Em Ação do MP-AP para conter a proliferação do coronavírus, Justiça proíbe realização de eventos que gerem aglomerações

Nesta segunda-feira (30), em Ação movida pelo Ministério Público do Amapá (MP-AP), o juiz plantonista na comarca de Macapá, Matias Pires Neto, proibiu a realização de qualquer evento que resulte na formação de aglomerações de pessoas em espaços públicos. A medida visa conter a proliferação do coronavírus e vale para todo o território do Estado do Amapá.

Além da Ação Judicial, seguindo orientação do Ministério Público Brasileiro, no último sábado (28), o MP-AP recomendou aos órgãos de Segurança Pública que adotem todas as medidas necessárias ao cumprimento do Decreto nº 1414, de 19 de março de 2020, do Governo do Estado (GEA), que suspende a realização de eventos e atividades em locais coletivos.

“Em que pese tratar-se de um problema mundial, importa para esta decisão a chegada do vírus no Brasil e, sabendo do histórico de gravidade e mortandade que o tal patógeno causou e está causando em outros países, o Estado Brasileiro, através de seus órgãos de Governo Federal (com reuniões diárias televisionadas), quanto os governos estaduais e municipais, começou a tomar medidas sanitárias para evitar a disseminação da doença, face à celeridade nas formas de transmissão”, declarou o magistrado.

Ao considerar que as medidas adotadas pelo poder público, que organizam o sistema de isolamento social, e que devem ser seguidas, o juiz Pires Neto foi ainda mais contundente. “Prefiro hoje, deferir a proibição de eventos que importem em aglomeração de pessoas, para evitar o contágio do vírus, a ter que daqui a pouco tempo decidir quem entrará na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), ou quem terá leito para internação, ou inúmeras outras tristes situações que prefiro não cogitar”, manifestou o juiz Pires Neto.

Sobre o dilema da crise econômica versus recomendações de quarentena, o magistrado disse sentir que o maior clamor social é pela saúde pública, pela manutenção do isolamento, pelo direito à vida das pessoas, em qualquer faixa etária e condição de saúde.

“Entretanto não fecho os olhos ao debate social que circunda sobre os efeitos negativos do isolamento social na economia, nos postos de trabalho e emprego e renda, mas que também trarão mais tarde consequências à saúde. A mim, porém, a saúde pública, a possibilidade de evitar óbitos, com a medida de prevenção do isolamento, ganha maior relevância, e encontra alicerce, dentre outros, nos princípios da Prevenção e Precaução, os quais são intimamente ligados ao Direito à Saúde”, destacou em outro trecho da decisão.

Ao deferir o pedido de tutela feito pelo MP-AP, em caráter de urgência, no último fim de semana (28 e 29), o juiz acrescentou: “É, pois, um sacrifício necessário, que se faz alimentado na esperança de que os mesmos órgãos que impõem o isolamento, busquem formas efetivas de minimizar os efeitos na economia e nos postos de trabalho, dando assistência àqueles que serão atingidos pelos efeitos econômicos, a exemplo, de linhas de crédito especial aos empresários, programas de renda aos informais, suspendendo financiamentos, entre outras medidas”.

Ao final, ordenou ao Estado do Amapá que promova as medidas necessárias visando à não realização desses movimentos (que podem gerar aglomerações), com a identificação dos responsáveis pela sua organização, acionamento dos órgãos de segurança, apreensão de veículos e materiais, eventualmente utilizados nos eventos, elaboração e relatório sobre os danos causados.

“Sabemos que o melhor a ser feito neste momento é evitar aglomerações de pessoas, seguir as regras sanitárias estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde. Devemos fazer nossa parte no enfrentamento ao Covid-19. Evidente que o isolamento traz uma série de consequências. As medidas mitigatórias também estão sendo apresentadas e debatidas no Executivo e Legislativo; nós estamos cobrando e fiscalizando, mas, antes de pensar no problema futuro, precisamos agir no presente. E, no momento, é necessário ficar em casa. Respeitem as regras do isolamento social”, pediu a PGJ Ivana Cei.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Texto: Ana Girlene
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Secult/AP lança edital “Circula Amapá” para investimento de 1 milhão de reais em projetos artísticos e culturais do Estado

A Secretária de Estado da Cultura do Amapá (Secult/AP) lançou na última quarta-feira-feira (18), no Diário Oficial do Estado, o Edital “Circula Amapá”, com o objetivo de selecionar e premiar 137 projetos, programas e ações de agentes da cadeia produtiva da cultura e das artes. As inscrições são gratuitas e iniciam HOJE (30) e vão até 30 de abril, na sede da Secretaria (Avenida Pedro Lazarino, 22, Santa Inês) ou pelo site: www.secult.ap.gov.br.

Essa medida faz parte do programa de valorização e fortalecimento da cultura protagonizado pela Secult/AP e os participantes devem obrigatoriamente estar cadastrados no Sistema Estadual de Informações e Indicadores Culturais – SEIIC. A ideia da pasta é reconhecer o trabalho desenvolvido por artistas, produtores, grupos, companhias, bandas, grupos musicais e demais empreendedores da cultura do Estado que favorecem a circulação de bens, produtos e serviços artísticos e culturais em âmbito local, estadual, nacional e internacional.

Os recursos para o Edital são provenientes de emenda federal articulada pelo Senador do Amapá, Davi Alcolumbre, com o objetivo de apoiar e incentivar os segmentos artísticos e culturais do Estado. O certame irá contemplar múltiplas vertentes artísticas como a cultura popular, tradicional e identitária; teatro; arte circense; dança; artes visuais e/ou plásticas; artesanato; audiovisual; livro, leitura, literatura e biblioteca; e música.

Os participantes devem comprovar no ato da inscrição o tempo de atuação dos proponentes nos segmentos onde se inscreveram (no caso do segmento categoria popular, tradicional e identitária a comprovação ocorre por meio dos movimentos culturais, com o reconhecimento de todos os proponentes do tempo de atuação mínima). Podem participar Micro Empreendedores Individuais (MEI) e pessoas jurídicas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, os valores das premiações variam entre 5 mil a 10 mil reais.

A Secult/AP disponibilizará em seu site vídeos explicando aos interessados sobre o funcionamento do Edital e como proceder no ato da inscrição, além disso, os técnicos da Secretaria também estarão à disposição dos artistas e produtores culturais para sanar quaisquer dúvidas sobre o certame.

Psicólogos realizam atendimento gratuito por telefone em Macapá durante isolamento social

Pessoas poderão ligar para a central e solicitar apoio de um psicólogo — Foto: Sérgio Oliveira/EPTV

Por Caio Coutinho

Os impactos do novo coronavírus podem ir além da crise na saúde física e financeira. O isolamento social pode agravar a saúde mental das pessoas. Para isso foi criada a Central de Apoio Emocional pela prefeitura de Macapá, que já passou a receber ligações na sexta-feira (27).

A central busca combater, à distância e pelo telefone, os transtornos e sofrimentos psicológicos decorrentes do confinamento provocado pelas medidas de contenção ao avanço da Covid-19 no município e no Amapá.

Muitas pessoas têm seguido as recomendações das autoridades e ficado em casa, deixando de lado, muitas vezes, a rotina de ir ao trabalho e deixando de encontrar familiares e amigos, o que provoca alguns sentimentos não tão bons.

Os interessados em conversar para desabafar e contar sobre o desconforto psicológico devem ligar para os números (96) 98813-9006 ou 98813-9007. O serviço funciona de segunda-feira a sexta-feira, de 8h às 12h e 14h às 18h.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a central pode ajudar pessoas a conter problemas como ansiedade e medo. Ao todo, 4 psicólogos atuam no acolhimento.

Para amenizar, a central já adianta algumas dicas para manter a saúde mental em dia. Confira:

filtrar quantidade de informações acessadas;
compartilhar boas notícias;
ter boa alimentação;
fazer exercícios físicos, alongamentos ou meditação;
organizar tarefas caseiras;
retomar ideias ou tarefas paradas, como curso online ou terminar uma série.

Fonte: G1 Amapá

Macapá registra 8 casos confirmados de Covid-19

O Município de Macapá registrou 8 casos positivos e 269 suspeitos de Coronavírus. A atualização ocorreu durante a madrugada desta segunda, 30 de março. Ao todo, o Município já notificou 455 casos suspeitos. Deste número, 178 foram descartados, 8 confirmados e 269 suspeitos aguardam resultado dos exames. Os casos positivos de Covid-19 em Macapá foram divulgados pelo Governo do Estado do Amapá.

Casos confirmados

O primeiro é de uma mulher de 36 anos, que deu entrada na UBS e passa bem. O segundo caso atestado positivo é do presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, desembargador João Guilherme Lages. Ele já estava sendo monitorado pelo Município, mas fez o exame em um laboratório particular credenciado pelo Ministério da Saúde. O terceiro é de uma mulher de 31 anos, que também se encontra em isolamento domiciliar e clinicamente estável.

O quarto caso positivo é de uma paciente de 36 anos, que recebeu atendimento e fez a coleta do exame na UBS Lélio Silva. O quinto é um homem de 63 anos. Já o sexto é um homem de 45 anos. O sétimo caso é uma mulher de 38 anos e o oitavo é uma mulher de 36 anos.

Quando devo procurar uma UBS

A população pode buscar os serviços nas UBS’s quando apresentar os sintomas iniciais do vírus, como febre, tosse, dor de garganta e coriza e dificuldade respiratória para receber uma avaliação. Se após o procedimento o profissional entender que o quadro se encaixa em uma suspeita, ele realizará os procedimentos previstos no fluxograma de atendimento adotado pela saúde municipal.

Dicas básicas:

– Lave as mãos com água e sabão antes de entrar em casa;

– Se não puder lavar as mãos antes de entrar, evite tocar nas coisas antes de lavar as mãos;

– Tire os calçados e higienize;

– Se precisar trazer as roupas para dentro, coloque-as em um cesto para lavar separado;

– Não cumprimente crianças, cônjuges ou outras pessoas que morem na casa antes de trocar de roupa e lavar as mãos;

– Se possível, tome banho assim que chegar;

– Desinfete celular, chaves e cartões bancários com álcool 70%;

– Mochilas e bolsas de uso diário também devem ser higienizados;

– Limpe as embalagens que trouxe com solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água);

– Lave alimentos com água e sabão e os deixe 10 minutos imersos em solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água).

Secretaria de Comunicação de Macapá
Cássia Lima
Assessora de comunicação

Assistência Social: agendamentos para atendimentos são feitos por telefone

Em tempos de combate ao Coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Macapá entende a necessidade de continuar protegendo e amparando os mais vulneráveis sociais. Devido às medidas adotadas para evitar a transmissão da doença, os atendimentos de assistência social estão sendo feitos via telefone, das 8h às 12h.

O atendimento presencial nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Especializado de Assistência Social (Creas) estão suspensos. Estes estão fechados a fim de evitar aglomerações. Atendimentos relacionados ao Programa Bolsa Família e Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais serão feitos somente na Casa do Bolsa, por agendamento via telefone, das 8h às 12h e das 14h às 18h, limitando-se ao atendimento de casos de extrema urgência, como bloqueio do benefício.

Relação de telefones para atendimento:

Cras Fazendinha: (96) 99970-1079

Cras Pedrinhas: (96) 99970-1074

Cras Nova Esperança: (96) 98802-8377

Cras Felicidade (Santa Inês): (96) 99970-5087

Cras Cidade Nova: (96) 99970-5098

Cras CEU das Artes: (96) 99970-5088

Casa do Bolsa Família: (96) 99970-5089 / 988028142

Auxílio funeral: (96) 98802-8644

Ligações a cobrar serão atendidas e/ou retornadas.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Sávio Almeida
Assessor de comunicação/Assistência Social

Prefeitura de Macapá monitora 240 casos suspeitos e quatro positivos de Coronavírus

O Município de Macapá passa a monitorar 240 casos suspeitos e quatro positivos de Coronavírus na capital amapaense. A atualização ocorreu durante a madrugada deste sábado, 28 de março, onde foi confirmado mais um caso, o quarto em Macapá. Todos eles estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica do Município. Os pacientes estão em isolamento domiciliar. De sexta-feira até as 12h deste sábado, aumentaram 46 casos suspeitos.

Saiu um lote de 29 resultados de exames. Destes, 28 deram negativos e um positivo. Desde 13 de março, foram notificados 389 casos. Deste total, 145 foram descartados e quatro confirmados. Todos os casos estão sendo monitorados pela prefeitura. Os casos positivos de Covid-19 em Macapá foram divulgados pelo Governo do Estado do Amapá.

