Mais de 500 pessoas são atingidas com cheia dos rios no Amapá

RTEmagicC_enchente-gencia-ap_01.jpg (1)

Por Paula Monteiro

O inverno amazônico castiga os municípios do interior do Amapá devido às fortes chuvas. O volume extra de água levou o transbordamento dos rios Amapari, Araguari e Jari nos municípios de Serra do Navio, Pedra Branca do Amapari e Ferreira Gomes, o que deixou a Defesa Civil Estadual em alerta.

Desde as primeiras ocorrências, em fevereiro deste ano, 515 pessoas foram atingidas pelas cheias dos rios, o que totaliza 112 famílias. E o número só tem aumentado. Em fevereiro, apenas 133 pessoas foram afetadas em áreas urbanas e mais 133 nas zonas rurais, totalizando 66 famílias. “As famílias receberam atendimento local e está tudo normalizado. Os municípios do Sul do Amapá, Laranjal do Jari e Vitória do Jari, somente neste primeiro teve quatro famílias desalojadas que foram colocadas em abrigos, mas já retornaram aos seus lares”, afirmou o tenente Domingos Picanço.

Picanço também alerta para os riscos após as cheias. “Nós fizemos o levantamento ano passado e enquanto estivermos no inverno amazônico há possibilidades de enchentes devido às chuvas. Mas nossa preocupação não é somente com as inundações, mas sim com as doenças que surgem após, como diarreia e leptospirose”, frisou.

A Defesa Civil Municipal faz visitas periódicas para o monitoramento do rio e repassa para a Estadual. São distribuídas réguas aos municípios e conforme a água vai subindo observa-se a proximidade com os pontos de alerta.

Fonte: Portal Amazõnia

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*