Desembargador Rommel Araújo nega habeas corpus a acusado de assassinar a ex-namorada

Em decisão liminar do Desembargador Rommel Araújo, nos autos do processo 0003021-28.2020.8.03.0000, está mantida a prisão de George Oliveira, acusado de assassinar a facadas a jovem Raiane Miranda, de 20 anos. O crime ocorreu no dia 31 de julho, no município de Santana. Em sua decisão, o magistrado ressalta que não há ilegalidade flagrante para autorizar a revogação da prisão preventiva neste momento, nem mesmo a adoção de medidas cautelares diversas do cárcere, o qual se tem como necessário e adequado à presente situação.

Assessoria de Comunicação Social do Tribunal de Justiça do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *