Covid-19: prefeitura segue ação de desinfecção e higienização em espaços públicos contra o vírus

A Prefeitura de Macapá continua a limpeza e desinfecção de espaços públicos da cidade. A iniciativa leva em consideração as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para evitar a propagação do novo Coronavírus (Covid-19).

O secretário municipal de Zeladoria Urbana, Carlos Alberto Oliveira, enfatiza que a prefeitura não poupará esforços para conter a propagação do vírus em Macapá. “São medidas estratégicas que visam conter o índice de contaminação. Continuaremos atuando com as frentes de serviços, mas é preciso que a população também respeite o isolamento social para que logo possamos nos ver livres dessa pandemia”, completa.

No último sábado, 11, a UBS Marcelo Candia, que fica na zona norte de Macapá, foi desinfectada e higienizada pela segunda vez. Tanto o entorno, paredes e parte interna da unidade receberam a aplicação de solução, mistura de água, cloro isocianurato de sódio 65% e detergente, eficazes na desinfecção de áreas com possíveis contaminações.

A determinação de voltar às unidades hospitalares e UBS’s ocorre em função do trânsito constante de pessoas. Ainda no sábado, o prédio da Secretaria de Administração de Macapá também passou pelo processo, além de ruas e avenidas do bairro Central.

Na manhã desta segunda-feira, 12, a frente de trabalho chegou ao prédio da Prefeitura de Macapá. Do lado de fora, paredes, calçadas, estacionamentos, bancos e grades foram lavados. Na parte interna, escadas, salas, portas e piso passaram pelo mesmo processo.

Na sequência, a pulverização ocorreu no prédio do Caps – Centro de Atenção Psicossocial, no bairro Laguinho. Nesta terça-feira, 14, o circuito de desinfecção irá atender as dependências da Polícia Militar do Amapá, no bairro Beirol.

Ao todo, 150 homens estão envolvidos na ação, divididos em seis frentes de trabalho, executando de forma simultânea serviços que acontecem por meio de hidrojatos (que permitem o processo de áreas externas) e bombas costais (garantem a limpeza interna); e também seis caminhões-pipa com capacidade de 22 mil litros de água (fazendo a lavagem de ruas).

Secretaria de Comunicação de Macapá
Mônica Silva
Assessora de comunicação/Zeladoria Urbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *