Eu odeio papo furado

papo-furado

Quem me conhece, sabe: tenho palavra. E odeio papo furado. Tento manter uma boa relação com todos, mas não gosto de blá, blá, blá. Porrada dada e palavra dita não tem volta. Pois ao contrário de Cazuza, “mentiras sinceras” NÃO me interessam.

Só que tem gente que retrocede e no ápice do papo furado, lhe elegem como “Pateta” e a si próprios como Mickey. É um tal de migué pra cá e blau errado pra lá. Ou seja, lhe tiram pra otário. Ledo engano. Comigo a coisa é valendo. E muito!

Fica a dica.

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *