Fórum de Gestão discute estratégias para melhorias do Judiciário do Amapá para os próximos cinco anos

0forum_gestao_59

O I Fórum de Gestão Estratégica da Justiça do Amapá aconteceu no plenário do TJAP, na manhã desta segunda-feira (09). O propósito fundamental foi debater a atuação do Judiciário amapaense e colher propostas de soluções conjuntas com os órgãos que integram a rede da Justiça estadual.

Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça, apresentados no Fórum, o nível de excelência em investimentos na Justiça local, à efetivação da prestação jurisdicional nos últimos cinco anos, reflete nos resultados entre os primeiros no ranking nacional em eficiência e qualidade.

“Atingimos os primeiros lugares, ótimo. Mas, isso não deve nos acomodar. Tem muito espaço que precisa e deve melhorar. Prosseguir no refinamento do que já se conquistou é o que se pretende. E ir além exige uma integração de todos os intervenientes no intuito de realizar e promover Justiça”, afirmou o expositor do Fórum, Joel Solon, ex-diretor do Núcleo de Gestão Estratégica e Projetos do Conselho Nacional de Justiça.0forum_gestao_41

0forum gestao 2No evento, representantes do Executivo, Assembleia Legislativa, Ministério Público, Procuradoria de Justiça, Defensoria Pública, OAB, Associação dos Magistrados, Associação dos Servidores da Justiça do Amapá, Unifap, Segurança Pública, Secretaria de Políticas para as Mulheres, Pastoral da Terra, Fecomércio, Polícias Civil, Militar, Federal e Corpo de Bombeiros, Conselho da Criança e do Adolescente, e Associação de Moradores, discutiram propostas ante aos desafios a serem enfrentados pelo Poder Judiciário no período de 2015 a2020.

Essa integração no Fórum possibilitou aos participantes discutirem e apresentarem propostas que podem nortear os passos e ações futuras do Judiciário.0forum_gestao_50

O Presidente do TJAP, Desembargador Carmo Antônio de Souza ressaltou a importância de outros órgãos compartilharem da iniciativa de tamanha relevância para a sociedade em geral.

A Desembargadora Sueli Pini, que assume a gestão do TJAP a partir de março, também destacou como necessária para planejar o futuro, a possibilidade de “colher subsídios ouvindo os atores que circundam o Judiciário”.

O representante do executivo estadual, secretário de planejamento, Antonio Teles Júnior, parabenizou o Judiciário pelo convite para participar da formulação do planejamento estratégico da Instituição, que visa o bem comum.0forum_gestao_2

Na ocasião o deputado Moisés Souza, presidente do Legislativo estadual, destacou que o desenvolvimento de um Estado passa por um planejamento sério, e a postura do TJAP vem capitanear os demais órgãos públicos.

Dentre outras manifestações, a titular da Promotoria de Defesa da Mulher, promotora de Justiça Alessandra Moro, destacou que a integração entre as instituições vai promover melhor qualidade dos serviços à sociedade, vez que muitos são os problemas que afetam todas as classes.

Em seu enfoque, Gastão Callandrini, secretário de segurança pública do Amapá, também deu ênfase à aproximação entre os órgãos na construção de seus planejamentos estratégicos particulares.0forum_gestao_103

A vice-presidente da Associação de Moradores do bairro Brasil Novo, Elisângela Silva, disse que tomou conhecimento do Fórum de Gestão Estratégica por meio da mídia. Sem perda de tempo ela veio acompanhar a discussão. Concedido o direito de se pronunciar, ela falou das mazelas e aflições de seu bairro e das corridas pedindo melhorias. Elizângela agradeceu feliz a oportunidade de ser ouvida pelos participantes do Fórum.

Ao final a Desembargadora Stella Ramos enalteceu a postura e disposição da representante do Brasil Novo de comparecer para dar sua contribuição.

Os trabalhos prosseguirão até o mês de março com a apresentação dos resultados e efetivação dos projetos para os cinco anos seguintes.

Texto: Edson Carvalho
Fotos: Adson Rodrigues

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*