No Dia Nacional do Teatro, DaLua defende valorização do artista cênico

teatro-1

O deputado Pedro DaLua defendeu nesta segunda-feira, 19, o fortalecimento do teatro amapaense, com a criação de espaços para espetáculos, inclusive de caráter experimental. Ele elogiou a criação do curso de Teatro na Universidade Federal do Amapá (Unifap) mas disse que é preciso ir além. “É preciso garantir que o artista não seja marginalizado mas valorizado como profissional, como em qualquer outra área”, defendeu.

Ele destacou a luta de artistas que há anos militam nas artes cênicas e prometeu lutar pelo investimento em espetáculos locais, não apenas em períodos sazonais. “O teatro amapaense não se resume aos autos exibidos durante a semana santa ou ao Bar caboclo. Temos obras dramáticas que não puderam ser mostradas pela dificuldade na captação de recursos”.

Origem

O Dia Nacional do Teatro é celebrado em 19 de setembro. O costume de assistir teatro começou com a chegada da Família Real ao Brasil em 1808. O rei convidava companhias estrangeiras para apresentarem seus espetáculos aqui. A partir do Século XIX tem início a comédia de costumes, com destaque para os textos de Martins Pena. Logo em seguida apareceria o Teatro de Revista.

Assessoria de Comunicação do deputado Pedro DaLua

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*