Arthur Moreira Lima leva música clássica a 6 municípios amapaenses em seu Um Piano na Estrada

Pianista Arthur Moreira Lima – Imagem Google.
Pianista de renome nacional e internacional, Arthur Moreira Lima traz ao Amapá, no mês de setembro, o seu “Um Piano na Estrada”. Com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Cultura, o caminhão-teatro vai realizar concertos nos municípios de Macapá, Santana, Ferreira Gomes, Tartarugalzinho, Calçoene e Oiapoque.

O concerto tem cerca de 1h30 de duração. No repertório, obras de Bach, Mozart, Beethoven, Chopin, Liszt, Pixinguinha, Villa-Lobos, Ernesto Nazareth, Luiz Gonzaga, Astor Piazolla, entre outros compositores, além da Grande Fantasia Triunfal sobre o Hino Nacional Brasileiro. Um espetáculo para o povo, gratuitamente. O projeto vem de encontro com a proposta da Secretaria de Estado da Cultura do Amapá, cuja principal ação é a de descentralizar a cultura, formar público e difundir a arte.

Num fato inédito na música clássica no Brasil, o pianista Arthur Moreira Lima criou seu caminhão-teatro como forma de levar a música de concerto aos mais diversos públicos. No veículo, o pianista já realizou mais de 300 apresentações, levando cultura a quase um milhão de pessoas, em cerca de 170.000 km de percurso pelo País.

Arthur Moreira Lima

Considerado uma das mais importantes personalidades da cultura brasileira, Arthur Moreira Lima projetou-se internacionalmente no Concurso Chopin de Varsóvia (1965). Laureou-se também nos Concursos de Leeds (Inglaterra 1969) e Tchaikovsky (Moscou 1970). Desde então tem feito turnês em todos os continentes, lotando as principais salas de concerto do mundo.

Entre as orquestras e regentes famosos com quem já tocou estão as Filarmônicas de Varsóvia, Leningrado e Moscou, as Sinfônicas de Berlim, Viena, Praga, BBC de Londres, National da França, entre outros.

Nasceu no Rio de Janeiro, Arthur Moreira Lima começou a estudar piano aos seis anos, e já aos nove tocava um concerto de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira. Seus mestres foram Lúcia Branco (Rio de Janeiro), Marguerite Long (Paris) e Rudolf Kehrer (Conservatório Tchaikovsky de Moscou).
 


Sua obra brilhante e seu projeto Um Piano na Estrada foram destaque na mídia nacional e internacional: Programa Jô Soares, Fantástico, Programa Mais Você, revista Trip, revista Caras, Domingão do Faustão, TV estatal do Canadá, entre outras.

No Amapá, os concertos serão realizados nos seguintes municípios, os locais estão sendo definidos:

Macapá – 15 de setembro
Santana – 16 de setembro
Ferreira Gomes – 17 de setembro
Tartarugalzinho – 19 de setembro
Calçoene – 21 de setembro
Oiapoque – 23 de setembro

Rita Torrinha
Ascom/Secult

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*