Hoje rola segundo dia do aniversário do Liberdade Ao Rock

Por Carlos Alberto Jr

Bandas independentes vão se apresentar no palco no segundo dia, na Praça da Bandeira, no Centro de Macapá, para comemorar os 9 anos do Movimento Iniciativa Cultural Liberdade Ao Rock. Ontem (14), 13 bandas tocaram para o público. Hoje (15), a festa continua com mais 14 grupos dividindo o palco.

Desde 2008, o Liberdade ao Rock comemora os aniversários com uma festa reunindo as apresentações de várias bandas independentes. Nos eventos realizados durante o ano, o movimento já conseguiu divulgar bandas amapaenses para o cenário do rock nacional.

Em 2018 o movimento estuda realizar o 1º festival, que provavelmente acontecerá na data do aniversário e reativar os projetos 7 impendente, feira multicultural que acontece no dia 7 de setembro e a atividade recreativa guerra de balões.

De acordo com a organização, a festa de aniversário deve reunir mais de 2 mil pessoas nos dois dias de evento.

Serviço:

9 anos do Liberdade Ao Rock
Dias: 14 e 15 de outubro
Hora: a partir das 15h
Local: Praça da Bandeira

Bandas

Liberdade Ao Rock vai comemorar 9 anos no Amapá (Foto: Liberdade Ao Rock/Divulgação)
Organização pretende reunir mais de 2 mil pessoas no aniversário do movimento (Foto: Liberdade Ao Rock/Divulgação)

Dia 15

1 – LSD
2 – The End
3 – Mc Doido
4 – Nova Ordem
5 – Facção Mental
6 – Adios Amigos
7 – Garuda
8 – Brutal Tormento
9 – Jimmy Feiches
10 – Dama de Preto
11 – Sr. Caos
12 – Portões Temporais
13 – Overhaul
14 – Velho Punk

Fonte: G1 Amapá

Como hoje é sexta, sempre lembro do velho Liverpool Rock Bar

10012828_617561548296880_1289979063_o-1

Hoje é sexta-feira e toda sexta lembro do velho Liverpool Rock Bar, que foi um dos celeiros do rock amapaense. Fundado no final 2004, pelo seu Nelson e sua filha Vânia, o bar, mesmo sem estrutura, fez sucesso entre os amapaenses que gostam de rock and roll.

O Liver foi, até o final de 2009, o refúgio do underground amapaense. Um bar simples, entretanto, frequentado pelas pessoas mais descoladas da cidade. Na categoria “rocker”, foi o bar de rock mais duradouro da história de Macapá.

O Liverpool tinha mesas de bilhar adoradas por 90% dos frequentadores, bandas legais e tínhamos a certeza que íamos encontrar os amigos por lá.

No Liver iam músicos, skatistas, jornalistas, boêmios, malucos, caretas, homossexuais e heterossexuais. Era um local democrático, muito longe de uma “vibe” ou “point”. Alguns, mais exigentes, apelidaram o local de “Liverpalha”, mas viviam por lá.

Hoje temos locais melhores para curtir som, muito mais estruturados, refrigerados e tals, mas todos nós lembraremos do charme sujo que o Liver possuía. A gente quebrava tudo por lá (às vezes, literalmente). Saudades daquela bodega!

Elton Tavares

Há oito anos, a banda stereovitrola lançava o CD “No Espaço Líquido”

hqdefault

Há exatos oito anos, a banda de rock stereovitrola laçou, na sede campestre da Secretaria de Infraestrutura do Amapá (Seinf), localizada no bairro Jardim Equatorial, zona Sul de Macapá, o CD “No Espaço Líquido”. Na época, eu escrevia para o Portal Amazônia e divulguei o lançamento do álbum:

A stereovitrolastereoportal é uma banda amapaense, formada em março de 2004. O grupo musical é composto por Rubens (bateria), Marinho Oliveira (Contra-baixo), Otto Ramos (Órgãos e teclados) Wenderson-Matrix ( Samplers, Loops e efeitos) e Patrick Oliveira ( Guitarras, ruídos e vocais).

A banda lançou, em 2006, o seu primeiro CD, com cinco faixas próprias e intitulado “Cada molécula de um ser”, que no mesmo ano , o disco foi eleito o 6° melhor single independente do Brasil pela Revista Senhor F de Brasília (DF)e 6º colocado na categoria independente pela Revista Dynamite.

stereo
Foto da festa de lançamento do Álbum No Espaço Líquido.

Conforme o vocalista e compositor da stereovitrola, Patrick Oliveira, a banda surgiu como resposta ao marasmo musical de Macapá e tem como característica rock alternativo, independente e experimental. Possui composições próprias, com letras que valorizam o cotidiano e comportamentos individuais e coletivos.

Elton Tavares, especial para o Portal Amazônia”.

 

Bom, a banda é formada por amigos queridos e eles são muito bons no que fazem. Até hoje, escuto este disco, ele é muito firme. Força sempre, stereos!

Elton Tavares

Especial vai reunir sucessos das bandas Charlie Brown Jr. e Raimundos em Macapá

Banda Charlie Brown Jr. que era liderada pelo vocalisa Chorão, será homenageada em especial (Foto: Otávio Silva/Divulgação)

Por Jessica Alves

As bandas de rock brasileiras Charlie Brown Jr. e Raimundos serão homenageadas durante um evento promovido hoje (7), em Macapá. O tributo será feito pelos grupos La Família 96 e Calangos do Cerrado, que são as atrações principais. O especial inicia às 22h em uma casa de shows no Centro da capital.

Sucessos do grupo Raimundos, como “Mulher de Fases” e “A Mais Pedida”, serão tocados pela banda Calangos do Cerrado, que homenagearão o grupo brasiliense formado em 1987.

O tributo continua com a participação da banda La Família 96, que lembrará clássicos da Charlie Brown Jr., banda paulista que fez sucesso no rock brasileiro a partir da década de 1990, criando um estilo que mistura o rock ao reggae e rap e fez sucessos como “Só os Loucos Sabem”, “Papo Reto” e “Proibida Pra Mim”.

Após a morte do vocalista Chorão, em 2013, os músicos da banda original continuaram o trabalho com shows pelo país, mas com o nome “A Banca”.

Estão confirmadas ainda a participação da banda Tia Biló e DJ Sabs. Os ingressos estão sendo vendidos antecipadamente no valor de R$ 30.

Grupo brasiliense Raimundos começou em 1987 (Foto: Laécio Lacerda)

 

Serviço:

Especial Charlie Brown Jr e Raimundos
Dia: 7 de outubro (sábado)
Hora: a partir das 22h
Local: Prime Concept (antiga Green Music Hall)
Ingressos: R$ 30 (3º lote)
Postos de venda: Lojas Norte Rock (Macapá Shopping L3 e Villa Nova Shopping 1° piso)
Informações: (96) 98100 2171 / 98106 5148

Fonte: G1 Amapá

Show de rock em praça de Macapá arrecada ração para ONG de proteção animal

Por Por Jorge Abreu

Uma programação musical em Macapá vai unir entretenimento e caridade. O ‘Pet Rock’ convida o público a levar doações em ração para a ONG Anjos Protetores, que atende animais abandonados. O evento será no sábado (7), a partir de 15h, na Praça da Bandeira, no Centro da capital.

De acordo com o organizador Eddie Martins, a divulgação está sendo feita nas redes sociais. Um pré-festival foi realizado no dia 30 de setembro para levar informações sobre a programação.

“Tivemos uma prévia para movimentar a divulgação do show, onde rolou a batalha das bandas. Três disputaram uma vaga no cast principal. A ideia surgiu através da ação de uma banda que participa e organiza o evento em São Paulo. Daí pensamos em fazer aqui”, explicou.

Bandas de rock farão apresentação para ajudar animais abandonados, em Macapá (Foto: Eddie Martins/Arquivo Pessoal)

O posto de arrecadação das rações estará disponível a partir de 15h, na Praça da Bandeira. Quem fizer qualquer tipo de doação vai concorrer a prêmios que serão sorteados ao longo da programação.

Os shows devem iniciar por volta de 18h. Sobem ao palco as bandas Vorpse (Death Metal), Arma de Fogo (Hard Core), New Blood (Metal Core), Commando (Punk), Firesnake (Hard Rock/Heavy Metal), Cerimonial Sombrio (Doom/Gothic) e Viajantes (Classic Rock).

Serviço

Pet Rock
Data: 7 de outubro (sábado)
Horário: a partir de 15h
Local: Praça da Bandeira (Avenida FAB, no Centro de Macapá)

Fonte: G1 Amapá

Rock de Garagem’ quer incentivar a produção de música autoral em Macapá

Por Jorge Abreu

Com objetivo de incentivar a produção de música autoral, bandas com trabalho independente vão se apresentar no sábado (23), em um bar localizado no bairro Trem, Zona Sul de Macapá. O “Rock de Garagem” está previsto para iniciar às 20h. A entrada é gratuita.

Sobem ao palco as bandas Jhony Bigode e Redenção, além da The End, que trabalha com música cover, e discotecagem de clássicos do punkrock com o DJ Tico Souza. O estilo musical da noite é “rock in roll”.

Segundo o DJ Tico Souza, que também é um dos organizadores, programações similares ainda serão realizados para dar oportunidades a outras bandas. Ele destaca que trabalha há seis anos com a produção de eventos voltados para a música autoral.

“A proposta é fomentar a música autoral dando espaço para que novas bandas apresentem seus trabalhos autorais. Temos muitos grupos musicais para poucos eventos. Esperamos que as pessoas compareçam e aproveitem toda a programação”, disse.

Além das apresentações musicais, o evento pretende chamar a atenção do público através da gastronomia e promoção na venda de bebidas. A exemplo, hambúrguer com 150 gramas de carne artesanal e mais molho especial da casa vai custar R$ 5 e a torre de cerveja deve custar R$ 25 durante toda a noite.

Serviço:

Rock de Garagem
Data: 23 de setembro
Horário: 20h
Local: Garagem 360°, que fica na avenida Feliciano Coelho, entre as ruas Leopoldo Machado e Jovino Dinoá, no Centro
Entrada: gratuita
Classificação: 18 anos

Fonte: G1 Amapá

Hoje: Ozy Rodrigues lança novo álbum “Forasteiro” em Macapá – Por @cellenunes

Por Marcelle Nunes

Após 22 anos de trajetória, um novo álbum mostra a maturidade musical de Ozy Rodrigues. O novo trabalho chamado “Forasteiro” traz mais do que canções, são histórias de vida e homenagens autorais cantadas ao lado de grandes amigos, como Nilson Chaves, Zé Miguel (produtor do Álbum), bandas Mano Blues e Tia Biló. O show de lançamento acontece hoje (2), em um bar do centro de Macapá.

Estrada

Em 2014, Ozy montou a banda de pop rock Tia Biló, sua casa musical desde então. O grupo faz cerca de 3 a 4 shows por semana em bares e casas de show da capital amapaense. O artista toca violão, guitarra e contrabaixo e é o vocalista principal da banda.

Além disso, Ozy é professor e artista plástico. Em Belém, seu lugar de origem, foi um dos criadores da banda Acordalice, banda de rock retrô anos oitenta de grande sucesso no inicio dos anos 2000. Apresentou-se nas mais tradicionais casas da capital paraense tocando em voz e violão.

Como compositor Ozy Rodrigues já lançou um CD (Clandestino) com dez (10) composições próprias e agora finaliza o novo álbum com a produção de Zé Miguel.

Forasteiro

O álbum “Forasteiro” é um registro de composições colecionadas ao longo de sua história. Algumas das canções foram compostas como homenagem às pessoas importantes em sua vida, como as faixas “Mãe”, “Lis” e “Só sei cantar”, onde o compositor reverencia seu amor por sua mãe e suas filhas Lis e Kamilla, respectivamente.

O álbum é emocional e carregado de poesia. Suas canções são verdadeiros registros de estados sentimentais e de seu mundo particular. A canção que dá título ao disco (Forasteiro) representa seu sentimento em relação ao fato de não ser do estado, e de ter morado em vários estados brasileiros como Rio de Janeiro e Ceará.

Serviço:

Lançamento do Álbum “Forasteiro”, de Ozy Rodrigues
Data: 02 de setembro
Local: Bar O Barril
Endereço: Hamilton Silva, 840 – Centro/Macapá
Mesas: R$120,00
Ingressos individuais: R$ 25,00
Contato: 98137-3130​

Hoje rola Show Rock Brasil Especial no Underground Clube Rock Bar

Hoje, a partir das 17h, vai rolar “Show Rock Brasil Especial” no Underground Clube Rock Bar. A noite promete o melhor do “roquenrou” nacional e contará com duas bandas amapaenses especializadas no assunto: Além do Rádio e Dezoito21. Os dois grupos, pilotados pelos amigos Ewerton Dias (ADR) e Geison Castro (1821) possuem músicos bem ensaiados e repertórios escolhidos a dedo. Quando se trata de Rock and Roll Brazuca é com eles mesmo.

A festa será uma realização do Fã clube Legítimos Legionários, com o apoio do Underground Clube Rock Bar. O evento visa arrecadar grana para a produção do tributo a Legião Urbana 2017, promovido há 20 anos pelo grupo cultural. As bandas Dezoito21 e Além do Rádio sempre agradam.

A Dezoito21 tocará canções dos Engenheiros do Hawaii e Cazuza. Já a Além do Rádio executará músicas de Legião Urbana e Raul Seixas. Os dois grupos prometem fazer a alegria de quem prestigiar o evento.

Além do Rádio

A Além do Rádio é uma banda com uma proposta de fugir do “mais do mesmo” e tocar o lado “b” dos hits das bandas oitentistas. Já assisti apresentações memoráveis do grupo. Há cada ano, as apresentações da banda ficam melhores. Os músicos são muito bem entrosados e ensaiados. Eles sempre buscam ingredientes para enriquecer sua música. Os vi tocar umas oito vezes. Eles sempre mandam bem.

Dezoito21

Banda amapaense foi formada em 1996, repercutindo o gênero progressivo do pop rock, funk-jazz, sempre cantando canções que falam das imperfeições e contradições da espécie humana, amor e filosofia. Eles já participaram de festivais como o Fejoca, em 1999, que rendeu um disco com os demais selecionados, e em 2000, e na Batalha das Bandas, em 2001 e 2003, quando ganhou o primeiro lugar. Já assisti dezenas de shows da Dezoito21. Aliás, eu estava lá no Teatro das Bacabeiras quando eles venceram o Festival Jovem da Canção (Fejoca), há mais ou menos 17 anos. De lá pra cá, já foram muitas apresentações memoráveis. Esses bichos tocam muito!

Underground Clube Rock Bar

O Underground Clube Rock Bar existe há quatro anos e é renomado na noite macapaense. Funcionou por três anos na zonal sul de Macapá e agora se encontra no centro da capital amapaense. Com quase quatro anos de atividade, o bar possui clientela fiel e é muito Rock and Roll.

Ele já foi minha casa por dois anos, mas hoje em dia pouco bebo por lá. Acompanhei toda a trajetória do local. Com jeito de festa na casa de amigos, seja com música ao vivo ou mecânica, o bar agrada. Ah! As bebidas e tira-gostos possuem preço justo. Não à toa, 10 entre 10 malucos da cidade adoram o boteco (no melhor sentido da palavra).

Bom, é isso. Bora lá. Força sempre!

Serviço:

Show Rock Brasil Especial
Local: Underground Clube Rock Bar , localizado na Avenida Mendonça Furtado, centro de Macapá (antigo Cacu’s e Mestre Cervejeiro).
Data: 13/08/2017
Hora: a partir das 17h.
Entrada: R$ 5,00
Realização Fã clube Legítimos Legionários, com o apoio Underground Clube Rock Bar .

Elton Tavares

Tributo vai resgatar clássicos do rock nacional em Macapá

Por Carlos Alberto Jr.

Com a intenção de resgatar grandes clássicos do rock nacional, artistas como Cazuza, Legião Urbana, Raul Seixas e Engenheiros do Hawaii serão homenageados por duas bandas locais no dia 13 de agosto, em um rock bar no Centro de Macapá. Com ingressos custando R$ 5, o evento vai começar às 17h.

O tributo Rock Brasil contará com as bandas Dezoito 21 e Além do Rádio. “Infinita Highway”, “Tempo Perdido”, “Bete Balanço” e “Metamorfose Ambulante” não ficarão de fora do evento que promete uma viagem ao período de ouro do rock nacional.

O evento tem como objetivo arrecadar valores para custear o Tributo à Legião Urbana 2017, realizado pelo fã clube Legítimos Legionários e colaboradores.

Serviço

Tributo Rock Brasil
Data: 13 de agosto
Horário: 17h
Local: Undergrond Rock Bar, no Centro
Ingressos: R$ 5

Fonte: G1 Amapá

Edilson Moreno é atração confirmada da 2ª edição do Rock Pirangueiro, em Macapá

A agenda está confirmada, dia 04 de agosto acontece a 2ª edição do show “Rock Pirangueiro”, com o cantor paraense Edilson Moreno, astro do brega nortista. Marcos Fernandes e a banda O Brega in Roll dividem o palco com o “pirangueiro” este ano, em uma mistura de ritmos da Amazônia e do Brasil. A banda Mini Box Lunar também prepara um repertório especial para compor a noite.

Moreno

Edilson Moreno é um dos nomes mais importantes do brega das décadas de 80 e 90. Possui mais de 500 músicas gravadas por outros artistas, de Lucinnha Bastos a Mahrco Monteiro, de Wanderley Andrade a Calypso. É paraense, mas por causa de sua família, tem mais do que um pedaço do coração no Amapá.

O cantor e compositor gravou seu primeiro disco em 1992, mas sua carreira começou bem antes. Edilson participou de vários festivais de música e foi cantor de trio elétrico. E além das centenas de composições, ele também coleciona jingles que marcaram a publicidade paraense.

Moreno é autor de diversos sucessos do como “Ladra”, “O Pirangueiro” e “Corpo Nu”. Com uma presença de palco única, Edilson embala os riscados no salão e mistura várias gerações em uma só voz.

Convidados

Marcos Fernandes, cantor atuante na cena rock alternativa de Macapá, virá juntamente com a banda “O Brega in Roll” para levar os maiores sucessos do brega numa versão rocker contagiante.

A banda Mini Box Lunar é conhecida no Amapá por suas composições autorais cheias de personalidade e um toque de psicodelia. Para o Rock Pirangueiro, a banda promete um repertório para lá de especial.

Esta é a 2ª edição do evento, que foi realizado pela primeira vez em 2016, com mais de quatro mil participantes. Com a ajuda dos parceiros, a organização do evento acredita trazer um público ainda maior esse ano.

Serviço

II Rock Pirangueiro
Data: 04/08/2017
Local: Underground Clube Rock Bar
Endereço: Avenida Mendonça Furtado,586 – Centro
Ingressos antecipados: R$ 20,00
Informações: 98140-2731/08137-3130

Fonte: A Gazeta

Hoje rola Rock and Roll para comemorar os 4 anos do Underground Clube Rock Bar

Desde o Liverpool Rock Bar, nenhum local fez tanto sucesso em Macapá, quando o assunto é Rock and Roll, quanto o Underground Clube Rock Bar. Hoje (30), a partir das 17h, vai rolar shows das bandas Stereovitrola, The Hides, Sloth e Madame Butterfly para comemorar o aniversário do boteco mais roquenrou da capital amapaense.

Underground Clube Rock Bar

Distante da realidade dos bares gourmetizados (que confesso gostar), o Underground Clube Rock Bar é o mais renomado na noite macapaense no quesito Rock and roll. Funcionou por três anos na zonal sul de Macapá e agora se encontra no centro da capital amapaense. Com quase quatro anos de atividade, o bar possui clientela fiel.

Ele já foi minha casa por dois anos, mas hoje em dia pouco bebo por lá. Acompanhei toda a trajetória do local. Com jeito de festa na casa de amigos, seja com música ao vivo ou mecânica, o bar agrada. Ah! As bebidas e tira-gostos possuem preço justo. Não à toa, 10 entre 10 malucos da cidade adoram o boteco (no melhor sentido da palavra).

Meus parabéns ao amigo Tássio Callins e vida longa ao Underground!

Elton Tavares

Banda do AP pede doações de R$ 1 em campanha para produção de videoclipe

Banda precisa de R$ 1 mil para custear despesas para o videoclipe do disco de estreia da banda (Foto: Philippe Silva/Divulgação)

Por Carlos Alberto Jr

Em meio à dificuldade de fazer produção autoral no Amapá, os membros da banda de rock alternativo Calisto tomaram a iniciativa de lançar uma campanha de financiamento colaborativo para poder gravar o videoclipe do disco de estreia do grupo.

Os músicos pedem apenas R$ 1 por pessoa, para quem se identifica com o trabalho da banda. As colaborações estão sendo arrecadadas, diariamente, em um ponto de venda de milk shake na praça Floriano Peixoto, no Centro de Macapá.

Os colaboradores serão recompensados com um espaço nos créditos do vídeo e entrada franca na festa de lançamento do álbum de estreia da Calisto, chamado “Nosso Encontro Casual”.

De acordo com os artistas, o objetivo é arrecadar R$ 1 mil para que o clipe seja produzido, uma vez que o resto dos esforços financeiros da banda foram para a gravação do disco.

“O nosso álbum já está pronto e foi por isso que iniciamos a campanha, pois não teríamos condições financeiras para arcar com os custos do videoclipe”, explicou o vocalista e guitarrista, Ramon Tito.

A ideia de arrecadar o dinheiro no posto de milk shake partiu do guitarrista Felipe Mourão, como forma de facilitar a participação das pessoas.

“Aos poucos nossa campanha, que está sendo feita tanto na internet, quanto no boca a boca, está ganhando mais repercussão e acreditamos que vamos conseguir alcançar”, disse, confiante, Mourão.

Com influências que passam pelo indie rock ao groove brasileiro, o jovem grupo, com a faixa de idade de 20 anos, vem chamando a atenção no cenário independente amapaense. Além dos shows compostos por repertório autoral, eles também atenção nas redes sociais, o vídeo da canção “Mais do que Normal”, tem mais de 74 mil visualizações na página da banda no Facebook.

Criado em 2015 a Calisto é formada por Ramon Tito, no vocal e na guitarra base, Felipe Mourão na guitarra principal, Eduardo Lima nos teclados e efeitos, Cleber Salada, no contrabaixo e Ivan Dias, na bateria e percussão.

Fonte: G1 Amapá

Hoje rola Rock and Roll em Macapá: banda Tia Biló se apresenta no Bar do Nêgo

Hoje (28), a partir das 22h, no Bar do Nêgo, vai rolar show da banda Tia Biló. Certamente será uma noite de muito Rock and Roll nacional e gringo no melhor quiosque do Complexo Beira Rio.

A Tia Biló é formada por Ozy, Márcio e Mingau. Eles sempre fazem apresentações em alto nível. A banda cover é a mais bem ensaiada de Macapá. Aliás, além dos vocais Ozy (rock nacional) e Márcio (canções gringas, em especial Pixies e Smiths), o baterista Mingau arrebenta no AC/DC.

A melhor banda cover de Rock and Roll da cidade vai tocar. Irei e recomendo!

Serviço:

Show da banda Tia Biló no Bar do Nêgo
Local: Bar do Nêgo, localizado no Complexo Beira Rio, orla de Macapá, na Avenida Beira Rio (segundo quiosque de quem vem da Praça do Coco, em frente ao Macapá Hotel).
Data: 28/07/2017
Hora: a partir das 22h.

Elton Tavares

Hoje continua a celebração o Dia Mundial do Rock nas escadarias do Teatro das Bacabeiras

Bandas amapaenses vão se apresentar nas escadarias do Teatro das Bacabeiras, em Macapá (Foto: Divulgação/Liberdade ao Rock)

Por Carlos Alberto Jr

Para celebrar o Dia Mundial do Rock, comemorado em 13 de julho, 22 bandas amapaenses se apresentam durante dois dias nas escadarias do Teatro das Bacabeiras, no Centro de Macapá. O evento, organizado pelo grupo de iniciativa cultural Liberdade ao Rock, aconteceu ontem (19) e hoje (20) a festa continua.Começou às 17h30. Vai lá curtir o Rock!

De acordo com Diego Meireles, um dos organizadores do evento, a data é uma oportunidade de mostrar o trabalho de muitas bandas de rock amapaense que estão sem local para tocar. O Liberdade ao Rock está no processo de reunião e seleção das atrações para os dois dias de show.

“O Liberdade ao Rock sempre foi um refúgio para as bandas que não tinham espaço para tocar, principalmente as de rock e autorais. Com a diminuição progressiva dos nossos eventos, muitas dessas bandas ficaram sem ter onde tocar. Então, queremos dar vez a esses grupos durante esses dois dias”, reforça Meireles.

Dia Mundial do Rock

Em 13 de julho de 1985, Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra, e na Filadélfia, nos Estados Unidos, contra a fome na Etiópia. O evento contou com a presença de artistas como The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, entre outros. Desde então, a data passou a ser conhecida como Dia Mundial do Rock.

Serviço:

Dia Mundial do Rock em Macapá
Dias: 19 e 20 de julho
Hora: 17h
Local: escadaria do Teatro das Bacabeiras, Centro da capital
Classificação: livre

Fonte: G1 Amapá