Dez grupos juninos de Macapá encerram apresentações de quadrilhas no 2º dia do ‘Arraiá du Mercado Centrá’

Apresentações acontecem no calçadão do Mercado Central | Foto: Abel Neto/PMM

Na noite do sábado (25), dez grupos juninos profissionais se apresentaram no calçadão do Mercado Central de Macapá, encerrando assim as atrações do 1° Concurso de quadrilhas juninas do município. Além dos espetáculos de quadrilheiros profissionais, alunos de escolas municipais também encantaram o público.

Dos 19 grupos juninos selecionados pelo edital 003/2022, 18 deles seguem na competição que premiará as três melhores quadrilhas juninas estilizadas e a melhor colocada entre as tradicionais. O grupo folclórico Guerreiros da Juventude foi desclassificado por não cumprir critérios de obrigatoriedade do concurso.

“A competição está acirrada. São grandes grupos juninos que se esforçaram para entregar boas apresentações ao público presente e esse clima de alegria contagia os participantes. Isso gera cada vez mais espetáculos bem apresentados” declara o diretor-presidente da Fundação Municipal da Cultura, Olávo Almeida.

Além das atrações juninas, os empreendedores tem oportunidade de divulgar seus negócios e vender produtos durante o “Arraiá du Mercado Centrá”. A responsável pelo empreendimento Sorveteiro Amigo, Ana Clara Barros, afirma que a participação no evento foi uma oportunidade para o aumento das suas vendas.

“Como nós não temos um local físico de trabalho, esse contato com o grande público foi importante para impulsionar nossas vendas. Em dois dias de evento já tivemos mais vendas do que em semanas de trabalho na rua”, comenta.

No total, 18 grupos concorrem ao título de melhores quadrilhas juninas estilizadas e a melhor tradicional | Foto: Abel Neto/PMM

Para as pessoas que não podem participar do “Arraiá du Mercado Centrá” presencialmente, estão sendo transmitidas lives diárias durante a programação no canal do YouTube da Prefeitura de Macapá.

O jornalista Lázaro Gaya, um dos responsáveis pela apresentação da transmissão ao vivo, destaca a importância dessa modalidade para o público que não pode se fazer presente, mas quer acompanhar as apresentações e os bastidores do arraial.

“A transmissão ao vivo é uma forma de aproximar o público que não consegue contemplar as apresentações presencialmente e fazer isso para eles é uma emoção ímpar. Os participantes das lives e os quadrilheiros agradecem a valorização e reconhecimento que receberam durante o evento”, comenta.

Neste segundo dia, a participação do público também foi numerosa. O motorista Iram Veras trouxe a família para acompanhar as atrações de São João no Mercado Central e declarou a alegria de participar nesta noite. “Estamos compartilhando esse bom momento e prestigiando a programação do arraial. Presenciei belas quadrilhas juninas e uma organização impecável”, finaliza.

No domingo, acontece as apresentações das quadrilhas juninas campeãs e a programação e segue com as atrações musicais Forró Anjo Azul e Karla Karvalho, que encerrará o evento.

Anézia Lima
Fundação Municipal da Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.