Vereador defende proposta de criação de albergue noturno para moradores de rua

Morador de Rua. Mendigo. Sem Teto.

O vereador Caetano Bentes (PSC) defendeu a proposta de criação de um albergue noturno para moradores de rua de Macapá. A proposta tinha sido lançada em setembro do ano passado pelo deputado Pedro DaLua, do mesmo partido do vereador, que encaminhou indicação à Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho (Semast).

Caetano Bentes disse ter percorrido a cidade nos últimos dias e encontrado dezenas de moradores de ruas que estavam ao relento durante as fortes chuvas que tem caído sobre a cidade. Um levantamento realizado recentemente identificou quase 30 pessoas, somente em Macapá, que moram na rua. São usuários de crack, doentes mentais e dependentes de álcool e outras drogas.

“Muitas dessas pessoas foram abandonadas pela família e precisam que o poder público lhes auxilie com dignidade ao menos para dormir”, defendeu Bentes.

O vereador anunciou que vai reiterar a indicação de DaLua junto a Semast e solicitar estudo para verificação de um local que possa servir para acomodar essas pessoas pelo menos no período noturno. No caso dos doentes, a ideia é identifica-los e encaminhar para o tratamento apropriado.

Alguns dos moradores de rua são muito conhecidos. Marinéia Santos Santana, nome de Big Big, por exemplo, teve a vida mudada radicalmente depois de um estupro sofrido na infância e de uma tentativa de homicídio por esfaqueamento quando tinha 15 anos de idade. Sobrevive perambulando nas ruas dormindo em praças e hospitais.

Gabinete do Vereador Caetano Bentes
Assessoria de Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *