Poema de agora: PERFEIÇÃO – Marven Junius Franklin

Imagem: Rafael Silveira (artista mistura o real e o surreal, criando um mundo mágico e cheio de cor).

PERFEIÇÃO

Por acaso
o entardecer
alamedas coalhadas
de rosas brancas
(Dona Isabel
varre o alpendre
do velho casarão).
No fio de eletricidade
as andorinhas
dialogam sobre destinos
(a lua espia
o silêncio e eu durmo
pleno de poesia).

Marven Junius Franklin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *