O TCC da minha mãe e sua vitoriosa história


Já falei aqui, em muitos textos, sobre a minha mãe, Maria Lúcia Vale Cardoso. Dia desses, mexendo em documentos antigos, ela achou o seu Trabalho de Conclusão de Curso (o famigerado TCC). 

Minha genitora é formada em Licenciatura em Pedagogia e Orientação Educacional, pela Universidade Federal do Pará (Ufpa). A graduação foi concluída em 1990, no então Núcleo da Ufpa em Macapá, que depois se tornou Universidade Federal do Amapá (Unifap). 

Pois bem, até aí, nada de “ó, que coisa”. Mas o grande lance é que, na época que mamãe começou a cursar seu nível superior, Emerson, meu amado irmão caçula e eu, éramos crianças. E demos muita dor de cabeça a ela. Sem falar na dificuldade financeira que meus pais enfrentavam na época (anos antes, meu pai tinha perdido o emprego e mama segurou a onda sozinha). 

Foram dias difíceis aqueles. Mas para nós, não. Meu irmão  e eu sempre tivemos tudo que estava ao alcance dos meus velhos. Era um lance meio filme “A vida é bela”, eles estavam até a tampa de dificuldades, mas Emerson e eu estudávamos no Santa Bartolomea (escola particular bastante cara na época), tínhamos brinquedos e éramos levados para passear, lanchar, etc. 

Enfim, tivemos uma infância feliz. Escrevi este texto por ter me emocionado com a dedicatória no TCC. Ela diz: “A meu esposo, José Penha, a meus filhos Elton e Emerson, pela compreensão, carinho, paciência e dedicação no decorrer do curso”. 

Que nada, mãe! Nós é que agradecemos por você cuidar de nós, mesmo com tantas dificuldades impostas e ainda alcançar sua formação universitária. 

Maria Lúcia é exemplo de superação e determinação. Natural de uma família muito humilde, começou a trabalhar ainda adolescente, no comércio da antiga Macapá. Cidade onde nasceu,  casou-se, estudou, criou os filhos e avelhanta-se (ela está muito bem para alguém que caminha para a sexta década) com muita dignidade. Foi lojista, professora e orientadora educacional. 

Com toda a certeza, o sacrifício valeu a pena. Obrigado por tudo mãe, nós te amamos!

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *