Força para um velho amigo


Hoje, um velho e querido amigo partiu para um desafio fora de Macapá. O figura foi um dos caras mais safos da nossa época de Colégio. Parecia sacar de tudo um pouco. Ultimamente, meteu-se em confusões e bateu no fundo do poço.

Na época que éramos estudantes, esse bicho era engajado em movimentos artísticos e politizado pra idade. Também me abriu os olhos para muita coisa e sou grato por todos os anos de amizade. Não que isso se agradeça, mas sim, eu agradeço.

Raul Siexas disse: “Quero a certeza dos loucos que brilham. Pois se o louco persistir na sua loucura, acabará sábio”. Só que o mundo clama por loucos que se garantem, mesmo disfarçados de lúcidos. Ele não conseguiu fingir, perdeu a linha e o controle. Ficou um caco.

É, ele realmente se meteu a flertar com algo perigoso e perdeu a batalha, mas não a guerra. Boto fé que ele vai dar um reset, voltar pra zerar e vencer o jogo da vida. E pode contar comigo!

Elton Tavares
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*