Música de agora: Gentileza – Marisa Monte

Gentileza – Marisa Monte

Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
A palavra no muro
Ficou coberta de tinta

Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
Só ficou no muro
Tristeza e tinta fresca

Nós que passamos apressados
Pelas ruas da cidade
Merecemos ler as letras
E as palavras de gentileza

Por isso eu pergunto
A você no mundo
Se é mais inteligente
O livro ou a sabedoria

O mundo é uma escola
A vida é o circo
“Amor: palavra que liberta”
Já dizia o profeta

Música de agora: Disarm (Desarmar) – Smashing Pumpkins

Disarm (Desarmar) – Smashing Pumpkins

Te desarmar com um sorriso
E te recortar como você quiser que eu o faça
Recortar aquela pequena criança
Dentro de mim e de grande parte de você
Ooh, os anos queimam

Eu costumava ser um garotinho
Tão velho em meus sapatos
E o que escolhi é minha escolha
O que mais um garoto pode fazer?
O assassino em mim é o assassino em você
Meu amor
Mando esse sorriso para você

Te desarmar com um sorriso
E te deixar como eles me deixaram aqui
Para definhar recusando
A amargura de alguém abandonado
Ooh, os anos queimam
Ooh, os anos queimam, queimam, queimam

Costumava ser um garotinho
Tão velho em meus sapatos
E o que escolhi é a minha voz
O que mais um garoto pode fazer?
O assassino em mim é o assassino em você
Meu amor
Mando esse sorriso para você

O assassino em mim é o assassino em você
Mando esse sorriso para você
O assassino em mim é o assassino em você
Mando esse sorriso para você
O assassino em mim é o assassino em você
Mando esse sorriso para você

Música de agora: No Surprises – Radiohead (Cover ft. Chloe Feoranzo)

No Surprises (Sem Surpresas) – Radiohead – Cover ft. Chloe Feoranzo

Um coração que se encheu como um aterro
Um trabalho que te mata lentamente,
Feridas que não cicatrizam.

Você aparenta estar tão cansado-infeliz,
Derrube o governo,
Eles não…eles não falam por nós.
Eu vou levar uma vida tranqüila,
Um aperto de mão de monóxido de carbono,

Sem nenhum susto e nenhuma surpresa,
sem sustos e sem surpresas,
sem sustos e sem surpresas.
Silêncio, silêncio.

Este é meu ajuste final, minha dor de barriga final.

Sem nenhum susto e nenhuma surpresa,
Sem sustos e sem surpresas,
Sem sustos e sem surpresas, por favor.

Uma casa tão bonita e um jardim tão bonito.

Sem nenhum susto e nenhuma surpresa, (tire-me daqui)
Sem sustos e sem surpresas, (tire-me daqui)
Sem sustos e sem surpresas, por favor. (tire-me daqui)

Música de agora: Revolution (Revolução) – The Beatles

Revolution (Revolução) – The Beatles

Você diz que quer uma revolução
Bem, você sabe
Todos queremos mudar o mundo
Você me diz que é evolução
Bem, você sabe
Todos nós queremos mudar o mundo
Mas quando você fala de destruição
Você sabe que não pode contar comigo?
Você não sabe que vai dar tudo certo
Tudo certo
Tudo certo
Você diz que tem uma solução real
Bem, você sabe
Adoraríamos ver seu plano
Você me pede uma contribuição
Bem, você sabe
Estamos fazendo o que podemos
Mas quando você quer dinheiro para pessoas que têm ódio
Tudo o que posso dizer é
Irmão, você tem que esperar
Você não sabe que vai dar tudo certo
Tudo certo
Tudo certo
Você diz que vai mudar a Constituição
Bem, você sabe
Todos nós queremos mudar a sua cabeça
Você me diz que é a instituição
Bem, você sabe
É melhor você libertar sua mente em vez disso
Mas se você ficar carregando fotos do Presidente Mao
Você não vai fazer ninguém aderir de jeito nenhum
Você não sabe que vai dar tudo certo
Tudo certo
Tudo certo

Música de agora: Dear Prudence (Querida Prudence) – [The Beatles]

Dear Prudence (Querida Prudence) – [The Beatles]

Querida Prudence
Você não vai sair para brincar?
Querida Prudence
Venha brindar um novo dia
O sol nasceu
O céu está azul
É tudo lindo
Como você
Querida Prudence
Você não vai sair para brincar?

