Amapá Mais Forte: Com 9 editais, Governo do Estado chega a R$ 14 mi de fomento no setor cultural

Foto: Maksuel Martins

Por Weverton Façanha

O Governo do Estado está investindo R$ 14 milhões dos R$ 16 milhões previstos para o setor cultural no Programa Amapá Mais Forte – que vai injetar R$ 479 milhões até o fim de dezembro para recuperação da economia.

Os R$ 14 milhões, da Lei Aldir Blanc, estão sendo investidos através de 9 editais já lançados – dos quais 3 terão os resultados publicados nos próximos dias, outros 6 ainda estão com as inscrições abertas e, assim, contemplando 1.454 projetos.

Além dos editais, o governo já atendeu 254 artistas com o auxílio emergencial específico para o setor. Os auxílios pagos somaram R$ 700 mil. Com os projetos, auxílio e demais atividades, o programa atende mais de 1.700 artistas em todos os 16 municípios do Amapá.

Todo o processo administrativo dos editais e auxílio é realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult). Para ter as informações e as minutas dos processos seletivos bastar acessar o site da Secult.

Segundo o secretário de Cultura, Evandro Milhomem, o Governo do Amapá está amparando os artistas durante a pandemia, que, por suas restrições econômicas e sociais, impediu os artistas de trabalhar.

“Nosso empenho é para atender os nossos artistas, agentes e fazedores de cultura de todo o Amapá. Sabemos que foi um ano muito complicado para este segmento e por isso, estamos nos dedicando a ajudá-los com muitos projetos abrangendo as diversas vertentes culturais”.

Amapá Mais Forte

O programa visa a recuperação e o fortalecimento da economia e do empreendedorismo amapaense, afetados pela pandemia e interrupção do fornecimento de energia em 13 municípios em 2020. As frentes estratégicas compreendem: cronograma de pagamentos (injeção financeira na economia), crédito para empreendedores e fomento ao setor de Cultura. Somados os investimentos a injeção financeira na economia será de R$ 476,3 milhões até o fim de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *