Banco de Leite enfatiza benefícios do aleitamento durante programação do “Agosto Dourado”

Foto: Márcio Pinheiro

Por Elmano Pantoja

Toda mãe sonha com o nascimento saudável de um filho e zela para manter a qualidade de vida do bebê no pós-parto. Para isso, o leite materno torna-se essencial por possuir todos os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento das crianças de maneira saudável.

Visando a importância do leite, o Banco de Leite Humano (HBL) do Amapá tem incentivado a amamentação como o único alimento para o bebê, principalmente nos seis primeiros meses de vida, para que a criança crie mais resistência a infecções, alergias, doenças e até mesmo complicações mais simples, como a cólica e o estresse.

O leite materno é o alimento mais completo e equilibrado, atendendo a todas as necessidades de nutrientes e sais minerais da criança até os 6 meses de idade, além de contribuir para a formação do sistema imunológico, prevenir anemia, dentre várias outras beneficias, não só para o bebê.

A amamentação também ajuda a mãe na prevenção contra o câncer de mama e de ovário e, também, no desprendimento da placenta, contribuindo para a volta do útero ao tamanho normal. Com isso, também evita o sangramento excessivo e, consequentemente, que a mãe não tenha anemia.

Por todas essas questões o mês de agosto é tido agora como “Agosto Dourado”, por representar um símbolo de luta e incentivo ao aleitamento materno com o lema “O leite vale ouro”. Para demonstrar a importância do alimento, o BLH discutirá o tema em programações durante todo o mês de agosto.

Segundo a coordenadora do BLH, Darcineyde Dias, o objetivo é conscientizar a todos sobre a importância do leite materno. “O leite é um alimento natural e perfeito às necessidades do bebê. Por isso, precisamos divulgar mais sobre os benefícios dele e a importância de todos apoiarem a mãe neste momento tão especial e único”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *