Mesários que não receberam a carta convocatória devem comparecer à Casa da Cidadania, informa Justiça Eleitoral

14064215_925249640931849_7793948489992152847_n

As 2ª e 10ª Zonas Eleitorais de Macapá informam aos cidadãos que trabalharam como mesários em outros pleitos e aos que se inscreveram para atuar na referida função nas Eleições Municipais 2016, que não receberam a carta convocatória via Correios, que eles devem deverão comparecer à Casa da Cidadania.

De acordo com a chefe de cartório da 10ª Zona, Ana Bela Oliveira, o motivo do não recebimento das cartas por parte dos mesários pode ter ocorrido pela mudança de endereço do cidadão e não informada à Justiça Eleitoral. Assim como o fato dos Correios não encontrarem a residência do cidadão, convocado ou inscrito, via site do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP).

“Pedimos a todos os cidadãos de Macapá que se inscreveram para trabalhar como mesários nas Eleições 2016 ou que já atuaram nesta função em outros pleitos, que não receberam a carta convocatória pelos Correios, que compareçam à Casa da Cidadania, para que possamos confirmá-los para o processo eleitoral que se aproxima, para que possam fazer parte do treinamento, previsto para setembro próximo”, disse a chefe de Cartório da 10ª Zona Eleitoral.

A Casa da Cidadania fica localizada na Avenida Mendonça Junior, Nº 1452, no centro de Macapá. O órgão, que abriga a 2ª e a 10ª Zonas Eleitorais, funciona no horário das 8h às 19h, de segunda a sexta-feira. Já nos sábados, domingos e feriados, o expediente é das 14h às 19h.

Ao todo, cerca de 6.144 mesários e 474 coordenadores de mesas receptoras atuarão nas Eleições Municipais 2016.

Benefícios para os cidadãos que trabalharão nas Eleições 2016

Os eleitores que trabalharão como mesários voluntários receberão certificados. Como em todo pleito, a maioria será de estudantes e as horas de atuação nas Eleições contarão como carga horária nas disciplinas complementares. Universitários se beneficiarão com até 30 horas acadêmicas, sendo 15 por turno.

Eles serão dispensados do serviço na data do treinamento e do pleito, mediante declaração expedida pela Justiça Eleitoral. Ainda serão contemplados com folga pelo dobro dos dias trabalhados, incluídos os dias de treinamento, sem prejuízo do salário, vencimento ou qualquer outra vantagem.

Treinamento

Os mesários aprenderão ensinamentos teóricos e práticos das seguintes temáticas: funcionamento da seção, funcionamento da urna eletrônico, identificação por meio do processo biométrico, entre outras atribuições dos mesários.

Serviço:

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Elton Tavares
Assessoria de Comunicação e Marketing
Fones: 2101-1504/84059044/91474038

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*