MP Comunitário organiza nova ação no Conjunto Habitacional Mucajá

MPAP

Atendendo convite dos representantes do conjunto Mucajá, o programa “MP Comunitário”, do Ministério Público do Amapá (MP-AP), participou de uma reunião, realizada no Superfácil do bairro Beirol, na noite do último dia 05, com 26 síndicos do conjunto habitacional e a diretoria da Associação dos moradores do Beirol, cuja pauta tratava de nova ação do MP na comunidade.

Em função das constantes notícias de violência e criminalidade envolvendo moradores do conjunto, os síndicos e as lideranças das associações comunitárias solicitaram ao MP-AP uma intermediação junto à Prefeitura de Macapá (PMM), Governo do Estado (GEA) e a outras instituições responsáveis pela segurança pública.

Na reunião, ficou programada uma conferência para o dia 18 de dezembro, no auditório da Promotoria de Justiça de Macapá, onde serão discutidos os principais problemas enfrentados pela comunidade e o levantamento das possíveis soluções. Serão convidados representantes do GEA, PMM, Caixa Econômica, Fecomércio e promotores de Justiça das áreas da Infância, Cidadania e Segurança.

Ficou programada também, uma ação sociocomunitária para o dia 19 de dezembro, com a participação de várias instituições parceiras, quando serão realizados atendimentos nas áreas da saúde, cosmética, esporte, lazer e cultura.

Para o promotor de Justiça André Araújo, esta ação promove os direitos de cidadania e a dignidade dos moradores do Mucajá, carentes de oportunidades e de melhores condições de vida. “Encerramos as atividades de 2014 do MP Comunitário chamando a atenção das autoridades para os problemas sociais de uma comunidade de mais de 3000 pessoas, no centro de Macapá”.

Assessoria de Comunicação do MP-AP

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *