Poema de agora: GUERREIROS DE TERRACOTA – Marven Junius Franklin

GUERREIROS DE TERRACOTA

ao amanhecer
uma locomotiva voadora
pousa em um certo quarto acanhado

além dos motorneiros
ela transporta guerreiros de terracota
equipados de belicosas
armas mediévicas
que atacarão um país inimigo
em uma hipotética incursão militar

de repente
ao fundo
escutar-se
um grito de advertência:

filho
é hora do banho
você tem escola agora!

e os corajosos guerreiros
voltam ao velho baú!

Marven Junius Franklin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *