefeitura de Macapá, em 2013, quando trabalhamos juntos. Ela sempre gente boa ao cubo.

Como a vida dá voltas e ela é sempre legal comigo, reencontrei a Kise no quando assessorei o senador Randolfe, em 2017.

Trabalhadora, dedicada, sincera, prestativa, espirituosa, alegre, engraçada e inteligente, Kise é uma pessoa pai’égua! Sobretudo uma mulher de bem. Uma daquelas amizades que vale à pena levar para a vida toda. Enfim, já disse antes e repito: ela é caralísticamente gente fina.

Kise, mana velha, que tenhas sempre saúde, sabedoria e sucesso na sua jornada. Foi porreta trabalhar contigo e é firme tua amizade. Tu sabes, és consideradona do coração do Godão aqui.

Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto republicado, mas de coração. 

Feliz aniversário, Fernando Canto! – @fernando__canto

Sempre, neste vigésimo nono dia de maio, me pergunto: “como vou escrever um texto para o cara mais foda que eu conheço nesse lance de escrita?”. Pois é, hoje um dos mestres da literatura e poesia da Amazônia gira a roda da vida pela 65ª vez. Sim, nesta quarta-feira (29) aniversaria um dos meus heróis da velha arte de redigir crônicas, contos e artigos. Aliás, este dia especial deveria estar marcado no calendário cultural do Amapá, pois Fernando Canto está “de berço”.

Fernando Pimentel Canto é compositor, cantor, músico, jornalista, sociólogo, professor Doutor, poeta, contador de histórias, causos e estórias, contista e cronista brilhante, apreciador e incentivador de arte, sociólogo, imortal da Academia Amapaense de Letras, ícone da cultura amapaense, escritor “imparável”, boemista, marido da Sônia, amante do carnaval, biriteiro considerado, embaixador do Laguinho, mocambo, membro fundador do Grupo Pilão, flamenguista e ex-atacante do Flamenguinho (time do Laguinho dos anos 60, onde segundo ele, o “Bira Burro” foi seu reserva), militante cultural e servidor da Universidade Federal do Amapá, além de grande e querido amigo meu.

Com 17 livros publicados (de crônicas, poesia, contos) ; composições suas e outras com grandes nomes da música amapaense; ensaios teatrais, entre outras incontáveis contribuições para a cultura e resgate histórico do Amapá, além de cargos importantes ao longo de sua carreira, Canto é um ardoroso partidário da causa cultural tucuju. O “Cidadão Amapaense” mais amapaense que a maioria dos que aqui nasceram. Mesmo assim, há quem não lhe dê o devido reconhecimento, mas estes são “otaros” (risos).

O cara é divulgador, incentivador e memória das artes tucujus. Ele é um acervo vivo de nossa identidade cultural. Uma espécie de Forrest Gump e Big Fish (grandes contadores de histórias do cinema) do Laguinho e de Macapá. Poucos atingem essa idade com a marca da genialidade, principalmente acompanhada de simplicidade e paideguice. Assim é o F.C. Ele é o maior escritor vivo do Amapá. Além de tudo isso, é um homem de bem e um cara muito porreta!. Sou fã dessa figuraça e muito me orgulha ser seu amigo.

Mestre Canto, que Deus, Morgan Freeman (ou seja lá o nome do “síndico”) te dê sempre saúde, tardes felizes no Abreu, Loro, Maria ou qualquer outro bar onde tu és sempre bem-quisto e bem-vindo, que curtas seus lindos netos e recebas sempre o amor da Sônia. Que sejas sempre feliz como os periquitos que comem mangas na avenida, com a benção de São José e do Chefe dele. Que tu sejas esse pai, avô e amigo porreta por no mínimo mais 65 maios, “abenetando” ou não.

Meus parabéns pelo teu dia, mano velho. Feliz aniversário, querido Fernando!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Fineias! – @fineiasnelluty

67400_1624790829383_1524895834_1581858_5250577_n

Hoje é aniversário do produtor musical, músico, cantor, multi-instrumentista, idealizador e organizador do Festival de Música Instrumental do Amapá (Feminsap), pai e marido dedicado, ex Jéssica Candomblé (famosa bicha do Brega), um dos personagens principais da música amapaense, artista multifacetado e talentosíssimo, além de meu amigo de longa data, Fineias Nelluty.

Nem me lembro desde quando conheço Fineias. Com certeza é da época da doideira, quando também fiz amizade com seus irmãos Miquéias e Elias. Há décadas, o cara alegra as noites amapaenses com sua música.

Filho do maestro Tiago e membro de uma família de músicos, Fineias é dono de vasto conhecimento sobre canções, em estilos diversificados como MPB, Jazz, Blues, MPA, entre outros. Um cara admirável pelo bom humor, inteligência e paideguice (sim, ele é um grande sacana).

Rodado, experimentado e aprovado por público e crítica, Fineias é incansável. Já tocou em Tributos a grandes nomes da música nacional (organizados por ele mesmo), comanda a banda de Jazz Amazon Music e, ao mesmo tempo, manda ver sua Zankerada (com ritmos da Guiana Francesa – onde o cara tocou nos anos 90 – e do Amapá).

Este mês, durante turnê em Cabo Verde, Fineias (por conta de trabalhos sociais) foi convidado para ser embaixador da ONU naquele país da África. Só orgulho deste artista e amigo amapaense!

Gosto tanto do sacana que divulgo todo evento que Fineias promove ou toca. Uma vez até dei um sacode num maluco, lá no Norte das Águas, que tava enchendo o saco do brother.

Sempre digo que quem faz música boa é foda! No Amapá, Fineias está entre os melhores. O cara batalha, arrebenta, agita, encanta e sempre agrada. E ele não é somente um artista completo, mas um ser humano do bem, carismático, boa praça, gente fina mesmo. Ao amigo, meus parabéns. Mano velho, feliz aniversário!

Feliz aniversário, Irineu Ribeiro (Preto)!

Tenho a sorte de já ter trabalhado com muita gente PHODA no jornalismo. São redatores, editores, fotógrafos e cinegrafistas experientes e talentosos, além de queridos. Uma dessas feras das imagens gira a roda da vida nesta segunda-feira (27), o jornalista cinematográfico Irineu Ribeiro, o “Preto”.

Servidor público, basqueteiro, fã de Rock and Roll e brother querido, o nosso popular “Preto” é um cara honesto, prestativo, tranquilo, boa praça, dono de bom humor inabalável e gentebonisse nível ninja. Gosto muito desse sacana.

Irineu é um dos melhores cinegrafistas com quem trabalhei. Um cara trabalhador, de ótima índole, sempre com muita boa vontade para com os que lhe cercam. Ele é um puta profissional, me deu dicas importantes quando comecei a trabalhar em assessoria de comunicação.

Irineu é um batalhador, malandro (no sentido de não ser otário) e, sobretudo, um homem de bem.

Preto, mano velho, que tu tenhas sempre saúde, sabedoria, felicidades e sucesso. Que tua vida seja longa e tomara que um dia nós possamos trabalhar juntos novamente.

Meus parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Paulo Tavares! – @paulorptavares

Paulo Roberto Penha Tavares é um cara diferenciado. Sempre foi muito organizado e estudioso. Há alguns anos, virou maratonista e já, literalmente, correu pelo mundo. Além disso, é um administrador, contador, advogado e empresário de sucesso. Pai de três lindas filhas e marido da Dacivone. Ele é o filho caçula da minha maravilhosa vó Peró, meu tio e amigo. Hoje, este personagem consanguíneo de nossas vidas, os Tavares, gira a roda da vida.

A Paula, Jamila e Ana, suas filhas, têm um orgulho danado do pai que completa hoje 57 anos. Nós também, pois o Paulo é inteligente, muito educado, íntegro, elegante, dono de vasta cultura geral e realmente um grande cara. Sou feliz por ter seu amor e respeito. É uma relação recíproca.

Sempre digo que quando eu era moleque uma das coisas legais das férias é que tio Paulo vinha passar o mês de julho ou janeiro em Macapá. O cara sempre foi divertido, brincava comigo e com o meu irmão.

A gente sempre se vê lá pela casa da Peró, onde vez ou outra molhamos a palavra, conversamos (papo sempre excelente) e rimos até de nossas bobagens.Em resumo, eu e Paulo Tavares somos pessoas totalmente opostas, com visões de mundo e estilos de vida diferentes, mas nos amamos e é isso que importa.

Tio, que teu novo ciclo seja ainda mais porreta e que você siga com todo esse sucesso que sempre tivestes. Que Deus continue a lhe dar saúde, pois sabedoria e talento tu tens de sobra. Meus parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Bob Dylan completa 78 anos hoje. Viva o Mr. Tambourine!! #BobDylan

bob-dylan-001

Hoje, 24 de maio, um dos figuras mais geniais da música mundial completa 78 anos.

Nascido Robert Allen Zimmerman, no estado de Minnesota (EUA), o compositor, cantor, pintor, ator e escritor norte-americano Bob Dylan chega, também é ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2016.

Autodidata, ainda adolescente, aprendeu a tocar piano e guitarra sozinho. Iniciou a fantástica carreira artística em 1959, em grupos de rock e imitando Little Richard. Com canções de protesto, crítica social, românticas e até religiosas, do folk ao rock, Bob Dylan foi ícone da contracultura nos anos 1960, ativista fervoroso, pacifista e ídolo de qualquer um que admira belas músicas e atitude.

Uma curiosidade: Bob tirou seu “Dylan” do poeta galês Dylan Thomas (1914-1953). Ele costuma dizer que: “Bob Zimmerman soava longo e pesado” e “Bob Dylan era menos sincrético”.

bob-dylan

Não dá pra calcular a magnitude de Dylan, muito menos explicar sua contribuição e influências para a música. São 57 anos de carreira, 65 discos nessa trajetória; aproximadamente 500 canções escritas; mais de 3.400 shows. Seu trabalho é algo quase paranormal. Centenas de livros já foram escritos sobre ele. Por falar nisso, Bob escreveu sua obra literária, intitulada “Tarântula”, com pouco mais de 20 anos. Sem falar que ele pintou quadros, desenhou e atuou.

Difícil explicar um cara desses. Dylan é tido como o maior poeta da história do rock and roll e um dos artistas mais influentes do nosso tempo. Ao longo de sua sensacional história, Bob Influenciou grandes nomes do rock americano e inglês nas décadas de 60 e 70. Em 2004, foi eleito pela renomada revista Rolling Stone o 7º maior cantor de todos os tempos e, pela mesma revista, o 2º melhor artista da música de todos os tempos. Só ficou atrás dos Beatles. Uma de suas principais canções, “Like a Rolling Stone”, foi escolhida como uma das melhores de todos os tempos. Em 2012, Dylan foi condecorado com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo presidente dos Estados Unidos Barack Obama. Como já dito, se tudo aí já não fosse o suficiente para muitas vidas, ele foi o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2016. Tédoidé!

 img_news-0332334001457618330

Desejo uma vida ainda mais longa ao Mr. Tambourine. Que ele nunca encontre outro furacão, que não bata tão cedo na porta do céu e que continue a rolar pedras por pelo menos mais 78 anos. Desta forma, o cara seguirá com sua voz fanhosa, gaita, guitarra e liberdade criativa a nos emocionar.

Muito obrigado e parabéns, Bob Dylan!

Fontes: revistas, sites, papos de bar, programas da MTV e muuuita curiosidade sobre a obra do aniversariante.

Elton Tavares