Poema de hoje

Foto: Elton Tavares
Poema (Hemisférios da Estação)
Se renda aos meus presságios
Aprenda com as falhas do tempo
Não deixe que o futuro desista do presente
Nem que as condições dos dias piorem lentamente
E se ainda assim uma tempestade em ti fizer
Viva seu caminho por onde ela estiver
Preenchendo o álbum da vida por partes
Em qualquer fase da lua,
Em qualquer equinócio…
Que no equador da paixão
Jamais divida essa emoção
Que no Sul esquente todo seu ser
No Norte me areje perto de você
Que não seja frio ou quente,
Muito menos um morno aparente
Deixando tudo um extenso por intenso…
Se for pra ser triste que seja por muita tristeza
Se for pra ser feliz que seja por muita felicidade
Fazendo do coração o lugar hospitaleiro de puros sentimentos
Já o rude da vida deixe somente para os rudes de coração
E em você o melhor se apegue no seu ser…
Deixando assim somente as melhores,
As mais belas,
As mais ousadas
E lindas estações do coração…
By Weverton O. Reis
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*