Autoexílio – Crônica de Ronaldo Rodrigues

14328911_10202052300186637_1546021767_n
Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues

Declaro, para os devidos fins e para quem interessar possa, mesmo para aqueles que vão ignorar ou mandar eu me foder, já que mandar alguém se foder se tornou a coisa mais natural do mundo.

Confesso que estou cansado, que entrego os pontos. Os cinquenta janeiros que coleciono com certo zelo já começam a pesar sobre meus combalidos ombros. Vou promover um autoexílio, um exílio dentro de mim mesmo.

Não consigo mais respirar o mesmo ar dos fascistas que afloraram neste últimos tempos. Estou cansado de ódios e equívocos. Este país está perdendo o charme, a cada dia que passa, a cada postagem nas redes antissociais.

Uma ditadura moral – na verdade, imoral – estende seus tentáculos em todas as direções. Pessoas que não sabem o que é esquerda se arvoram, sem a menor cerimônia, a falar de esquerda. Pessoas que não sabem o que é direita, que não sabem o que é comunismo, que não sabem o que é ditadura militar, que não sabem NADA se tornaram propagadoras de ideias que já eram caducas quando foram concebidas.

Quando um artista do nível de um Chico Buarque passa a ser condenado, sem a menor atenção e respeito à sua arte, o negócio vai mal. Quando um câncer como Jair Bolsonaro passa a ser aclamado e vira mito, o negócio vai mal. Mas os incomodados que se mudem. E eu estou me mudando para dentro de mim.

Declaro-me banido, com muita honra, dessa mentalidade escrota que está tomando conta do Brasil, e pode tomar o poder.

Eu, Ronaldo Rodrigues, sou um território independente dentro desta merda toda, dentro deste país que debate suas questões políticas na mesma arena em que são disputadas as partidas de futebol.

Aqui na minha redoma, estarei exilado das celebridades opacas que “brilham” na TV e nas paradas de sucesso. Que a manipulação da grande mídia continue. Ela não me atinge. Que os pastores continuem conduzindo suas ovelhas. Eu não sou uma delas. Que os corruptos continuem gritando contra a corrupção.

Estou cansado, mas devo dizer que ainda não desisti. Pode ser apenas um recuo estratégico. O Brasil é muito maior que isso tudo que estão fazendo a ele.

Por enquanto é só. E basta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *