Música de agora: Quando O Amor Era Medo – Frejat

Quando O Amor Era Medo – Frejat

No fim do túnel tudo escuro
ela me procurando com o olhar
mas as flores não chegaram
quando deveriam chegar

A tarde quer mais que um susto
a noite me pega no contrapé
seu beijo acelerando o meu pulso
amanhã só faço o que eu quiser

Quando o amor era medo
eu achava melhor acordar sozinho
quando o amor era medo
a vida era andar por entre espinhos

Todo doente pede uma enfermeira
com peitos grandes e amor pra dar
nem toda sombra vem da palmeira
nem toda água desagua no mar

As vezes você se comporta
como se não estivesse a fim
as vezes você se comporta
não sei o que você espera de mim.

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*