Festa de Boi-Bumbá agita o fim de semana em Macapá

cartaz-1

Neste sábado (10), as tribos jovens do segmento da toada de Macapá participam do Festival Oficial de Toadas 2016, o evento acontece na sede do Trem Desportivo Clube a partir das 20h30. O concurso é realizado pelo Grupo Amigos da Toada, atual campeão do Festival, sob a coordenação de Sandro Conceição e com a participação especial de André Nascimento, Pajé do Boi-Bumbá Garantido (Parintins – AM).

Em Macapá, o Grupo Folclórico Mistério Amazônico, Troup Tribal e Essência da Amazônia travam uma batalha saudável em busca do título de campeão deste Festival, onde as armas são a criatividade, a dança, e as referências a cultura amazônica do boi-bumbá. As apresentações incluem danças típicas da Amazônia cadenciadas ao som das toadas que tem sua raiz no festival parintinense que massificou a cultura do boi-bumbá em todo o país.

Criado em 1998, o Festival representa a aspiração dos agentes do segmento artístico da dança e da cultura popular, ou mais especificamente do “movimento da toada”, levando em consideração a relevância históricas das manifestações populares e sua diversidade étnica para a construção de uma identidade cultural regional legítima.

Com dezesseis anos de fundação, Grupo Mistério Amazônico retornou suas atividades neste ano, com novo elenco e sob nova direção que promete uma noite de viagem por diversos aspectos da realidade amazônica, uma história contada do ponto de vista dos povos da floresta. O segundo concorrente, Troup Tribal, apresenta um espetáculo que une tradição e contemporaneidade, as expressões cênicas de teatro e dança valorizam a riqueza folclórica nacional e destaca as peculiaridades regionais. Para encerrar a noite, o Grupo de Danças Folclóricas Essência da Amazônia, coordenado por André Chucre e Franco Santana, defendem uma temática de exaltação das riquezas amazônicas, o mundo místico e os saberes tradicionais repassados de geração a geração.

O Festival, também é de caráter competitivo e julgado por um corpo de jurados que avalia as apresentações através dos quesitos de Desembaraço temático, Ritual, Lenda Amazônica, Figura típica regional, Criatividade, Indumentária, Coreografia, Evolução, Itens individuais (Apresentador, Pajé, Rainha do Folclore, Cunhã-Poranga, Porta-estandarte, Sinhazinha da Fazenda e Boi-Bumbá), dentre outros.

andr-nascimento-presen-a-vip-do-boi-garantido-am-no-festival-de-macap-foto-1

A FESTA DO BOI

O Bumba-meu-boi ou boi-bumbá é uma dança do folclore popular brasileiro, com personagens humanos e fantásticos, que gira em torno de uma lenda sobre a morte e ressurreição de um boi.

A festa do boi tem ligações com diversas tradições, africanas, indígenas e europeias, inclusive com festas religiosas católicas, sendo associada fortemente ao período de festas juninas, mas em algumas cidades como Guajará-Mirim (RO) e Macapá (AP) estas celebrações acontecem até nos últimos meses do ano.

Típico do Maranhão, o Bumba-meu-boi é registrado como patrimônio cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Ao espalhar-se pelo país, o bumba-meu-boi adquire nomes, ritmos, formas de apresentação, indumentárias, personagens, instrumentos, adereços e temas diferentes. No Pará, Rondônia e Amazonas, é boi-bumbá.

Em Parintins (AM) acontece uma das maiores celebrações populares do Brasil: o Festival Folclórico de Parintins. Oficializado em 1966, o festival é palco da disputa dos bois-bumbás, Caprichoso e Garantido.

Os bois-bumbás de Parintins têm suas origens no Nordeste do Brasil. A região amazônica recebeu muitos imigrantes nordestinos com eles vieram suas manifestações culturais que foram incorporadas e adaptadas pela população nortista, inclusive com lendas, rituais, música e dança indígenas, além de figuras mitológicas como pajés e feiticeiros.

dan-arina-cunh-poranga-do-grupo-amigos-da-toada

O BOI-BUMBÁ NO AMAPÁ

A música que acompanha as apresentações dos bois é a “toada”, e esta expressão marca a presença enquanto manifestação cultural no Estado do Amapá classificando popularmente os grupos de dança desta modalidade como “grupos de toada”.

Foi na década de 1990 embalada pelos ritmos da Banda Carrapicho (AM) que a toada marca seus primeiros passos no Amapá. Nos hits de “Vermelho”, “ritmo quente” e “tic-tic-tac”, que Joelson Leite cria o Grupo Filhos da Toada juntamente com os grupos Tarumã, Ibacaua e Encanto da Mata, plantando assim no solo amapaense a semente deste que é um dos maiores espetáculos de cultura popular da terra, a festa do boi-bumbá.

Atualmente, os “toadeiros”, como são designados os dançarinos desta modalidade, mantêm a Associação dos Grupos de Boi-Bumbá do Amapá, que durante o ano realizam projetos culturais como o “Toada no Meio do Mundo” no esforço de divulgar, unir e criar um ambiente de produção e difusão da dança, da arte, de cultura popular e de lazer não apenas para os dançarinos, mas também para a sociedade amapaense, o projeto anualmente culmina com a realização do Festival Oficial de Toada realizado desde o ano de 1998 promovendo a inclusão de jovens de Macapá, Santana, Laranjal do Jari, Mazagão e outros municípios no fazer cultural.

andr-nascimento-presen-a-vip-do-boi-garantido-am-no-festival-de-macap-foto-2

ANDRÉ NASCIMENTO

Artista que assumiu o posto de pajé do boi bumbá Garantido (AM) em 1999, quando tinha 19 anos. Desde então, a preparação dele é focada em preparo físico, dança e alimentação adequada. Ele próprio cria a coreografia e acompanha de perto a confecção de fantasias e funcionamento das alegorias que fazem parte da apresentação. Dos dezesseis anos que defende o item 12 (Pajé), André acumula treze vitórias, dois empates e somente uma derrota. Um currículo invejável o deixa no topo dos itens individuais que mais vencem no festival. Para manter a sequência de títulos, o Pajé mantém uma rotina de ensaios, treinamentos físicos e acompanhamento daquilo que vai acontecer na arena do bumbódromo.

Serviço:

FESTIVAL OFICIAL DE TOADA 2016
Data: 10 de dezembro
Local: Trem Desportivo Clube – Avenida Feliciano Coelho – 184, bairro do Trem
Horário: 20h30min
Ingressos: Individual R$ 10,00 Mesa R$ 60,00
Maiores informações e contatos: 99144-5022 e 99192-9544

Paulo Rocha
96 99189-1081 (Vivo)
96 98412-4600 (Claro)
96 98116-7007 (Whatsapp)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *