PSOL escolhe Randolfe Rodrigues para disputar Presidência em 2014


O senador Randolfe Rodrigues (AP) foi escolhido neste domingo (1º) no congresso do PSOL para concorrer como candidato do PSOL a presidente da República em 2014. Ele criticou as atuais pré-candidaturas e disse que buscará aliança com outros partidos de esquerda, como PSTU e PCB.

Randolfe concorreu à indicação com a ex-deputada do Rio Grande do Sul, Luciana Genro. O nome do senador foi escolhido durante o 4º Congresso Nacional do PSOL, em Luziânia (GO).

As convenções partidárias que divulgarão oficialmente os candidatos só poderão ocorrer a partir de 10 em junho, conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral. Somente a partir dessa data, portanto, Randolfe poderá ser considerado candidato.

O senador criticou os prováveis candidatos que disputarão o pleito do ano que vem, como a presidente Dilma Rousseff (PT), o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) e a ex-ministra Marina Silva (PSB). Para Randolfe, esses nomes não trazem mudança ao modelo político atual.

“Esse modelo não teve mudança, não teve ruptura desde o final da ditadura militar. É um modelo que mantém um padrão de desenvolvimento econômico, que tem levado ao país a não ter crescimento. Que tem mantido o nosso país como a 95ª nação do planeta no ranking da Unesco”, afirmou o senador após congresso do PSOL.

Ainda de acordo com Randolfe, o PSOL pretende “abrir diálogo” com outras legendas da esquerda, como PSTU e PCB, e com movimentos sociais, entre eles o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra.

“Vamos começar a construir uma agenda e um programa de governo, envolvendo o partido e envolvendo esses setores sociais”, afirmou o futuro candidato.

O PSOL também escolheu Luiz Araújo como novo presidente nacional do partido. Ele é professor da Universidade de Brasília (UnB) e assessor de Randolfe Rodrigues no Senado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *