Artista cede a casa para companhia apoiada pelo Criança Esperança


A Cia Cangapé inaugurou sede própria na noite desta terça-feira (27), no bairro Araxá, Zona Sul de Macapá. A conquista foi alcançada depois que a artista Alice Araújo, de 29 anos, resolveu ceder a casa onde morava para o grupo, apoiado em 2014 pelo projeto Criança Esperança, da Rede Globo em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O projeto ‘Corda bamba no Equador’ foi selecionado em 2013.

Com trabalhos voltados para a arte circense e culturas variadas oferecidas a crianças e adolescentes em situação de risco social, a companhia foi criada há 8 anos e sempre precisou pedir emprestado espaços para a promoção de oficinas e apresentação de espetáculos.  

“Não tínhamos um ponto fixo e sempre necessitamos de um lugar para realizar nossas atividades. Então doei a minha casa para ser o nosso espaço. A construção [reforma] foi feita pelos próprios integrantes do grupo e nessa casa vamos estimular a cultura para todos em Macapá”, disse Alice, que se mudou para uma vila de quartos alugados, ao lado da antiga casa, agora batizada de Espaço Cultural Cangapé.

Segundo ela, que é uma das coordenadoras do projeto, no local serão ofertadas oficinas de iniciação teatral, atividades literárias, exibição de filmes e uma biblioteca com profissionais de arte e letras para atendimento à comunidade.

Raimunda Vilhena, de 65 anos, esteve na inauguração do espaço. Ela disse que o neto, Matheus Araújo, de 13 anos, mudou o comportamento “para melhor” despois que passou a frequentar as atividades da companhia. “Quando ele vai para lá eu fico despreocupada. Lá ele aprende as coisas e isso é muito bom”, elogiou Raimunda.

Emerson Rodrigues Aguiar, de 22 anos, é artista circense aprovado em 2012 na Escola Nacional de Circo da Fundação Nacional de Arte (Funarte) do Rio de Janeiro, onde passou um ano como bolsista. Integrante do projeto, ele disse que vai passar todos os conhecimentos adquiridos para os alunos da companhia.

“Agora tenho um conhecimento que posso passar para esses meninos. Recebi o convite e vou me empenhar a ensinar esses garotos. Agora que temos nosso próprio espaço, a tendência é crescer com meus amigos”, comemorou o artista.

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*