Banzeiro do Brilho-de-fogo retorna nesse final de semana com os ensaios para o Cortejo de Verão

O projeto Banzeiro do Brilho-de-fogo dá início aos ensaios para o Cortejo de Verão neste final de semana, e divulga programação para o mês de junho. Os ensaios estão confirmados para toda sexta-feira e sábado, a partir dos dias 15 e 16, até 30, na praça Floriano Peixoto, às 19h. As inscrições para novos batuqueiros serão disponibilizadas nos ensaios. O Cortejo de Verão é feito todo ano no balneário de Fazendinha, coincidindo com as férias de julho e como atração para o público que prestigia o Macapá Verão.

Ensaio é festa

Os ensaios fazem parte da programação anual do projeto Banzeiro do Brilho-de-fogo, que sai em cortejo três vezes por ano, no aniversário de Macapá, em fevereiro, julho, e em dezembro. Interativo e aberto para novos e antigos batuqueiros, nos ensaios a plateia é parte do cenário, e a praça Floriano Peixoto ganha um atrativo musical para todas as idades. Os ensaios acontecem semanas antes dos cortejos e são comandados pelo músico Paulinho Bastos, com o apoio dos instrutores, profissionais da música, que dispensam atenção para os aprendizes.

Oficinas e ensaios

O Banzeiro é uma iniciativa de produtores e artistas, que em 2014 tiraram o sonho do papel e iniciaram as oficinas no quilombo do Curiaú, de musicalização, confecção de instrumentos e de adereços para os cortejos. Tornou-se itinerante para atender pessoas que não tinham como participar das oficinas no Curiaú, e foi para as escolas, faculdades, praças, associações, áreas periféricas e grupos de teatro e culturais, de onde saíram os primeiros integrantes para os ensaios.

Cortejo

O cortejo é o desfecho dos ensaios, quando os batuqueiros, mulheres do Cordão das Açucenas e crianças do Jardim do Banzeiro desfilam nas ruas mostrando o resultado do trabalho do qual participam idosos, jovens e crianças. O objetivo do projeto é aproximar a população de todas as classes sociais e etárias da cultura amapaense através da arte e música, busca a valorização e reconhecimento com recursos como músicas regionais, roupas tradicionais, e instrumentos da cultura local, como tambores de marabaixo, chocalhos, e pandeiros de batuque. Estes elementos são utilizados por todos, que levam ainda adereços que identificam nossa cultura.

Os coordenadores Melissa Bastos, Ricardo Iraguany, Alan Gomes e Paulinho Bastos e o coordenador geral Adelson Preto afirmam que este cortejo de Verão será um dos mais esperados pelo público, e com um número mais expressivo de participantes. “O projeto é bastante popularizado, bonito, colorido, um desfile em que a música, indumentárias e instrumentos da cultura amapaense são os atores principais, onde artistas e pessoas comuns, como funcionário público e estudantes tocam, cantam e dançam juntos. Neste verão muita gente vai querer participar do Cortejo de Verão, por isso pedimos a antecipação das inscrições por causa da nossa limitação de instrumentos’, disse Adelson Preto.

Serviço:

Mariléia Maciel
Assessoria de Comunicação
Fotografia: Márcia do Carmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *