Ijoma completa 9 anos e entrega almofadas terapêuticas a mulheres com câncer, em Macapá

Professora Maria de Jesus foi uma das 55 pacientes que receberam almofadas terapêuticas no 9º aniversário do Ijoma, em Macapá — Foto: Victor Vidigal/G1

Por Victor Vidigal

O Instituto do Câncer Joel Magalhães (Ijoma) comemora nesta segunda-feira (22) nove anos de atividades no Amapá. Para celebrar a data, a sede do instituto, no bairro Santa Rita, Zona Central de Macapá, recebeu pela manhã uma programação que contou com a entrega de almofadas terapêuticas para mulheres com câncer de mama.

A professora Maria de Jesus, de 49 anos, foi a primeira a receber uma almofada. Há quase dois anos, ela enfrenta a luta com o câncer em uma das mamas. Ela diz que receber o objeto é um carinho imenso que ajuda a elevar a autoestima.

Ijoma comemora 9 anos com almofadas para mulheres com câncer de mama nesta segunda-feira (22) — Foto: Victor Vidigal/G1

“Receber essa almofada é gesto de carinho do instituto com todas as mulheres que enfrentam o câncer de mama. Levanta a autoestima das pacientes, porque todos sabem o quanto essa doença é difícil para nossa mente. Mas eu faço o possível para não me deixar abater”, afirmou a paciente.

Ao todo, foram 55 almofadas doadas ao Ijoma pela ONG Rompendo Mais Fronteiras, projeto do Exército Brasileiro, existente a cerca de quatro anos, que pratica ações beneficentes para idosos, animais e portadores de câncer.

Cris Viana, representante do projeto no Amapá, destaca que as almofadas têm uma confecção própria para atender as mulheres com câncer de mama. A ideia é facilitar o dia a dia e provocar um bem estar para mulheres que precisaram ser mutiladas devido a doença.

Cris Viana (à esquerda) entrega almofada terapêutica para professora Maria do Jesus (à direita) — Foto: Victor Vidigal/G1

“A almofada se resume basicamente em dar um pouco de conforto na área entre a mama e axila. Quando se faz mastectomia [cirurgia de remoção da mama], se sente muito desconforto nessa parte quando vai dormir e até em andar no carro. E essa almofada tem todas as medidas, toda a costura, tecido e espuma próprios para a mulher ter o mínimo de conforto”, explicou Cris.

A festa contou ainda com apresentação da orquestra do Exército Brasileiro e o tradicional corte do bolo. Momento de emoção para quem acompanhou tudo do início, como a cozinheira Tânia Lafaiete, de 54 anos. Voluntária do projeto há nove anos, ela conta que guarda no coração o carinho de todos as pessoas que passaram pelo local.

Tânia Lafaiete é uma das colaboradoras mais antigas do Ijoma — Foto: Victor Vidigal/G1

“Todos que vêm ao Ijoma passam pela cozinha e sempre recepciono todos bem porque, por mais que alguns vão sair daqui sem aquela notícia boa, só fato de receber um palavra de carinho, amiga e de conforto, já deixa ela mais leve. E é essa esperança que queremos passar para a vida das pessoas”, disse Tânia, emocionada.

Segundo o presidente do Ijoma, Paulo Roberto Matias, durante os nove anos, mais de 20 mil pessoas receberam atendimentos na instituição. Os tipos de câncer mais comuns atendidos na unidade são o de mama, colo do útero, próstata e estômago.

Sede do Ijoma funciona no bairro Santa Rita, na Zona Central de Macapá — Foto: Victor Vidigal/G1

“O Ijoma não só cuida dos doentes de câncer, mas ele ajuda a sociedade a entender que não basta só cuidar do doente. É preciso cuidar das pessoas. Sabemos que o câncer é uma epidemia mundial e é importante entender que a prevenção, a educação e a informação são processos fundamentais para a gente ir na raiz do problema”, destacou Matias.

Fonte: G1 Amapá

Bingo beneficente em prol do tratamento de saúde da jornalista Angela Andrade

Amigos e familiares se uniram e estão organizando um bingo beneficente em prol do tratamento de saúde da jornalista, Angela Andrade. O evento solidário será hoje (14), no Lagostão Drink´s, a partir das 10h. O valor da cartela é R$ 5,00.

Há quase 2 anos e meio, Angela foi diagnosticada com enxaqueca crônica (Cefaléia Aguda), desde então, já passou por três neurologistas e toma vários medicamentos, mas só vem piorando. No final do ano passado, a jornalista passou por problemas pessoais e eles agravaram sua situação”, revelou Andrade.

