Previsão aponta chuvas intensas somente a partir de fevereiro, no AP

chuvapracaralho

Por Jessica Alves

Um boletim do Núcleo de Hidrometeorologia e Energias Renováveis do Instituto de Estudos e Pesquisas do Estado do Amapá (NHMET/Iepa) aponta que o período de chuvas mais intensas deverá ocorrer somente a partir do mês de fevereiro no Estado. Segundo o estudo, o fenômeno El Niño irá interferir na alta temperatura no primeiro bimestre de 2015.

De acordo com o meteorologista Daniel Neves, coordenador do núcleo, no Amapá o volume de chuvas registrados foi, até o dia 19 de janeiro, de 90 milímetros. A previsão aponta que este volume poderá alcançar entre 100 e 200 milímetros até o mês de março. Apenas os municípios de Oiapoque, Calçoene, Amapá, Tartarugalzinho e Pracuúba recebem maior quantidade de chuvas, em comparação aos demais municípios, completa o meteorologista.

“Em 2014 o mês de janeiro registrou um volume de chuvas semelhante a este ano, ou seja, baixa quantidade. Este período não costuma registrar grande volume de chuvas, apenas um tempo nublado e abafado, com alta sensação térmica. Somente no mês de fevereiro essa quantidade aumenta consideravelmente, se firmando em março”, explica.

Até lá, segundo o núcleo, as temperaturas deverão continuar acima da média na maioria dos municípios amapaenses. Nesta segunda-feira (19) em Macapá foi registra temperatura máxima de 31ºC, com sensação térmica de 36ºC. O tempo nublado, afirma Neves, aumenta a umidade e diminui a quantidade de ventos, elevando a sensação térmica.

O fenômeno El Ninõ é o fator responsável por essa alta temperatura. “Ele atinge a região do Oceano Pacífico e gera impactos na região Norte do Brasil, como estiagem e aumento na temperatura”, diz. Neves completa que as chuvas também ficarão abaixo da média em outros estados brasileiros, como Maranhão, Amazonas, Pará e Tocantins. No Amapá, segundo ele, o período de chuvas intensas poderá encerrar em julho.

Fonte: G1 Amapá

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*