Descanse em paz, David Bowie! (meu texto em homenagem ao gênio da cultura mundial)

Em outubro de 2015, David Giddings, promotor do festival inglês Isle Of Wight, afirmou que David Bowie não sairia mais em turnê e nem faria mais shows. O artista não se apresentava desde 2004, quando passou por uma emergência médica. Mas em 2013, ao lançar de surpresa o álbum “The Next Day”, cresceram os boatos de que ele voltaria aos palcos.hqdefault2-220x205

Eu tinha a esperança de vê-lo cantar um dia. “Afinal, o cara é mais novo que os Rolling Stones, Eric Clapton e Paul McCartney”, pensei. Ledo engano. Não rolou e nem vai rolar. Acordei às 6h de hoje, com um recado do meu amigo André: “cara, o David Bowie morreu”.

David Bowie morreu tranquilamente hoje, rodeado pela sua família,160111073648_cn_david_bowie_2004_624x351_pa_nocredit (1) após uma corajosa batalha contra o cancro durante 18 meses. Enquanto muitos de vocês vão compartilhar essa perda, pedimos respeito à privacidade da família nesse momento de luto“, disse a nota oficial que noticiou sua morte.

Não caiu a ficha na hora. Lá pelas 7h30, vi no Twitter, TV e Facebook. Desde então, tento escrever algo sobre ele. Bowie partiu nessa madrugada para as estrelas. Ou será que voltou pra lá? Pois aquele cara parecia não ser deste mundo.

images (9)O músico britânico tinha 69 anos e foi um dos maiores ícones da cultura mundial. Na última sexta-feira (8), escrevi sobre o seu aniversário. No mesmo dia, o artista lançou um videoclipe para a canção Lazarus, do novo álbum, Blackstar. A gente nem se tocou que o vídeo com Bowie deitado numa cama de hospital era na verdade uma despedida.

David Bowie foi, é e sempre será uma estrela de primeira grandeza no universo musical. Com um estilo ímpar, foi o astro de Rock que mais mudou de cara e cabelos na história. Também revolucionou a história dos videoclipes algumas vedownload (5)zes. Ele possui uma das melhores discografias da história. Aliás, o Camaleão do Rock vendeu mais de 140 milhões de discos em toda sua carreira.

Por tudo que David Bowie fez na carreira, lhe rendo homenagens. Como sintetizou a minha prima Lorena Queiroz: “A gente cria laços com nossos ídolos de um jeito muito pessoal e acho q até singular. Uns vão dizer que é frescura, mas phoda-se! Me orgulho de ter discernimento de admirar personalidades realmente admiráveis”. É isso mesmo.12376218_938531719569362_3898141535351282824_n Assim como ela, não sinto a morte de um astro do Rock desde o Renato Russo, há 20 anos.

Adeus, David Bowie. Você foi um dos meus “Heroes”. Descanse em paz. Obrigado por tudo!

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *