Avanço na gestão pública: TRE-AP implanta Programa de Avaliação de Desempenho das Lideranças

ProgramadeAvaliaçãodeDesempenho 029

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) implantou nesta segunda-feira (18), o Programa de Avaliação de Desempenho das Lideranças (PADL). A ação consiste no acompanhamento das atividades de secretários e coordenadores do Tribunal em seus respectivos campos de ação. O objetivo será avaliar a atuação dos 22 cargos de chefia do TRE/AP, que são secretarias, assessorias e coordenarias. A medida visa a melhorar ainda mais a administração pública e prestação de serviços à sociedade.

A ação, determinada pelo presidente do TRE, Desembargador Carlos Tork, foi elaborada pela Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) e a Coordenadoria de Desenvolvimento (CODES). A medida é uma continuidade do Programa Gestão por Competência no TRE, que objetiva o aperfeiçoamento das práticas, e identificação de novas competências e avanço na gestão da instituição.

Todos os 22 servidores que serão avaliados terão um prazo que irá até o dia 29 de maio de 2015 para apresentarem seus Planos de Ação para o Biênio 2015-2016. A etapa seguinte será a homologação desses cronogramas de atividades pelo Comitê de Gestão Institucional e Estratégia do TRE/AP (composto pelo Diretor-Geral e Secretários).

ProgramadeAvaliaçãodeDesempenho 057

No segundo semestre deste ano, os líderes serão avaliados pelo Sistema Avaliação por Competência, que é executado E utilizado no TRE/AP desde 2013. Para que o desempenho do avaliado seja contabilizado, serão necessários os percentuais alcançados tanto na execução do Plano de Ação, quanto na Avaliação por Competência. Ao final, o resultado será encaminhado para a presidência.

O presidente do TRE ressaltou que o convencional é fácil de executar. O magistrado enfatizou que os servidores que ocupam cargos de liderança dentro do Tribunal precisam mostrar um diferencial para reforçar a qualidade da instituição.

Este programa visa a evolução na administração pública. Queremos com essa medida dar um salto de qualidade na gestão. Desta forma garantiremos a eficácia na execução de nossas atividades. O programa Gestão por Competência é uma forma de reconhecimento ao serventuário, combate ao nepotismo e indicações sem capacidade para cargos comissionados. Além das ações de rotina de cada setor, queremos que as lideranças mostrem seu diferencial na estratégia para otimizar os serviços. Quem não atingir as metas estabelecidas será exonerado”, enfatizou o presidente do TRE.

VeraCardosoComiteSãoPaulo

Continuidade e referência

O PADL é uma continuidade, haja vista que, no período de 20/02/2015 a 04/03/2015 foi realizado o I Processo Seletivo para preenchimento de cargo de nível CJ (Secretário de Gestão de Pessoas). O TRE-AP foi o único Regional a realizar o processo de preenchimento com a manifestação dos servidores no Plano de Ação.

A titular da SGP, Vera Cardoso, participou, nos dias 29 e 30 de abril, de uma reunião no TRE/SP, onde se discutiu acerca do Programa Gestão por Competência e de sua evolução na Justiça Eleitoral.

A SGP do TRE/AP integra o Comitê Nacional do Programa Gestão por Competência da Justiça Eleitoral, com mais quatro Secretários de Gestão de Pessoas: TRE/BA, TRE/RS, TRE/MT e TRE/SP. O Amapá é referência no Programa Gestão por Competência.

Serviço:

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *