Polícia Civil do Amapá recebe seis novas viaturas

Foto: Márcia do Carmo.
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, entregou, nesta quinta-feira, 31, em frente ao Palácio do Setentrião, seis viaturas à Polícia Civil do Estado. A aquisição dos veículos é fruto de convênio entre a Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

A medida faz parte da estruturação dos Centros Integrados de Segurança Pública (Ciosp’s). O objetivo é a melhoria do policiamento ostensivo motorizado no Amapá.

O acordo, no valor de R$ 1 milhão repassado pela Senasp, conta com contrapartida de R$ 260 mil do governo do Estado. Ele também afirmou que o convênio prevê ainda aquisição de seis viaturas tipo pick-up, coletes a prova de bala, motos e 50 pistolas PT 100.40, que estão em processos de compra. No ano passado, o convênio contemplou a Polícia Militar do Amapá (PM/AP) com 22 motocicletas.

Para o governador, somente com investimento na estruturação da Segurança Pública, que a criminalidade pode ser combatida. Camilo Capiberibe enfatizou que o convênio possibilita que o efetivo de policiais tenha condições de trabalho.

“Estas viaturas garantirão atendimento rápido e efetivo às chamadas recebidas pela polícia. Queremos garantir a paz e a tranquilidade do cidadão amapaense. Continuaremos trabalhando e dando todo o apoio aos órgãos da Segurança Pública do Amapá”, pontuou Camilo Capiberibe.

Além do governador, prestigiaram o evento o delegado geral da Polícia Civil, Tito Guimarães, o comandante da PM/AP, coronel Rezende, secretários de Estado, imprensa e sociedade amapaense.

“A obtenção destes veículos mostra a determinação do governador Camilo Capiberibe em aparelhar a Polícia do Estado”, destacou Tito Guimarães.

Compromisso

Conforme o governador, ele disponibilizará nos próximos dois meses, um repasse de R$ 1 milhão para a PM/AP. O recurso será empregado em viaturas e aparelhamento dos policiais militares, para que eles possam desenvolver suas atividades da melhor forma possível. Camilo disse ainda que no segundo semestre de 2011, serão efetivados 120 aspirantes, que serão soldados da corporação da Polícia Militar.

“Pretendemos reforçar a PM/AP. Aumentaremos o efetivo policial. Até julho deste ano, equiparemos as polícias do Estado para a melhoria da nossa Segurança Pública”, enfatizou o governador.
Foto: Márcia do Carmo.

Falta de responsabilidade

O governador explicou que este convênio quase foi perdido, por conta da irresponsabilidade da gestão passada, que não honrou a contrapartida do Estado para a concretização da parceria.

“Não podemos perder recurso federal. Principalmente para a Segurança Pública. Por isto estamos honrando a contrapartida do convênio”, disse Camilo Capiberibe.

Iapen

O governo do Estado também retomou as obras no Instituto e Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Os serviços adéquam o órgão com o objetivo de melhorar a ressocialização dos internos. Outra medida executada no Iapen foi a parceria entre o Sistema Prisional e Polícia Militar, que neutralizou as fugas no presídio.

Elton Tavares
Assessor de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*