Oitocentos turistas visitam Macapá e conhecem samba amapaense

gringo1

Por Fabiana Figueiredo

Cerca de 800 turistas do Reino Unido, Nova Zelândia, Estados Unidos e Alemanha conheceram nesta terça-feira (27) o samba do carnaval amapaense. Eles foram recepcionados na Central do Carnaval, no monumento Marco Zero do Equador, na Zona Sul de Macapá. Foi a segunda vez que visitantes internacionais conheceram a cultura amapaense no período carnavalesco, na capital.

No espaço montado no ponto turístico, os estrangeiros se agitaram com a animação da bateria da escola de samba Boêmios do Laguinho. Alguns ficaram empolgados e caíram no samba com os passistas mirins da agremiação e com a Corte do Carnaval Amapaense, composta pela Musa do Carnaval, Nega Vânia, pelo Rei Momo, Sucuriju, e pelo Cidadão do Samba Aureliano Neck.

Estou há pouco tempo aqui, mas percebi que o ambiente é fantástico. As pessoas são amigáveis, e está sendo muito interessante ouvir ao vivo esse tipo de música, que é linda, diferente do que já ouvi”, disse o turista nova-iorquino Norman Wish, de 72 anos. O turista falou que visita pela primeira vez o Brasil, para comemorar o aniversário de 70 anos da mulher.

Na visita ao Amapá, os turistas também conheceram a história do fenômeno do equinócio, o artesanato local e a exposição temporária “Mestre-Sala e Porta-Bandeira – Os guardiões da folia”, que mostra a magia que envolve dois dos mais tradicionais personagens dos desfiles de carnaval.

O guia turístico Alex da Cunha disse que os turistas chegaram ao Amapá no início da manhã desta terça-feira (27), vindos de Manaus, no transatlântico Marco Polo, de bandeira inglesa. Os estrangeiros conheceram o monumento e partiram para visitas a outros pontos turísticos da cidade, como a Fortaleza de São José, a Casa do Artesão e o Museu Sacaca.

Marco Polo é o primeiro transatlântico que visita o Amapá em 2015. Os visitantes farão pernoite em Santana, onde o navio está aportado, e, nesta quarta-feira (28), seguirão viagem para o Caribe.

Fonte: G1 Amapá

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*