O primeiro é de uma mulher de 36 anos. O segundo caso atestado positivo é do presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, desembargador João Guilherme Lages. Ele já estava sendo monitorado pelo Município, mas fez o exame em um laboratório particular credenciado pelo Ministério da Saúde. O terceiro é de uma mulher de 31 anos, que também se encontra em isolamento domiciliar e clinicamente estável. O último caso positivo é de uma paciente de 36 anos, que recebeu atendimento e fez a coleta do exame na UBS Lélio Silva.

A prefeitura faz a coleta de amostras biológicas dos pacientes para a realização do exame, que diagnostica a doença. A coleta é feita nas unidades Lélio Silva e Marcelo Candia e, posteriormente, enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do Estado, que tem a responsabilidade de fazer o envio das amostras para o laboratório de referência da Região Norte, que é o instituto Evandro Chagas, no Pará.

Quando devo procurar uma UBS

A população pode buscar os serviços nas UBS’s quando apresentar os sintomas iniciais do vírus, como febre, tosse, dor de garganta e coriza e dificuldade respiratória para receber uma avaliação. Se após o procedimento o profissional entender que o quadro se encaixa em uma suspeita, ele realizará os procedimentos previstos no fluxograma de atendimento adotado pela saúde municipal.

Dicas básicas:

– Lave as mãos com água e sabão antes de entrar em casa;

– Se não puder lavar as mãos antes de entrar, evite tocar nas coisas antes de lavar as mãos;

– Tire os calçados e higienize;

– Se precisar trazer as roupas para dentro, coloque-as em um cesto para lavar separado;

– Não cumprimente crianças, cônjuges ou outras pessoas que morem na casa antes de trocar de roupa e lavar as mãos;

– Se possível, tome banho assim que chegar;

– Desinfete celular, chaves e cartões bancários com álcool 70%;

– Mochilas e bolsas de uso diário também devem ser higienizados;

– Limpe as embalagens que trouxe com solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água);

– Lave alimentos com água e sabão e os deixe 10 minutos imersos em solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água).

Secretaria de Comunicação de Macapá
Cássia Lima
Assessora de comunicação

Prefeitura de Macapá implanta Central de Apoio Emocional que trabalhará acolhimento psicológico por contato telefônico

Em meio ao avanço do Coronavírus, o isolamento social é a medida adotada pela maioria das capitais. No entanto, a condição de confinamento pode causar algumas alterações emocionais nas pessoas. Pensando nisso, a Prefeitura de Macapá implanta a partir desta sexta-feira, 27, a Central de Apoio Emocional, que trabalhará o acolhimento psicológico por meio de contato telefônico. O serviço funcionará de segunda a sexta, por meio de dois números (98813-9006 / 98813-9007), que a população poderá contactar das 8h às 12h e das 14h às 18h.

O acolhimento tem o objetivo de ajudar as pessoas a conter a ansiedade e o medo agravado pelo isolamento. “Nesses momentos de crise, é importante cuidar da saúde mental. A escuta telefônica funcionará como uma central de acolhimento, se tornando uma alternativa para as pessoas que estão precisando ser escutadas. O atendimento é focal com profissionais de psicologia, no intuito de, por meio da fala, a pessoa possa se sentir mais aliviada”, explica a coordenadora do Nasf, Isadora Canto.

Para formar essa rede de ajuda mental, quatro psicólogos farão o atendimento ao público que procura por ajuda. A secretária de Saúde, Silvana Vedovelli, comenta que, diante desse momento de reclusão, as pessoas mudaram bruscamente a rotina delas. “Antes, elas ocupavam a cabeça e o tempo com trabalho, escola, casa. A intenção dessa iniciativa é justamente dar esse apoio, uma orientação sobre como agir nesse cenário, ajudar em uma situação de ansiedade, pânico, entre outros problemas que possam vir a acontecer devido ao isolamento e o medo do vírus”, conclui.

