II poema de hoje: E se foi em uma noite chuvosa…


E se foi em uma noite chuvosa… 

Passou o dia em um inferno sem fim…
Trabalhou pouco, escreveu mal…
Pensou em brincar na neve… lembrou o Natal…
Viu sua filha virar puta… Ufa! Não era ela, afinal…

Fez o rancho da feijoada, esqueceu a tintura…
Foi pintar o cabelo, a grana num dava para unha …
Saiu para voltar para casa… e voltou para a sua…
A mulher não estava lá… e sim na rua…

Publicou em um blog… fez sua parte…
Redefiniu sua vida… escreveu uma carta…
Resumiu o que não sentia… E perdeu sua arte…

A chuva lá fora emana umidade,
A vida é pequena, querida…
E ela fica triste e tem saudades…

Darth J. Vader
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*