Prefeito participa de abertura dos projetos sociais “Anjos da Guarda” e “Bombeiro Civil Mirim”

DSC2

O prefeito Clécio Luís participou no sábado, 9, da aula inaugural dos projetos sociais “Anjos da Guarda” e “Bombeiro Civil Mirim”. A cerimônia aconteceu no Complexo Macapá Criança e contou com a presença da comunidade do bairro Pedrinhas, secretários municipais, além da presidente do Conselho Tutelar da zona sul, Huelma Medeiros e da presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Fabíola Rocha.

“Anjos da Guarda” é destinado a adolescentes carentes, na faixa etária de 11 a 15 anos, que são atendidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras), vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast). “Eu mesma peguei meus documentos, tirei cópia e trouxe minha mãe aqui para fazer minha inscrição no projeto ‘Anjos da Guarda’. Estou muito ansiosa para começar, sei que vou aprender bastante coisa”, disse Rachiele dos Santos, 11 anos.

O coordenador do “Anjos da Guarda”, Marco Antônio Couto, destacou que o projeto existe desde 2009 no distrito de Fazendinha. “Ele DSC1surgiu das rondas que eram feitas pela Guarda Municipal, onde era comum ocorrência com jovens. Essa foi uma forma de ocupá-los. Mais de 400 pessoas já fizeram parte desse projeto”.

“Bombeiro Civil Mirim” tem o objetivo de proporcionar atividades que auxiliem na formação integral das crianças e adolescentes de famílias em estado de vulnerabilidade social, na faixa etária de 8 a 15 anos. O comandante do Corpo de Bombeiro Civil, José Augusto Oliveira, destacou que os alunos terão noções de primeiros Socorros e de combate a incêndio. “As crianças terão noções de civismo e outras atividades. Não posso deixar de agradecer a Prefeitura de Macapá pelo apoio, pois sem isso, não seria possível a realização dessas atividades”.

Tiago Sérgio Silva, 8 anos, disse que não vê a hora de aprender a nadar e também quer saber 10254999_300214800134543_1019557301417545630_nmais noções de primeiros socorros. “Quero logo que chegue segunda-feira para iniciar as aulas do projeto”, contou. As atividades que serão oferecidas são: acompanhamento escolar; noções de primeiros socorros; educação para o trânsito; ética e civismo; combate a incêndio; educação ambiental, antidrogas, sexual e religiosa; informática; educação à cidadania; jogos; recreações e curso de artesanato.

Segundo a secretária municipal de Assistência Social e do Trabalho, Suênia Bezerra, o objetivo é promover ações socioeducativas para crianças e adolescentes em situação de risco social. “Logo que assumi a Semast, uma das primeiras missões dadas pelo prefeito foi arrumar uma forma de trazer a população para o Macapá Criança por meio de diversas atividades, e hoje estamos concretizando com a aula inaugural desses dois projetos”.sC1RASuVXxA

O prefeito Clécio Luís enfatizou que, quando assumiu, o Complexo Macapá Criança estava inacabado e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pedia a devolução do recurso porque a obra não estava concluída. “Conseguimos negociar com o banco, terminar e entregar à sociedade. Esse espaço foi vocacionado para atividades e projetos como esses que estão iniciando hoje. Eu tenho certeza que ainda vamos utilizar esse espaço do Macapá Criança para muitas outras atividades, pois acredito que só fazendo parcerias como essa, com o Corpo de Bombeiros, vamos conseguir vocacionar esse espaço para o que realmente ele foi criado”.

Adryany Magalhães/Asscom PMM

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*