Angela vive a base de morfina e tramal, mas disse contar com orações de todos e o apoio para a realização do bingo. “Apesar de tudo, mesmo com dores intensas, fraqueza, sensação de desmaio a todo tempo, quero poder voltar a trabalhar e ter uma vida normal, esse é o meu sonho”, encerra.

“Amigos se reuniram e já fizeram rifa beneficente para custear meus medicamentos que são muito caros e fortes, além disso, minha alimentação é diferente com custo alto também. Nesta segunda, 8, acontecerá um grande aulão de dança no Amapá Gardem Shopping, com os Professores Ziel Araújo e Ricardo Marinho. E no dia 14 terá um grande bingo”, explicou.

Os prêmios são variados e contarão com diversas atrações como: Dani Li, Júnior Moral, Ramon Frazely , entre outras atrações.

Serviço:

Bingo beneficente em prol do tratamento de saúde da jornalista Angela Andrade
Data: 14/04 (Domingo) Horário: 10h Entrada: R$ 5,00
Local: Lagostão Drink’s
Endereço: Rua Oséas de Oliveira Pimentel, Nº 188, no bairro Jardim Felicidade I, zona Norte de Macapá.
Contato: 96 99122-7379

Fonte: Café com Notícias

Bingo em prol da saúde do DJ Serginho

Amigos e familiares do DJ Sérgio Roberto, o “Serginho”, realizarão neste domingo (7), a partir das 10h, na Associação dos Servidores do Ministério Público (Assemp), um Bingo em prol da saúde do mesmo. A iniciativa visa arrecadar fundos para que ele faça um transplante de rim. A programação contará com apresentação de música ao vivo e tocadas de muitos Djs convidados.

Serão mais de 20 prêmios sorteados no Bingo. Os participantes concorrerão a um smartphone, fogão, rodada em dinheiro, máquina de lavar, cafeteira, combo beleza no salão La Bella Pele e a muitos outros! As cartelas custarão somente R$ 5,00 e para adquiri-las você pode entrar em contato pelo no telefone: 096-981111857 ou no dia do evento.

Serviço:

Bingo em prol da saúde do DJ Serginho (com diversas atrações)
Local: ASSEMP, localizada na Rodovia Duca Serra, 520 – Alvorada, Macapá (entre a AABB e o Clube Monte).
Data: 07/05/2019 (domingo)
Hora: a partir das 10h.

Bingo em prol da saúde do jornalista Edson Cardozo – @edsoncardozo_ap

Eu e Edson Cardozo. Além de excelente jornalista, um amigo querido.

Amigos e familiares do jornalista, Edson Cardozo, promoverão hoje (17), a partir das 10h, no Clube dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Amapá (CSS -PM/AP), um bingo em prol da saúde do jornalista. A iniciativa visa arrecadar fundos para o tratamento de saúde do nosso querido amigo. A cartela do sorteio, que contará com vários prêmios, custa somente R$ 5,00.

A iniciativa é do Sindicato dos Jornalistas do Amapá (Sindjor/AP), familiares e amigos de Edson. Aliás, Cardozo é meu amigo. Conheci o cara no curso de jornalismo da Faculdade Seama, onde nos graduamos. Depois, quando eu era foca (iniciante), tive contato com o cara na Redação da TV Amapá. Ele é um baita cara porreta!

Senhor do seu ofício, Edson é um cara PHoda. Profissional respeitado e querido pela imprensa amapaense, pois já atuou como produtor de TV, assessor de comunicação, editor e revisor. Ele não ajudou somente a mim, mas muitos que tiveram a honra de dividir uma redação com Cardozo.

Prêmios: 

A amizade que nutrimos por Edson Cardozo nos une neste momento em que o amigo enfrenta o câncer. Se Deus quiser, logo, logo, ele fica legal. Contamos com o apoio de todos. Lembre-se que boas ações trazem paz ao coração e produzem sonhos felizes.

 

Serviço:

Valor da cartela: R$ 5,00
Data: 17/02/2019
Hora: das 10h às 18h
Local: Clube dos Sargentos e Subtenentes da PM (CSS), na Rodovia JK (ao lado da sede do Sinsepeap)
Locais de venda: Sorveteria Jesus de Nazaré, KIT Fotos, Palácio dos Esportes, Academia Oxigênio (Marabaixo I), Secom e SETE.

Elton Tavares

Lançamento do Bloco Au Miau nesta sexta-feira no Amapá Garden

Com objetivo de ajudar a proteger cães e gatos abandonados e que sofrem com maus-tratos , foi criado o bloco Au Miau, que alia conscientização com a folia do Carnaval. Esta sexta-feira, 15, no Amapá Garden, acontece o lançamento oficial do bloco.

Organizada pelo empresário Marcílio Dantas, que se sensibilizou com a causa após visita aos abrigos, que uniu forças com outros colegas e as ONGs: Salvação, Anjos Protetores, GATU e o Instituto Vira-latas para realizar o bloco, que contará com três eventos, o desta sexta-feira, lançamento do bloco, o do dia 03 de março, desfile de fantasias para os animais de estimação, e o da festa dos humanos, o Au Miau Folia, que acontecerá no dia 04 de março, no El Gringo, a partir das 19h. Contará com as atrações: Banda Sakarolha, Ramon The Best, Taty Taylor e Adail Junior e a bateria da Piratas da Batuca.

O abadá estará sendo comercializado na Loja do Bloco no (Amapá Garden), no Milênio Peshop (Pavocal), Clinica Petzee (Santa Rita) e Bicho Mania Petshop (Santana). O primeiro lote está no valor de R$ 40, 00. A renda levantada com a realização dos eventos e comercialização de abadas serão revestidas para ONG’s que trabalham salvando e cuidando dos animais.

Além do bloco, Marcílio Dantas aposta nas campanhas educativas apara diminuir o abandono e maus-tratos, alertar para os atropelamentos que tem número muito alto com animais e não recebem auxilio e realizar ações com os grupos que defendem a causa.

“Nosso propósito é ajudar na manutenção dos abrigos e cuidados com todos os animais, buscando um lugar digno para nossos amiguinhos e que tenham amor e carinho destes protetores”, ressalta Dantas.

Serviço:

Lançamento do Bloco Au Miau
Dia: 15/02
Hora: 19h
Local: Loja do Bloco no Amapá Garden
Informações: 96 99174-3737

FOTO: Colaboradores das ONGs
Pérola Pedrosa ( colaboradora)

Bloco do Abel quer arrecadar cinco toneladas de alimentos para doação

Criado em 2015, o Bloco Unidos do Abel é uma iniciativa de jovens amigos que acontece durante o Carnaval e utiliza a folia, com ações filantrópicas, para informar e engajar a sociedade na causa do autismo. Em 2019, além do baile, que ocorrerá dia 02 de março, assim como aconteceu em 2018, o Bloco realizará uma programação composta com entrega de donativos às instituições de apoio, realização de oficinas e palestras com profissionais da saúde.

“Esse ano queremos superar a entrega dos alimentos e ampliar a nossa rede de assistência aos autistas e outros portadores de necessidades especiais. Desde já agradecemos o apoio de todos que nos procuram para somar nessa campanha de amor. São profissionais de diversas áreas, empresários, mães e pais de autistas, gente de todo lugar querendo ajudar. ”, comenta Alice Bessa, mãe do jovem Abel.

No sábado (9), ocorrerá a inauguração da Loja do Abel no Amapá Garden Shopping, Zona Sul de Macapá, com apresentação do abadá oficial 2019 e lançamento da programação social com a rede de apoio e festiva.

Prestação de contas

No ano passado, o valor arrecadado pela venda dos abadás, apoio de patrocinadores e amigos, foi convertido em mais de três toneladas de alimentos, doados a mais de quinze associações beneficentes do Amapá, entre elas a Casa da Hospitalidade, Lar Irmãs de Bethânia, IJOMA e APAE.

Na primeira edição foram 533 quilos e na segunda, uma tonelada, e a meta de arrecadação para 2019 são cinco toneladas. Outro alvo das ações do Bloco serão investimentos para a criação do Projeto da Casa do Autista, que será uma habitação assistida para autistas adultos cujas famílias não tenham condições de ampará-los.

SERVIÇO:

Inauguração da Loja do Bloco do Abel 2019.
Data: 09.02.2019
Local: Amapá Garden Shopping.
Hora: 19h.
Contato: Assessoria de Imprensa (Agência Crível)
Mary Silva: (96) 98109-2282.
Cíntia Souza: (96) 98112-2088 | 991723889.

Seis atrações musicais: neste domingo (3), rola Rock Animal

Neste domingo (3), a partir das 16h, no Macapá Hotel, vai rolar 4º edição do Rock Animal.

O evento, iniciado em 2015, visa a arrecadação de fundos a União de Proteção aos Animais Costelinha (ONG UPAC), para ajudar animais com alimentação e tratamento veterinário.

O Rock Animal 2019 contará com seis atrações incríveis, as bandas Indigentes, Macacos Pelados, Purple Whale, Casablu, O Sósia, a cantora Alícia Sá e o duo de DJs Pupunha’s Glow. Tudo para agradar todos os gostos e, claro, para ajudar nossos bichinhos. Ingressos apenas R$10,00.

Na ocasião, a ONG receberá (de quem quiser doar) doações de material de limpeza e ração. Não importa quanto seja ou o que seja, basta que veja de coração.

Serviço:

4º edição do Rock Animal
Atrações: bandas Indigentes, Macacos Pelados, Purple Whale, Casablu, O Sósia, a cantora Alícia Sá e o duo de DJs Pupunha’s Glow.
Ingressos: R$ 10, 00.
Data: 03/02/2019.
Horário: a partir das 16h.
Local: Macapá Hotel (Avenida Santos Dumont, bairro Santa Rita)

Elton Tavares

Nota de solidariedade do MP-AP às vítimas de Brumadinho e apoio ao MP-MG

A tragédia de Brumadinho-MG causou comoção no povo brasileiro e nos membros e servidores do Ministério Público do Amapá (MP-AP), que neste momento se unem à população de Minas Gerais e à nação, manifestando sua solidariedade e fraternidade aos moradores e trabalhadores da região, em especial às famílias das vítimas e desaparecidos, em decorrência do rompimento da barragem I, da Mina do Feijão de responsabilidade da Vale do Rio Doce, ocorrido na tarde de sexta-feira (25).

O MP-AP também hipoteca o seu irrestrito apoio aos membros do Ministério Público do Estado de Minas Gerais e ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), os quais estão mobilizados no apoio aos atingidos pela tragédia e, principalmente na apuração das causas e responsabilidades do acidente, que até o momento registra 58 mortos e centenas de desaparecidos.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou a criação de uma Força-Tarefa (FT) para conduzir as investigações, mantendo a interlocução com outros órgãos, como a Procuradoria-Geral de Justiça de Minas Gerais e a Defensoria Pública da União.

O procurador-geral de Justiça do MP-AP, Márcio Augusto Alves, reforça a missão constitucional da atuação do Ministério Público na proteção ao meio ambiente, em defesa da vida e da dignidade das pessoas.

“Rogamos a Deus pelas vítimas e desaparecidos, e manifestamos nossa disposição em dar todo apoio aos membros do MP de Minas Gerais. Deixamos aqui nossos votos de fé e esperança a todos que foram afetados por tão grave ocorrência”, pontuou o PGJ.

SER SOLIDÁRIO – Crônica de Fernando Canto

Por Fernando Canto

Ao sair de casa na manhã de uma quinta-feira, a jornalista Andréia Freitas se viu numa situação inusitada. Na esquina de sua casa um casal de velhos pedia socorro aos passantes porque a senhora passava mal. Ela se prontificou em ajudar, colocou os dois no carro e foi direto para o Hospital de Emergência. No caminho a mulher se debatia e o velho rezava. Desesperada de tentar chegar a tempo e salvar a vida da mulher, Andréia tentou furar sinais, solicitando espaço aos motoristas, mostrando a urgência de ultrapassá-los, tendo os faróis e o pisca – alerta ligados. Contudo, os motoristas não a deixavam passar, o que notadamente contribuía para o atraso de sua missão àquela hora da manhã.

A duras penas chegou ao hospital gritando para que socorressem a senhora, até que alguém veio com uma cadeira de rodas ao invés de uma maca. Como tinha que dar seu expediente no trabalho, voltou mais tarde ao hospital, onde lhe informaram que senhora já havia chegado morta, após fulminante infarto que ela não percebera no trajeto.

Mesmo tentando se controlar do estresse pelo qual passara, a jornalista chegou a passar mal com a notícia, pois esperava ter salvado a mulher. Então um misto de tristeza e impotência lhe abateu.

Esta história verdadeira nos faz pensar na solidariedade de poucos heróis anônimos urbanos, ao mesmo tempo em que olhamos Macapá hoje praticamente assemelhada aos grandes centros, onde a desconfiança e a falta de urbanidade se alastram como produtos do individualismo, da competição e do medo.

Embora pequena, nossa cidade começa a ter características urbanas, não apenas pela violência nas ruas, como gangues, trânsitos e assaltos, mas por essa ausência de olhar o “outro” como olhávamos até há pouco tempo. Éramos talvez uma família pronta para ajudar os mais necessitados e aqueles que vinham de longe em busca de um lugar melhor para viver. Pelo prestígio de cada chefe de família trabalhador se podia conseguir emprego aos que chegavam “com uma mão na frente e outra atrás”. Dávamos esmolas conhecendo a realidade do pedinte e ninguém acreditava em lendas importadas de outros centros urbanos, como as que diziam serem os mendigos pessoas ricas que investiam seu dinheiro – produto da caridade alheia – em compras de casas e carros. Todo mundo conhecia o seu Chico Mocó e a Cega do Morro do Sapo, lá do Laguinho, que nem sempre pediam dinheiro, mas mantimentos para suas famílias, já que eram notórios deficientes físicos e não podiam exercer plenamente atividades rentáveis. Mas isso não era importante. O importante era ficar bem com a sua consciência solidária, certamente avivada pelos preceitos religiosos que faziam as pessoas ficarem mais felizes e cumpridoras de seus deveres espirituais.

Talvez eu esteja sendo um pouco romântico ou mesmo saudosista ao enfocar este tema. Porém, não tenho a menor vergonha de dizer, sim, que fui ajudado por amigos nas horas mais difíceis, que fui solidarizado e defendido em situações de agressões espúrias e infundadas e que sou grato a muitos, anônimos ou não, que me levantaram quando vacilei na caminhada. Embora particularize uma história, vejo que a solidariedade não sumiu totalmente da nossa vida. Observo sucessivas campanhas realizadas por instituições sérias; admiro aquelas que poderão realizar o sonho de muitos (ainda que suscitadas possíveis irregularidades fiscais na Internet), e acompanho atentamente entidades locais que têm satisfação em ajudar aqueles que necessitam.

O medo, a violência e o individualismo geram consequências atrozes, posso reiterar aqui, pois, se de um lado o ser humano torna-se mais egoísta, em função do status quo que alcança na sociedade, de outro se percebe o crescimento da miséria humana, notadamente entre uma juventude que não consegue se desvencilhar das drogas que torna os indivíduos presos a uma anomia irreversível.

Jornalista Dulcivânia Freitas precisa de sangue. Ajudem! – @DulcivaniaF

A jornalista e assessora de comunicação da Embrapa Amapá, Dulcivânia Freitas, passará por um procedimento cirúrgico no próximo dia 30, mas realizar a operação, ela precisa de sangue tipo O-, que deverão ser feitas até o dia 28 de janeiro (próxima segunda-feira).  As doações (somente deste tipo sanguíneo) podem ser feitas no Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) em nome de Dulcivânia Gomes de Freitas.

Para doar, é preciso que se dirijam ao Hemocentro e levem seus documentos de Identidade.

O horário de funcionamento no Hemoap, localizado na Avenida Raimundo Álvares da Costa, no centro de Macapá, é de 7h às 12h30. Ajudem!

Elton Tavares

Dezenas de voluntários do Programa Mãos que Ajudam doarão sangue ao HEMOAP


No dia 25 de Janeiro, sexta-feira, membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e parceiros voluntários como Piratas Estilizados, Cepres, Unifap, RL Mídia e Entidades Religiosas, por intermédio do Programa Mãos que Ajudam, doarão sangue ao HEMOAP- Hemocentro do Amapá, sito na Avenida Raimundo Álvares da Costa, 1094, Central, Macapá – AP, as doações acontecerão no período entre 8h às 12h.

Os membros da Igreja de Jesus Cristo vivem uma vida de princípios morais e limpos. Não fumam, não bebem, não usam drogas e vivem a Lei da Castidade. Podemos dizer que buscam no dia a dia Seguir a Jesus Cristo em atos e atitudes. Doações de sangue são feitas frequentemente no Brasil inteiro e o índice de aproveitamento do sangue coletado foi bem mais alto que a média.

O Mãos que Ajudam é um programa permanente de ação comunitária, que mobiliza milhares de voluntários de todas as idades, membros d´A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no Brasil, estendendo a mão a quem precisa. Em parceria com outras entidades, instituições religiosas, empresas privadas, órgãos governamentais ou organizações assistenciais, levamos alento aos menos favorecidos em asilos, orfanatos, creches, ruas e onde houver necessidade. Por meio de serviço altruísta, doamos parte do nosso tempo para levar esperança onde existe aflição, alívio onde há dor e amor onde há desprezo.

O exemplo é capaz de mobilizar aqueles que as palavras não convencem, junte-se a nós: Mãos que Ajudam a Salvar Vidas.

Informações
Kleber Sainz (96) 99199 -1241

Hemoap reforça campanha de doação de sangue no período das festas de fim de ano

Foto: Karol Levy/Sesa

Por Jamylle Nogueira

O Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) iniciou a campanha “Seja você o melhor presente. Doe Sangue”. O objetivo é conscientizar a população a doar sangue neste período de festas de fim de ano, uma vez que o fluxo de doadores diminui e, consequentemente, há uma queda de 30% no estoque de bolsas de sangue.

De acordo com o diretor-presidente do Hemoap, Sávio Guerreiro, as pessoas que já são cadastradas no instituto serão acionadas via telefone para participarem deste momento e, os novos doadores serão captados através da divulgação da campanha na mídia.

Guerreiro aponta que além das festas de fim de ano, outros fatores que contribuem para a diminuição das doações, é o período de chuvas e férias escolares. “Com o clima e diversas formas de entretenimento, temos poucas pessoas que procuram a unidade”, constatou o diretor-presidente do Hemoap dizendo que o quantitativo de bolsas costuma cair de 100 para 70 doações diárias.

Sávio ainda alerta para a importância de o doador de sangue não ingerir comidas gordurosas e bebidas alcoólicas nas últimas 24 horas antecedentes à doação. Duas horas antes e depois também não é recomendado fumar. Também é necessário que a pessoa tenha dormido, no mínimo, 6 horas. E no dia de doar sangue esteja bem alimentado e com o peso acima de 50kg.

A idade recomendada para doar sangue pela primeira vez é de 16 a 60 anos, no caso de menores de idade é primordial que estejam acompanhados dos responsáveis. Após tornar-se um doador de sangue, a pessoa poderá fazer este ato até os 69 anos de idade.

Além dessas recomendações, as pessoas recebem orientação nutricional para saber qual a forma certa de se alimentar e cuidar da própria saúde, além de outras assistências que vão detectar se a pessoa está apta para ser tornar um doador de sangue.

O horário de funcionamento do Hemoap para doação de sangue é de 7h30 até as 12h de segunda a sexta-feira. Nos dias 24 e 31 de dezembro, véspera de Natal e Ano Novo, respectivamente, o instituto terá funcionamento normal.

Cia SuperNova realiza ação social no bairro Infraero I

Durante todo o ano, a Cia. Supernova de Teatro Experimental realiza diversos projetos culturais voltados para a comunidade, e para celebrar as festas de fim de ano a CIA estará realizando hoje (21), a partir das 18h, a Ação Social Natal Solidário. Com entrega de brinquedos,cestas básicas e muita programação cultural!

A programação irá acontecer no ateliê cultural da supernova no Bairro Infraero I. A Zona Norte de Macapá concentra comunidades que vivem uma realidade diferenciada e de alta vulnerabilidade social, com esta ação cultural, a Supernova pretende proporcionar momentos de brincadeiras, contação de histórias para as crianças da comunidade.

A companhia está procurando parceiros para ajudar nessa ação. Quem estiver interessado em ajudar entrar em contato pelo número 98115-2710.

Adryany Magalhães
Assessora de Comunicação/Cia SuperNova
99144-5442

MP-AP participa de mais uma edição da campanha “Papai Noel dos Correios 2018”

O Ministério Público do Amapá (MP-AP) participa de uma série de ações visando promover um Natal mais feliz para crianças da capital amapaense. Dentre as iniciativas, aderiu ao projeto “Papai Noel dos Correios 2018”, que envia as cartas com os pedidos às instituições parceiras. A entrega dos presentes doados pelos membros e servidores do órgão ministerial foi nesta tarde de terça-feira (18).

A produção dos bilhetes é uma forma de incentivar a elaboração textual entre as crianças contempladas com a ação. Pois além da entrega dos presentes, o projeto visa promover a educação. Há 29 anos os jovens são atendidos pelo programa.

O MP-AP está envolvido com ação para proporcionar à comunidade, no caso as crianças, um Natal de alegria e mantendo viva a tradição idealizada pelos Correios. Os membros e servidores do Ministério Público abraçaram a causa para realizar o sonho das crianças que acreditam no espírito natalino.

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]