Confira algumas dicas para manter a saúde da mente em dia:

– Filtre a quantidade e qualidade das informações que recebe e, se possível, partilhe histórias positivas;
– A alimentação é o principal fator de uma mente e corpo saudáveis junto com a prática de exercícios físicos. Alongamento e meditação são atividades que beneficiam o equilíbrio e podem ser realizadas em casa;
– Aproveite para fazer atividades que estavam paradas ou em projetos, como ler novos livros, iniciar cursos online, atualizar séries, organizar armários;
– Crie uma rotina para suas tarefas, com sequência de horários e planejamento do dia a dia.

Serviço de escuta psicológica:

O serviço funcionará de segunda a sexta-feira, por meio dos números (98813-9006 / 98813-9007), que a população poderá contactar das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Jamile Moreira
Assessora de comunicação/Saúde
Contato: 99135-6508

Prefeitura de Macapá monitora 131 casos suspeitos de Coronavírus

O Município de Macapá monitora 131 casos suspeitos de Coronavírus nesta quarta-feira, 25 de março. Foram notificados 201 casos. Deste total, 69 foram descartados e um confirmado. Todos esses casos foram atendidos nas Unidades Básicas de Saúde Lélio Silva, Marcelo Candia e Rubim Aronovitch. De terça às 12h desta quarta, aumentaram 54 casos suspeitos.

Das 54 novas amostras, 42 foram atendidas e colhidas na Unidade Básica de Saúde Lélio Silva e 12 na UBS Marcelo Candia. Desta forma, aumentaram de 77 para 131 os casos suspeitos na capital amapaense. O único caso positivo de Covid-19 em Macapá foi divulgado pelo Governo do Estado do Amapá, que é de uma mulher de 36 anos, com histórico de viagem e contato com caso suspeito, que procurou atendimento no Lélio Silva dia 17 de março. Ela apresenta sintomas brandos e está recebendo acompanhamento da equipe de saúde.

A prefeitura realiza a coleta de amostras biológicas dos pacientes para a realização do exame, que diagnostica a doença. A coleta é feita nas unidades Lélio Silva e Marcelo Candia e, posteriormente, enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do Estado, que tem a responsabilidade de fazer o envio das amostras para o laboratório de referência da Região Norte, que é o instituto Evandro Chagas, no Pará.

Dez dicas básicas:

1 – Lave as mãos com água e sabão antes de entrar em casa;

2 – Se não puder lavar as mãos antes de entrar, evite tocar nas coisas antes de lavar as mãos;

3 – Tire os calçados e higienize;

4 – Se precisar trazer as roupas para dentro, coloque-as em um cesto para lavar separado;

5 – Não cumprimente crianças, cônjuges ou outras pessoas que morem na casa antes de trocar de roupa e lavar as mãos;

6 – Se possível, tome banho assim que chegar;

7 – Desinfete celular, chaves e cartões bancários com álcool 70%;

8 – Mochilas e bolsas de uso diário também devem ser higienizados;

9 – Limpe as embalagens que trouxe com solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água);

10 – Lave alimentos com água e sabão e os deixe 10 minutos imersos em solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água).

Cássia Lima
Assessora de comunicação/Prefeitura de Macapá

SENAI abre 100 mil vagas grátis em cursos EaD sobre indústria 4.0 durante a pandemia

A pandemia de coronavírus impôs uma série de mudanças na vida das pessoas em diversos países, inclusive no Brasil. Ficar em casa é a opção mais cautelosa e, para não cair no ócio, a melhor saída é aproveitar este tempo para se requalificar profissionalmente.

Com isto em mente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) abrirá vagas gratuitas em cursos a distância voltados à indústria 4.0. Nos próximos 90 dias, serão mais de 100 mil vagas gratuitas para cursos autoinstrucionais.

As vagas serão oferecidas em temas como Desvendando a Indústria 4.0, Desvendando a Blockchain, Desvendando o Lean Manufacturing, e Desvendando o BIM (Building Information Modeling). Os cursos têm carga horária de 20 horas. Também será possível aprender mais sobre Inteligência Artificial, com aplicações na indústria, e programação móvel para Internet das Coisas (IoT).

Plataforma Mundo SENAI dá acesso a cursos e vagas

Para ter acesso aos cursos e às vagas, basta acessar a plataforma Mundo SENAI, fazer um cadastro simples e começar a se requalificar. São cursos de Qualificação Profissional e Cursos Técnicos semipresenciais.

Além disso, o SENAI disponibilizou livre acesso a grande parte de seu material didático. Na Estante Virtual de Livros Didáticos, os interessados poderão ter acesso a livros referentes a cursos de 32 áreas tecnológicas, 32 cursos técnicos e 83 qualificações básicas. São mais de 1.150 volumes disponíveis, que também podem ser acessados pelo aplicativo Livros SENAI, ambos na Google Play e App Store.

Melhore suas capacidades socioemocionais com dicas do SENAI

Como já foi apontado em diversos estudos, muito além do conhecimento técnico, o profissional do futuro precisará desenvolver as chamadas habilidades socioemocionais, também conhecidas como softskills.

Saber resolver uma situação problemática com calma, trabalhar em equipe, comunicar-se da melhor forma possível, além de conseguir administrar seu tempo de forma organizada, são algumas das características que o mercado não vai abrir mão de ter em suas equipes.

Por isso, aproveite o tempo de distanciamento social em casa para se qualificar nestas habilidades, que poderão, inclusive, te dar mais confiança no momento de uma entrevista de emprego, quando a pandemia do novo coronavírus tiver passado.

Conheça 10 softskills que você precisa ter para alcançar o sucesso profissional:

1. Resolução de problemas complexos
2. Ética no trabalho
3. Comunicação eficaz
4. Trabalho em equipe
5. Gestão do Tempo
6. Criatividade e Inovação
7. Ordenar as informações
8. Fluência de ideias
9. Raciocínios Indutivo e Dedutivo
10. Raciocínio Matemático
Faça o curso e desenvolva ainda mais cada uma delas. Não perca tempo!

Assessoria de Comunicação do SESI/SENAI – AP
Contato: (96) 3084-8944
E-mail: [email protected]

Comunicado da PMM

A Secretaria Municipal de Saúde informa aos usuários da UBS Lélio Silva que os serviços de dispensação de insulina e controlados foram transferidos para a farmácia da UBS Congós, na Rua Benedito Lino do Carmo, nº 1648, com horário de funcionamento das 8h às 11h e das 14h às 17h.

Seguindo o plano de enfrentamento do Covid-19, os atendimentos na farmácia da UBS Lélio Silva estão suspensos durante o período de 15 dias, a partir desta terça-feira, 24. Ficando o atendimento exclusivo somente aos pacientes que saírem do Pronto Atendimento da unidade.

Secretaria Municipal de Saúde

Prefeitura de Macapá monitora 77 casos suspeitos de Coronavírus

O Município de Macapá monitora 77 casos suspeitos de Coronavírus nesta terça-feira, 24 de março. Foram notificados 147 casos. Deste total, 69 foram descartados e um confirmado. Todos esses casos foram atendidos nas Unidades Básicas de Saúde Lélio Silva, Marcelo Candia e Rubim Aronovitch. De segunda para terça, aumentaram 31 casos suspeitos.

Das 31 novas amostras, 27 foram atendidas e colhidas na Unidade Básica de Saúde Lélio Silva e 4 na UBS Marcelo Candia. Desta forma, aumentaram de 46 para 77 os casos suspeitos na capital amapaense. O único caso positivo de Covid-19 em Macapá foi divulgado pelo Governo do Estado do Amapá, que é de uma mulher de 36 anos, com histórico de viagem e contato com caso suspeito, que procurou atendimento no Lélio Silva dia 17 de março. Ela apresenta sintomas brandos e está recebendo acompanhamento da equipe de saúde.

A prefeitura realiza a coleta de amostras biológicas dos pacientes para a realização do exame, que diagnostica a doença. A coleta é feita nas unidades Lélio Silva e Marcelo Candia e, posteriormente, enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do Estado, que tem a responsabilidade de fazer o envio das amostras para o laboratório de referência da Região Norte, que é o instituto Evandro Chagas, no Pará.

Para mais informações, a Prefeitura de Macapá lançou o hotsite http://macapa.ap.gov.br/coronavirus/. No endereço eletrônico estão as principais atualizações sobre os cuidados que devemos ter.

Dez dicas básicas:

1 – Lave as mãos com água e sabão antes de entrar em casa;
2 – Se não puder lavar as mãos antes de entrar, evite tocar nas coisas antes de lavar as mãos;
3 – Tire os calçados e higienize;
4 – Se precisar trazer as roupas para dentro, coloque-as em um cesto para lavar separado;
5 – Não cumprimente crianças, cônjuges ou outras pessoas que morem na casa antes de trocar de roupa e lavar as mãos;
6 – Se possível, tome banho assim que chegar;
7 – Desinfete celular, chaves e cartões bancários com álcool 70%;
8 – Mochilas e bolsas de uso diário também devem ser higienizados;
9 – Limpe as embalagens que trouxe com solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água);
10 – Lave alimentos com água e sabão e os deixe 10 minutos imersos em solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água).

Cássia Lima
Assessora de comunicação/Prefeitura de Macapá

Assistência Social monta novos canais de comunicação com a população de Macapá

Atendendo as medidas preventivas de combate à proliferação do Coronavírus anunciadas pela Prefeitura de Macapá, a Secretaria Municipal de Assistência Social suspendeu por 15 dias todas as atividades de projetos sociais nos residenciais São José, Jardim Açucena, Mestre Oscar Santos e Mucajá.

As atividades da escolinha de futebol, balé, aulas de violão do “Tome Notas” e ginástica, dentre outros projetos sociais, atividades recreativas e culturais estão suspensas a fim de resguardar e prevenir a população dos residenciais quanto à possível disseminação do Covid-19. O plantão social de cada residencial estará sendo efetuado por telefone.

O órgão informa ainda que os serviços de atendimento ao público nos equipamentos deverão ser feitos, preferencialmente, via telefone ou mediante agendamento prévio. A medida visa prevenir a aglomeração de pessoas nos locais de acolhimento ao público.

O atendimento presencial nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Especializado de Assistência Social (Creas) será suspenso. Entretanto, a coordenação de cada equipamento estará à disposição para os atendimentos necessários à população, por meio dos telefones relacionados abaixo, das 8h às 12h.

Atendimentos relacionados ao Programa Bolsa Família e Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais serão feitos somente na Casa do Bolsa, limitando-se ao atendimento de casos de extrema urgência, como bloqueio do benefício. Os servidores atuarão em regime de escala de revezamento, tendo sempre funcionário à disposição para prestar informações à população. A Secretaria de Assistência Social mantém os Benefícios Eventuais, assim como o auxílio funeral.

No Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro POP) Amizade, ficam suspensas as atividades educativas em grupos e oficinas, sendo mantida todas as refeições servidas diariamente e permitida a higienização da população em situação de rua, obedecendo aos protocolos de prevenção e combate ao Coronavírus.

A Casa Abrigo Marluza Araújo (Cama) suspendeu todas as atividades complementares desempenhadas fora do abrigo e funcionará em regime de plantão, reduzindo o número de servidores na casa de acolhimento. Os Conselhos Tutelares Zona Norte e Zona Sul funcionarão em escala de plantão. Os atendimentos serão feitos por meio dos respectivos números relacionados abaixo.

O Restaurante Popular Ibrahim Ferreira Dias, que já teve seu funcionamento afetado na última semana, permitindo a permanência de apenas 30 pessoas no refeitório, terá suas atividades suspensas a partir desta segunda-feira, 23. De acordo com a secretária de Assistência Social, Mônica Dias, as medidas visão resguardar e prevenir a vida de toda a população. “É importante tomar medidas para evitar que aconteça o que vem acontecendo em outros locais do mundo. O nosso trabalho é de prevenção neste momento”, destaca.

Além das medidas que mudam a rotina de atendimento nos equipamentos da Secretaria Municipal de Assistência Social, a fim de proteger os grupos de risco, a secretaria dispensa as pessoas idosas, diabéticas e hipertensas recomendando que estas permaneçam em casa, assim como aqueles que apresentam sintomas de gripe.

Relação de telefones para atendimento:

Cras Fazendinha: (96) 99970-1079
Cras Pedrinhas: (96) 99970-1074
Cras Nova Esperança: (96) 98802-8377
Cras Felicidade (Santa Inês): (96) 99970-5087
Cras Cidade Nova: (96) 99970-5098
Cras CEU das Artes: (96) 99970-5088
Casa do Bolsa Família: (96) 99970-5089
Conselho Tutelar Zona Norte: (96) 99188-1399
Conselho Tutelar Zona Sul: (96) 99145-2016
Auxílio funeral: (96) 98802-8644

Ligações a cobrar serão atendidas e/ou retornadas.

Sávio Almeida
Assessor de comunicação/ Assistência Social

Covid-19: Prefeitura de Macapá orienta sobre cuidados quando precisar sair ou voltar para casa

A regra é clara: evite sair de casa. Mas se realmente for necessário, veja alguns cuidados básicos no combate à proliferação do Covid-19. Em tempos de combate ao novo Coronavírus, a Prefeitura de Macapá, por meio de medidas determinadas pelo Ministério da Saúde, orienta a população sobre os cuidados necessários quando precisar sair ou voltar para casa para evitar a transmissão da síndrome respiratória.

Segundo o professor em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Amapá e médico na rede municipal de saúde, Anderson Walter, a mudança na rotina diária deve ser encarada como novo hábito. “Lavar as mãos com água e sabão e com mais frequência é o ideal para combater a proliferação do novo vírus, para todos e, principalmente, para quem precisa ir aos supermercados”, destaca.

Ainda de acordo com Walter, os supermercados são locais por onde passa um amplo número de pessoas e a atenção à higiene deve ser redobrada. “Devemos, em primeiro lugar, ter atenção à quantidade de pessoas na hora que vamos comprar os mantimentos. Se o local estiver cheio, deixe para fazer sua compra em outro momento, evite aglomerações. Ao retornar para casa, devemos desinfetar as mãos no ambiente fora de casa. Se não puder, evite tocar em objetos e pessoas antes de lavar as mãos e trocar de roupa. As roupas têm menos potencial de transmissão, mas também podem armazenar o vírus”, esclarece.

A limpeza dos produtos trazidos do supermercado também é necessária e podem ser feitas com água sanitária ou desinfetantes. Já os produtos alimentícios devem ser lavados e mergulhados em solução de hipoclorito ou água sanitária diluída, conforme orientações nos rótulos de cada produto. Pessoas dos grupos de risco (idosos, diabéticos, asmáticos, com problemas cardíacos e pacientes oncológicos) e com sintomas devem evitar sair de casa.

Para mais informações, a Prefeitura de Macapá lançou o hotsite http://macapa.ap.gov.br/coronavirus/. No endereço eletrônico estão as principais atualizações sobre os cuidados que devemos ter.

Dez dicas básicas:

1 – Lave as mãos com água e sabão antes de entrar em casa;
2 – Se não puder lavar as mãos antes de entrar, evite tocar nas coisas antes de lavar as mãos;
3 – Tire os calçados e higienize;
4 – Se precisar trazer as roupas para dentro, coloque-as em um cesto para lavar separado;
5 – Não cumprimente crianças, cônjuges ou outras pessoas que morem na casa antes de trocar de roupa e lavar as mãos;
6 – Se possível, tome banho assim que chegar;
7 – Desinfete celular, chaves e cartões bancários com álcool 70%;
8 – Mochilas e bolsas de uso diário também devem ser higienizados;
9 – Limpe as embalagens que trouxe com solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água);
10 – Lave alimentos com água e sabão e os deixe 10 minutos imersos em solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água).

Amelline Borges
Assessora de comunicação/Prefeitura de Macapá

Promotoria de Defesa da Saúde informa canais de atendimento

A Coordenação das Promotorias de Defesa da Saúde informa à população que durante o surto de COVID-19 continua o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) por meios eletrônicos, conforme as disposições no ATO NORMATIVO nº 004, de 20 de março de 2020, da Administração do Ministério Público do Amapá (MP-AP), para diminuir o contato presencial e evitar contágio pelo novo coronavírus.

O atendimento poderá ser realizado pelos canais disponíveis no Portal do MPAP, por meio da Atendente Virtual SOFIA, portal da Ouvidoria, MP-AP Mobile ou diretamente na Promotoria da Saúde, pelo e-mail: [email protected]; e Whatsapp (96) 99131-7769, no horário de 8h às 14h, de segunda-feira a sexta-feira.

Mais informações no portal da Promotoria da Saúde: http://mpap.mp.br/saude/index.php

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Contato: (96) 3198-1616