Querida Prudence
Abra seus olhos
Querida Prudence
Veja o céu ensolarado
O vento está suave
Os pássaros cantarão
Que você é parte
De tudo isso
Querida Prudence
você não vai abrir os olhos?

Olhe em sua volta (volta, volta, volta…)
Olhe em sua volta (volta. volta, volta…)
Olhe em volta

Querida Prudence
Me deixe ver seu sorriso
Querida Prudence
Como uma criançinha
As nuvens serão
Um colar de margaridas
Então me deixe ver
Você sorrir novamente
Querida Prudence
Não vai me deixa ver você sorrir?

Música de agora: Penny Lane – The Beatles

Penny Lane – The Beatles

Em Penny Lane há um barbeiro mostrando fotografias
De cada cabeça que ele teve o prazer de conhecer
E todas as pessoas que passam por ele
Param e dizem olá

Na esquina há um banqueiro com um carro
As criancinhas riem dele pelas costas
E o banqueiro nunca usa uma capa
Quando chove forte
Muito Estranho

Penny Lane está nos meus ouvidos e nos meus olhos
Lá sob o céu azul suburbano
Eu me encontro e enquanto isso…

Em Penny lane há um bombeiro com uma ampulheta
E em seu bolso há uma foto da rainha
Ele gosta de manter seu caminhão limpo
E fica limpo mesmo

Penny Lane está no meus ouvidos e nos meus olhos
Um quarto de peixes e tortas de dedo
No verão, e enquanto isso…

Atrás do abrigo no meio da rotatória
A bela enfermeira vende papoulas em uma bandeja
E embora ela sinta como se estivesse em uma peça
Ela está mesmo

Em Penny Lane o barbeiro faz a barba de outro cliente
Nós vemos o banqueiro sentado esperando por um corte
E então o bombeiro corre para dentro
Fugindo da chuva forte
Muito Estranho

Penny Lane está nos meus ouvidos e nos meus olhos
Lá sob o céu azul suburbano
Penny Lane está nos meus ouvidos e nos meus olhos
Lá sob o céu azul suburbano
Penny Lane

Música de agora: Por Quem Os Sinos Dobram – Raul Seixas

Por Quem Os Sinos Dobram – Raul Seixas

Nunca se vence uma guerra lutando sozinho
Cê sabe que a gente precisa entrar em contato
Com toda essa força contida e que vive guardada
O eco de suas palavras não repercutem em nada

É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro
Evita o aperto de mão de um possível aliado, é…
Convence as paredes do quarto, e dorme tranqüilo
Sabendo no fundo do peito que não era nada daquilo

Coragem, coragem, se o que você quer é aquilo que pensa e faz
Coragem, coragem, eu sei que você pode mais

É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro
Evita o aperto de mão de um possível aliado
Convence as paredes do quarto, e dorme tranqüilo
Sabendo no fundo do peito que não era nada daquilo

Coragem, coragem, se o que você quer é aquilo que pensa e faz
Coragem, coragem, eu sei que você pode mais.

Música de agora: High (Alto) – The Cure

High (Alto) – The Cure

Quando eu te vejo voar alto como uma pipa
Tão alto quanto pode
Eu não posso ir tão longe
O jeito que você se move
O jeito que você fura as nuvens
Isto me faz querer tentar

Quando eu vejo você
Viajando
Eu não posso ir tão longe
Mas quando você faz beicinho
O jeito que você grita em voz alta
Me faz querer começar
E quando eu vejo você feliz como uma garota
Que nada num mundo de show de mágica
Me faz morder meus dedos do começo ao fim
Só de pensar que eu poderia te deixar ir

E quando eu vejo você
Dando os mesmos passos doces
Que você costumava dar
Eu digo que vou abraçar você
Em meus braços tão forte
Que nunca vou te deixar ir embora

E quando eu vejo você miar como uma gato
Sim rolando como um
Eu não posso ficar com pouco
O jeito que você se cobre
O jeito que você ronrona
Me faz tocar você toda com as patas
E quando eu vejo você feliz como uma garota
Que vive em um mundo de faz de conta
Me faz puxar meu cabelo para cima
Só de pensar que eu poderia deixar você ir

E quando eu vejo você
Dando os mesmos doces passos
Que você costumava dar
Eu sei que irei abraçar você
Em meus braços tão forte
Que nunca deixarei você ir

Música de agora: O Mundo é Um Moinho (composição de Cartola e versão de Cazuza)

O Mundo é Um Moinho (Composição de Cartola e versão de Cazuza)

Ainda é cedo amor.
Mal começaste a conhecer a vida.
Já anuncias a hora da partida.
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar.
Presta atenção querida, embora eu saiba que estás resolvida.
Em cada esquina cai um pouco a tua vida.
Em pouco tempo não serás mais o que és.
Ouça-me bem amor.
Preste atenção, o mundo é um moinho.
Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos.
Vai reduzir as ilusões a pó.
Preste atenção querida.
Em cada amor tu herdarás só o cinismo.
Quando notares estás à beira do abismo.
Abismo que cavastes com teus pés.

Música de agora: Pictures Of You (Fotos De Você) – The Cure

Pictures Of You (Fotos De Você) – The Cure

Eu estive olhando por tanto tempo essas fotos de você
Que eu quase acredito que elas são reais
Eu tenho vivido há tanto tempo com minhas fotos de você
Que eu quase acredito que as fotos…
São tudo que posso sentir

Lembrando de você
Ficando quieta na chuva
Enquanto eu corria para ficar perto do seu coração
E nós nos beijamos enquanto o céu desabava, te abraçando forte
Como eu sempre abracei quando você tinha medo

Lembrando de você, correndo lentamente pela noite
Você era maior, mais brilhante e mais branca que a neve
Gritava como faz-de-conta, gritava para o céu
E você finalmente encontrou
Toda a coragem pra deixar tudo pra trás

Lembrando de você, caída nos meus braços
Chorando pela morte do seu coração
Você era uma pedra preciosa, tão delicada, tão perdida no frio
Você estava sempre tão perdida na escuridão

Lembrando de você,
Como você costumava ser
Introspectiva, você era angelical
Muito mais do que tudo

Segure-se pela última vez
Então fuja silenciosamente
Abro meus olhos… mas eu nunca vi nada

Se ao menos eu tivesse pensado nas palavras certas
Eu poderia ter me agarrado ao seu coração

Se ao menos eu tivesse pensado nas palavras certas
Eu não estaria rasgando
Todas as minhas fotos de você

Olhando há tanto tempo essas fotos de você
Mas eu nunca agarrei seu coração
Olhando há tanto tempo para as palavras serem verdadeiras
Mas sempre só rasgando
Minhas fotos de você

Não houve nada no mundo
Que eu tenha desejado mais
Do que te sentir profundamente em meu coração

Não houve nada no mundo
Que eu tenha desejado mais
Do que nunca ter rasgado
Todas minhas fotos de você

Música de agora: A Letter To Elise (Uma Carta Para Elise) – The Cure

A Letter To Elise (Uma Carta Para Elise) – The Cure

Oh Elise não importa o que você diga
Eu apenas não consigo estar aqui o dia todo
Como continuar agindo da mesma
Forma que agimos
Todo jeito de sorrir
Esqueça
E finja que não precisamos
De nada mais do que isso
De nada mais do que isso
Oh Elise não importa o que você faça
Eu sei que eu nunca estarei realmente dentro de você
Para fazer seus olhos pegarem fogo
Do jeito que eles deveriam
Do jeito que essa tristeza poderia me adentrar
Se apenas eles conseguissem
Se apenas eles conseguissem
Pelo menos eu perderia essa sensação de sentir algo mais
Que se esconde
De mim e você
Há mundos que se separam
Com olhares dolorosos e corações partidos
E todas as preces suas mãos conseguem fazer
Oh eu apenas pego o tanto que você consegue jogar
E depois eu jogo tudo fora
Oh eu jogo tudo fora
Como jogando rostos para o céu
Como jogando os braços em volta
Ontem
Eu parei e te encarei
Olhos abertos na sua frente
E o rosto que eu vi me retribuiu o olhar
Do jeito que eu queria
Mas eu não consigo segurar minhas lágrimas
Do jeito que você faz
Elise acredite eu nunca quis isso
Eu pensei desda vez eu cumpriria todas as minhas promessas
Eu pensava que você era garota que eu sempre sonhei
Mas eu deixei este sonho partir
E as promessas quebraram
E o faz-de-conta fugir
Oh Elise……
Não importa o que você diga
Eu apenas não consigo estar aqui o dia todo
Como continuar agindo da mesma
Forma que agimos
Todo jeito de sorrir
Esqueça
E finja que não precisamos
De nada mais do que isso
De nada mais do que isso
E todas as vezes que eu tento pegar isso
Como areia-movediça
Tão rápido eu pego
Isso cai através de minhas mãos trêmulas
Mas não há mais nada que eu possa realmente fazer
Não há mais nada
Que eu realmente consiga fazer
Não há mais nada
Que eu realmente consiga fazer
Realmente…

Música de agora: Lovesong (Canção de Amor) – The Cure

Lovesong (Canção de Amor) – The Cure

Sempre que estou sozinho com você
Você me faz sentir como se eu estivesse em casa novamente
Sempre que estou sozinho com você
Você me faz sentir como se eu estivesse inteiro novamente

Sempre que estou sozinho com você
Você me faz sentir como se eu fosse jovem novamente
Sempre que estou sozinho com você
Você me faz sentir como se eu fosse divertido novamente

Independentemente da distância
Eu sempre vou te amar
Independentemente do tempo que eu permanecer
Eu sempre vou te amar
Quaisquer que sejam as palavras que eu disser
Eu sempre vou te amar
Eu sempre vou te amar

Sempre que estou sozinho com você
Você me faz sentir como se eu fosse livre novamente
Sempre que estou sozinho com você
Você me faz sentir como se eu estivesse limpo novamente

Independentemente da distância
Eu sempre vou te amar
Independentemente do tempo que eu permanecer
Eu sempre vou te amar
Quaisquer que sejam as palavras que eu disser
Eu sempre vou te amar
Eu sempre vou te amar

Música de agora: Divino Maravilhoso – Gal Costa

Divino Maravilhoso – Gal Costa

Atenção
Ao dobrar uma esquina
Uma alegria
Atenção, menina
Você vem
Quantos anos você tem?

Atenção
Precisa ter olhos firmes
Pra este sol
Para esta escuridão

Atenção
Tudo é perigoso
Tudo é divino maravilhoso
Atenção para o refrão

É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte

Atenção
Para a estrofe, para o refrão
Pro palavrão
Para a palavra de ordem

Atenção
Para o samba exaltação
Atenção
Tudo é perigoso
Tudo é divino maravilhoso
Atenção para o refrão

É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte

Atenção
Para as janelas no alto
Atenção
Ao pisar no asfalto mangue
Atenção
Para o sangue sobre o chão

É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte

Atenção
Tudo é perigoso
Tudo é divino maravilhoso
Atenção para o refrão

É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte
É preciso estar atento e forte
Não temos tempo de temer a morte