Comissão de Planejamento Estratégico do MP-AP avalia resultados parciais dos indicadores no 3º trimestre

A Comissão de Planejamento Estratégico (CPE) do Ministério Público do Amapá (MP-AP), coordenada pelo chefe de gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, promotor de Justiça João Furlan, tendo como gerente o secretário-geral do MP-AP, promotor de Justiça Alexandre Monteiro, realizou nesta sexta-feira (16), a 2ª Reunião de Acompanhamento Tático (RAT) para avaliar os resultados parciais do terceiro trimestre de execução do Planejamento Estratégico Institucional (PEI) para o ciclo 2020-2029.

No encontro realizado de forma híbrida, com parte dos integrantes da Comissão participando por meio de videoconferência, o gerente de Gestão Estratégica, Éder Ney Quintas, apresentou os resultados parciais dos indicadores, por objetivo, informando os impactos na implementação do Plano Geral de Atuação por conta da pandemia do novo coronavírus. Mesmo com a crise de saúde pública, o desempenho apresentado mostrou a superação das metas estabelecidas para a maioria dos indicadores mensurados.

Na sequência, o gerente do Escritório de Projetos, Mardem Amorim, falou dos projetos em execução, enquanto que e a secretária executiva do PEI, Fernanda Sá de Miranda, as estatísticas resultado das pesquisas realizadas para subsidiar o cumprimento dos objetivos estratégicos da área finalística. Segundo informaram, alguns setores tiveram que se ressignificar diante do isolamento social imposto pela Covid-19 e projetos tiveram que ser temporariamente suspensos, como os de execução direta com a comunidade.

João Furlan e Alexandre Monteiro colocaram em discussão os ajustes que precisam ser feitos em relação à taxonomia, para adequação ao sistema URANO, de tramitação eletrônica de processos, de maneira que os dados apresentados estejam de acordo com a atuação ministerial.

“É uma reunião de trabalho que faz parte do processo de implantação do Planejamento Estratégico que é novo e, por isso necessita de adequações para que possamos medir a sua execução, para o cumprimento da missão institucional”, manifestou João Furlan.

Participaram da 2ª RAT, a diretora e o servidor do Departamento de Planejamento (Deplan), Eliana Pinho e Davidson Lucas, respectivamente; o diretor do Departamento de Tecnologia da Informação, Rodinei Paixão, e equipe de TI, formada pelos servidores Charles Penante, Luã Pelaes e Fred Amaro; a assessora de Controle Interno, Anilde Virino; e as assessoras Telma Freitas (Ceaf), Cristina Banha (PGJ), Tânia Cilene (Gestão de Pessoas) e Gilvana Santos (Comunicação).

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Gilvana Santos
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *