Poema de agora: Transição – @rostanmartins

Transição

Todo coletivizar das coisas indecentes,
Toda profanação das coisas “sagradas”,
Todo esse “mundo velho” tapeado,
É prenunciação de novo cosmos,
Novo renascer do mundo.
Do nosso mundo,
Do microcosmos.
Otimismo!
Profanar roubos,
Socializar políticos corruptos,
Coletivizar bandidagens,
A imoralidade,
Constitui a transição.

Rostan Martins

 

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*