Trabalhadores portuários de Santana recebem a 1ª dose da vacina contra a Covid-19

A Prefeitura de Santana iniciou a vacinação dos trabalhadores portuários contra a Covid-19 nesta quarta-feira (2). A imunização destes profissionais foi centralizada no posto de vacinação montado na Companhia Docas de Santana – CDSA e ocorreu a partir de uma lista nominal enviada à Secretaria Municipal de Saúde. No primeiro dia de atendimento foram imunizados 113 portuários vinculados à Autoridade Portuária e o Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO).

Estivador há 18 anos, Anderson Brito, de 43 anos, foi um dos trabalhadores que recebeu a primeira dose da vacina AstraZeneca. Ele mantém as atividades como operador de máquina desde que a pandemia iniciou e a rotina de contato com pessoas de outros países como Japão, China e Índia era uma das preocupações. “Estávamos aguardando por este momento, pois a vacina é uma forma de garantir a prevenção contra essa doença”, comentou o portuário.

A secretária de Saúde, Ithiara Madureira, explica que a estratégia do município segue as determinações do Ministério da Saúde, destinada ao portuário, incluindo os funcionários administrativos. “Iniciamos a imunização de um novo grupo para impedir a propagação da nova variante, com origem na Índia, no país. São trabalhadores que não interromperam suas atividades desde o início da pandemia e precisam da prevenção, em virtude da movimentação constante de cargas e passageiros, com a qual têm contato”, acrescentou.

Para o diretor-presidente da CDSA, Edival Tork, a vacina é mais um fator de segurança para a saúde e continuidade dos serviços nos terminais do município. “O trabalho dos portuários é importante para a economia da cidade e a imunização deste grupo garante segurança, pela exposição nas operações portuárias e atuação direta em cais e píeres do município”, enfatizou.

A imunização alcançará profissionais de empresas que desenvolvem atividades dentro do porto do município, como a companhia Norte de Navegação, os Portos (CIANPORT), UNAMGEN, Caramuru, Lachmann e Marítima, que atuam com a movimentação de minério, transporte, armazenamento de soja e atracação de navios, além de profissionais vinculados a portos públicos como o Porto do Grego e o Porto São Sebastião.

As doses serão distribuídas por etapas, conforme a disponibilidade de vacinas. Ao todo, a Prefeitura de Santana deve imunizar cerca de 300 trabalhadores vinculados aos terminais portuários do município.

Comunicação – Prefeitura de Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *