E Darth Vader escreve para o Papai Noel

Querido Papai Noel…
 

Eu não fui exatamente um mal menino este ano. Na verdade, diminuí em 50% meus assaltos a mão armada, 70% os assaltos a banco e até que não matei ninguém… (mas por favor, desconsidere esta última parte se você receber esta carta entre os dias 25 e 26).
 
Apenas briguei com meus vizinhos nada galácticos uma vez por semana (ou duas, mas quem está contando?) e chamei o órgão fiscalizador umas 100 vezes… Nada mal para um ano com 365 dias.
 
Também este ano, resolvi dar um tempo com Mestre Yoda e consegui até que ele fizesse um comercial japonês. Meu filho Luke, infelizmente, não compartilhou desta alegria e continua chateado comigo… não sei se fazendo Eurotrip ou ainda vagando pelo deserto de neve… Certas coisas são complicadas nesta idade…
 
Quanto aos meus planos de dominar o Universo, ainda estou pensando nisso melhor. Com a vinda de um Novo Ano, a palavra agora é planejamento e, uma vez me disse Solo, tenho que me preparar para ataques-surpresa do lado chato da Força – e é claro que não estou falando do meu.
 
De mais a mais, queria pedir de Natal muita Força para mim. Acho que eu mereço, no mínimo porque há anos paro tudo que estou fazendo para reger a Orquestra Sinfônica Brasileira e a Islandesa… e não ganho um tostão por isso.
 

Isso sem contar que até desfilar no Carnaval deste ano eu fui, veja só minha entrada triunfal com a Unidos da Tijuca:
 
Enfim, Noel, só uma última coisa: deixa de ser chato, velho, e venha para o Lado Negro da Força!
Darth J. Vader
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*